Menu
Julia Wiltgen
O melhor do Seu Dinheiro
Julia Wiltgen
2019-02-05T11:23:09+00:00
Seu Dinheiro na sua noite

Com o pé direito

Em ritmo acelerado, Bradesco sobe forte na bolsa enquanto Ibovespa flerta com os 98 mil pontos

31 de janeiro de 2019
19:59 - atualizado às 11:23
O Melhor do Seu Dinheiro
Imagem: Andrei Morais/Seu Dinheiro

Não é muito a minha praia, mas eu tenho uns amigos que sonham em ser “nômades digitais”. Isso é coisa moderninha dos millennials. Você trabalha à distância, conectado à internet, enquanto viaja pelo mundo. Seu escritório é na praia, na montanha ou no campo, no Brasil, na Grécia ou na Tailândia.

Dizem que nômades digitais na verdade podem chegar a trabalhar mais horas do que o trabalhador regular, que fica no escritório no horário comercial. Mas quem tem essa aspiração geralmente idealiza que não será escravo do relógio de ponto e poderá trabalhar menos, apenas o suficiente para bater as metas.

Se a sua tarefa de hoje consumir apenas quatro horas, por exemplo, ótimo! Você resolve rapidamente o que tiver que resolver e pode ir passear.

O investidor de bolsa poderia ter feito mais ou menos isso em janeiro. O Ibovespa começou 2019 com o pé direito e, já nos primeiros seis pregões, bateu o CDI anual. Fechou o mês com alta de quase 11%, depois de uma série de recordes rumo aos famigerados 100 mil pontos, que ainda não chegaram, mas continuam à vista.

Quem quiser, pode fazer como um nômade digital, embolsar o ganho, migrar pra renda fixa e relaxar. Mas, pelo otimismo do mercado em relação à bolsa neste ano, talvez seja melhor não.

Entre as notícias que animaram os investidores hoje, a possível inclusão dos militares na reforma da Previdência, um Fed “da paz” e o resultado acima do esperado do Bradesco. Nesta reportagem você confere todos os detalhes.

Acelera, Bradesco!

O Bradesco está mesmo com a bola toda. Depois de soltar um balanço pra lá de animador, o banco anunciou planos ambiciosos para o futuro. Além de querer triplicar o número de clientes do seu banco digital Next, a diretoria já está preparadíssima para abocanhar uma fatia das privatizações previstas para as subsidiárias dos bancos estatais. O Vinicius Pinheiro acompanhou a entrevista coletiva dada pelo presidente Octavio de Lazari e conta mais sobre esse projeto nesta reportagem.

O maior da história?

A cada dia que passa, a tragédia de Brumadinho vem se mostrando mais fatal. Na última atualização da Defesa Civil de Minas, eram 110 os mortos pelo rompimento da barragem do Córrego do Feijão. Este pode se tornar o maior acidente trabalhista da história do Brasil. Para que você não perca nenhum detalhe dessa história, preparamos uma linha do tempo com os principais fatos envolvendo o desastre.

Afogado em dívidas

E a dívida com a qual o ministro Paulo Guedes terá de se haver continua a crescer. O Banco Central divulgou, nesta manhã, os dados anuais sobre a dívida bruta do governo, e os resultados não foram nada animadores: R$ 5,27 trilhões, correspondente a 76,7% do PIB. Trata-se da quinta alta consecutiva. Ao menos, os juros a pagar são os menores desde 2014: R$ 380 bilhões, ou 5,52% do PIB. O Eduardo Campos aproveitou que o tema está quente e fez uma análise sobre os planos de Paulo Guedes para tirar a economia do buraco. Recomendo a leitura!

Semelhanças judiciais

O que o BTG Pactual, a XP Investimentos e os Correios têm em comum? A pergunta pode parecer estranha, mas as três empresas estão envolvidas em processos judiciais muito parecidos. Enquanto BTG e XP travam uma disputa feroz por agentes autônomos, os Correios conseguiram se livrar de um processo no Cade por “práticas anticompetitivas”. Como os dois casos se unem? A resposta está nesta matéria especial do Vinícius Pinheiro.

Dia 31 de Bolsonaro: "Estamos no caminho certo"

O presidente Jair Bolsonaro segue em recuperação em São Paulo e, pelo “Twitter”, disse: “estamos no caminho certo. Nossa missão será cumprida”. Mas não… (leia mais)

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Blog da Angela

Juízo ao entrar e muito cuidado ao sair (não se trata de namoro, mas da Bolsa)

A ditadura militar havia acabado, uma Nova República fora instaurada no ano anterior e o governo Sarney empenhava-se para debelar a inflação com o primeiro programa de estabilização monetária de que se tinha notícia. Nada daria errado naquele 1986.

Leve recuperação

Ibovespa abre em leve alta, dividido entre otimismo local e cautela no exterior

O mercado mostra-se otimista em reação à possibilidade de anúncio da liberação dos saques do FGTS. No entanto, o exterior ainda negativo traz pressão ao Ibovespa

Tudo que vai mexer com seu dinheiro hoje

Vista sua galocha na corrida do ouro

Veja os destaques do Seu Dinheiro nesta manhã

estratégias para emplacar novo embaixador

Aliados querem mudar comissão que vai sabatinar Eduardo

Primeira alteração seria tornar o senador Flávio Bolsonaro, irmão de Eduardo, titular do colegiado

Títulos públicos

Veja os preços e as taxas do Tesouro Direto nesta quinta-feira

Confira os preços e taxas de todos os títulos públicos disponíveis para compra e resgate

Entrevista

‘Teremos um ciclo melhor do que o de 2006 e 2007’

Para o presidente do banco americano JPMorgan no Brasil, José Berenguer Neto, o ciclo de entusiasmo no mercado brasileiro tem potencial para ser maior do que o observado há mais de uma década

na expectativa

Governo quer reduzir alíquota do IR para máximo de 25%, diz Bolsonaro

Outra ideia do governo é unificar impostos e contribuições federais, como PIS, Cofins, IPI e IOF, em um imposto único

Novos planos

Weg chega ao varejo e amplia projeto de miniusinas solares em condomínios

Abertura dessa relação direta com o cliente pessoa física segue de perto a estratégia adotada por uma de suas principais concorrentes no segmento corporativo, a Siemens

a bula do mercado

Guerra comercial chega aos balanços corporativos

Detalhes sobre saque do FGTS são esperados no Brasil

Crypto news

Volátil, mas rentável. As surpresas positivas de quem investe no mundo das criptomoedas

Ao contrário do que pensa uma boa parte dos investidores, não podemos propagar a falácia de que o mercado cripto é um mercado perdedor. Por exemplo, no ano, mais de 63 criptoativos subiram mais do que o Ibovespa

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements