Menu
Empresas

Comitê da Petrobras recomenda aprovar indicação de Castello Branco para presidência da empresa

Economista atende aos requisitos e indicação está apta para ser avaliada pelo Conselho de Administração da companhia

29 de dezembro de 2018
11:06
Roberto Castello Branco durante entrevista em 2011 - Imagem: WILTON JUNIOR/ESTADÃO CONTEÚDO

O Comitê de Indicação, Remuneração e Sucessão (CIRS) da Petrobras, após analisar uma série de itens, recomendaram a aprovação da indicação de Roberto da Cunha Castello Branco para os cargos de membro do Conselho de Administração e de presidente da Petrobras, concluindo que esta indicação está apta para ser apreciada pelo Conselho de Administração da empresa e, no caso da vaga no Conselho de Administração, pela Assembleia Geral de Acionistas a ser futuramente convocada. Segundo o CIRS, o indicado atende aos requisitos e não incorre nas vedações dos cargos.

Adicionalmente, os membros do CIRS recomendaram as seguintes medidas mitigatórias: que o indicado
emita uma autodeclaração quanto a não ter pessoalmente prestado serviço à Petrobrás ou a sociedades do Sistema Petrobras, no âmbito dos contratos firmados com a Fundação Getulio Vargas (FGV) nos últimos 3 (três) anos; a assinatura por parte do indicado do Termo de Declaração e Compromisso de não prestação de serviços às sociedades do Sistema Petrobras pela sociedade em que atua como sócio; que o indicado se abstenha formalmente de praticar qualquer ato no âmbito da Presidência da companhia e do Conselho de Administração da Petrobras que esteja relacionado à empresa na qual possui participação societária, incluindo o uso de informações privilegiadas. E o monitoramento, pelo departamento Jurídico da Petrobras, dos procedimentos administrativos de prestação de contas ordinárias da Petrobras de 2015 e 2016 e que o Jurídico encaminhe semestralmente à Gerência Setorial de Avaliação de Integridade de Empregados, da unidade Conformidade, o resultado de tal monitoramento.

No documento da reunião do CIRS, os membros do colegiado informaram que, assim como realizado nas reuniões anteriores, para todas as indicações apreciadas com o Comitê atuando como órgão de assessoramento à Assembleia Geral de Acionistas, ao Conselho de Administração ou à Diretoria Executiva ou como Comissão de Elegibilidade da Petrobras, é realizado um trabalho prévio à reunião de análise técnica pelo Assessor do CIRS e de conferência da documentação dos indicados pela Gerência de Suporte a Comitês do Conselho de Administração da Secretaria-Geral da Petrobras.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
Nada animador

Tesla derrete na bolsa de Nova York após anunciar corte de 7% no quadro de funcionários

Após o anúncio feito pelo CEO da empresa, Elon Musk, através de um email, os papéis da montadora registravam queda de 12% na Nasdaq

Caso Queiroz de volta?

Marco Aurélio Mello dá sinais de que vai rejeitar a suspensão das investigações envolvendo Flávio Bolsonaro

Ministro do STF disse que a “lei vale para todos” e lembrou que, em casos semelhantes, negou seguimento aos processos

Indo pro mercado

Governo de São Paulo anuncia que fundo imobiliário do Estado sairá em março

Segundo o governador João Doria, comercialização do fundo terá início em março deste ano

Nova fase da petroleira

Petrobras anuncia enterro de empréstimos feitos junto aos bancos públicos

Presidente da estatal, Roberto Castello Branco, disse que a petroleira não pegará mais dinheiro com BNDES e Banco do Brasil

Testando a equipe

Por que Davos será decisivo para Bolsonaro?

Sem a presença de Trump, Macron, Macri e Xi Jinping, presidente brasileiro terá um espaço privilegiado no evento

Estreia do novo governo

Discurso de Bolsonaro em Davos defenderá reformas e pilares do liberalismo de Guedes

Apesar do rascunho do discurso já estar pronto, a versão final só deve sair após uma ajudinha de Paulo Guedes

Seu mentor de investimentos

O que você precisa de fato entender na hora de investir seu dinheiro

Nos mercados mundo afora, pouco importa se você é um expert da tecnologia ou das commodities. Na hora H, o que vale mesmo é saber de preço

Ministro da Casa Civil

Para Onyx, família Bolsonaro é vítima de tentativa de desgaste

Vice-presidente do Supremo, ministro Luiz Fux, atendeu a um pedido da defesa de Flávio Bolsonaro e determinou a suspensão da investigação sobre movimentações de Queiroz

Tá ruim? Injeta dinheiro que melhora!

Mercado azedou? A bolsa caiu? Chama o Fed!

Mudança de discurso do Banco Central americano explica boa parte desse rali das bolsas de valores neste começo de 2019. A questão é: isso vai durar?

Impactou nos papéis

Copel e Sanepar não devem ser vendidas, diz governador do Paraná

Ratinho Júnior sugeriu que as empresas poderiam seguir o exemplo da Compagas, que já conta com uma parceria com grupos privados

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu