Menu
2019-01-16T17:59:16+00:00
Bruna Furlani
Bruna Furlani
Jornalista formada pela Universidade de Brasília (UnB). Fez curso de jornalismo econômico oferecido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Tem passagem pelas editorias de economia, política e negócios de veículos como O Estado de S.Paulo, SBT e Correio Braziliense.

Incertezas à vista! Citibank rebaixa para “venda” os papéis de Cemig, Copasa e Sabesp

Na avaliação do analista Marcelo Britto, há um risco de queda no preço dos papéis das três companhias após o rali de eleições, mesmo que ocorra a privatização das empresas

16 de janeiro de 2019
11:25 - atualizado às 17:59
Citi: Segundo maior banco estrangeiro do Brasil mira três segmentos
Imagem: Shutterstock

Após o banco Morgan Stanley elevar em 50% o preço-alvo das ações da Cemig ontem (15), o Citibank optou por rebaixar para "venda" os papéis da companhia e de outras duas grandes empresas, a Sabesp e a Copasa, um dia depois (16). Na avaliação do analista Marcelo Britto, há um risco de queda no preço dos papéis das três companhias após o rali de eleições.

Britto rebaixou os papéis da Cemig (código CMIG4) para venda, com preço-alvo de R$ 11,50, e afirmou que isso implicaria potencial de baixa de 17% em relação ao último fechamento. O preço-alvo médio das ações é de R$ 13,04. Por volta das 11h desta quarta-feira, a ação preferencial da empresa caía 1,59%.

A Copasa (código CSMG3), por sua vez, também foi rebaixada para venda, com preço-alvo de R$ 53,40, o que implica potencial baixa de 19% em relação ao último pregão. O preço-alvo médio da ação está em R$ 56,02. Ao redor das 11h de hoje, a ação ordinária da empresa caía 3%.

As ações ordinárias da Sabesp (código SBSP3) seguiram a mesma recomendação de venda, com preço-alvo de R$ 40,20. A mudança implica potencial de queda de 3,4% em relação ao último pregão. Por volta das 11h desta quarta-feira, os papéis ordinários da empresa estavam apresentando queda de 0,72%.

Companhias mineiras

Em sua justificativa, o analista disse que o Estado de Minas Gerais enfrenta problemas fiscais e que provavelmente tentará a venda das duas companhias mineiras Cemig e Copasa para aliviar o impacto negativo nas contas públicas.

Porém, no caso da Cemig, "a privatização não é fácil e nem rápida de ser alcançada devido a barreiras políticas e legais, mas pode ser necessária no caso de um acordo de renegociação das dívidas do Estado".

O problema é que mesmo que a privatização seja aprovada não está claro se os minoritários colheriam o "grosso dos retornos". Britto se mostrou preocupado com os minoritários.

No documento, o especialista destacou que os acionistas menores que não tem direito a voto e que não tem direito ao tag-along (mecanismo de proteção aos acionistas menores no caso de mudanças no controle da companhia) podem não se beneficiar de eventual prêmio pago pelo controle da empresa.

O analista também disse que o ato de tornar a Copasa uma empresa privada seria um desafio. Britto afirmou que a Prefeitura de Belo Horizonte precisa aprovar qualquer intenção de privatizar a companhia. Com isso, seria mais difícil conseguir a mudança de controle do Estado para o setor privado.

Sapesp

No caso da empresa paulista, o analista destacou que o atual governador de São Paulo, João Doria falou que iria privatizar a companhia em entrevistas. E que, recentemente, outras autoridades de Estado manifestaram interesse semelhante.

Segundo Britto, o ponto é que há muitas barreiras políticas e legais, assim como as demais estatais mineiras (Cemig e Copasa). Ele também destacou que não vê a possibilidade de que o "grosso" dos ganhos de eficiência sejam divididos com os consumidores, o que pode gerar um custo para cobrir tais "buracos" e menos retorno para os acionistas.

Durante a análise das três empresas, o analista disse que a subida no preço dos papéis teve como maior combustível o rali eleitoral, mas questionou como será o cenário para as ações das companhias analisadas após o período eleitoral e em cenários de bear e bull market.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Advogada do investidor

Podcast Sardinhas: A tendência no exterior que poucos brasileiros seguem

Você perdeu dinheiro com a Vale e a catástrofe de Brumadinho? Então provavelmente não sabe o que é ESG. Paula Salamonde, diretora-executiva da MSCI no Brasil conta pra você no Podcast #Sardinhas desta semana. Gostou? Então dá o play e ouça de graça. Não tem Spotify? Acesse o link alternativo. Publicidade

A Bula do Mercado

Mercado aguarda decisão de BCs

Fed e Copom devem manter taxas de juros hoje, mas expectativa é por sinalização de cortes à frente

Ótima notícia por um péssimo motivo

Copom e Fed decidem juros. Se não tem corte, tem aceno, que é quase a mesma coisa

Decisões de política monetária centram atenção nos mercados. Reação pode ser positiva, mas o que motiva a atuação dos BCs não é nada animador

Seu Dinheiro na sua noite

Insiste em zero a zero e eu quero um a um

Você disse que não sabe se não. Mas também não tem certeza que sim. Se Djavan fosse um analista de mercado, representaria o sentimento dos investidores sobre o que vai acontecer com as taxas de juros no país. Para muita gente, não é mais uma questão de “se”, mas de “quando” a Selic vai cair. […]

Tá liberado!

Governo amplia setores autorizados a trabalhar aos domingos e feriados

A partir de hoje, 78 setores estão autorizados a funcionar nesses dias. Entre os novos segmentos está o comércio em geral

Agora vai?

Leilão de ativos da Avianca Brasil acontecerá no dia 10 de julho

Colegiado de desembargadores do Tribunal de Justiça de São Paulo liberou a decisão sobre a na manhã de ontem

Preenchendo a vaga

À espera de aprovação do nome de Montezano, BNDES nomeia presidente interino

Nome do atual diretor de finanças da instituição, José Flávio Ferreira Ramos, foi indicado para ocupar o posto provisoriamente

O rombo em forma de dados

Mansueto: dos 26 Estados mais DF, 14 gastam acima do limite de 60% com pessoal

Percentual abordado pelo secretário o Tesouro Nacional foi estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal

Olha eles aí outra vez

Deputados favoráveis à reforma da Previdência defendem volta da capitalização e de Estados

Sessão para debates sobre o relatório na comissão especial da reforma da Previdência na Câmara contou com várias defesas dos pontos retirados

negócio fechado

Embraer assina cooperação estratégica com a Elta para desenvolver P600 AEW

Com o acordo, as duas empresas criam um novo segmento de mercado, o de AEW; aeronave de última geração foi concebida para atuar em um novo segmento do mercado

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements