Menu
2018-10-10T20:09:16+00:00
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.
Eleições 2018

Ciro Gomes ainda está na parada?

Um risco de cauda que pode provocar perdas extremas

10 de outubro de 2018
20:09
Ciro Gomes chegando ao debate do SBT
Ciro Gomes chegando ao debate do SBT - Imagem: Marcelo Chello/Seu Dinheiro

Estava com amigos no boteco aqui perto de casa, ontem, e ouvi de um deles, advogado, uma tese que foi prontamente rechaçada por todos os presentes: “É, não sei não, mas não duvido que o Haddad possa abrir mão da candidatura em favor do Ciro Gomes”.

Além do descrédito geral com a tese, a minha pergunta seguinte foi: “Mas pode?”. No que ele prontamente respondeu: “Claro que pode”.

Lembrei desse corriqueiro diálogo ao me deparar com a seguinte informação no “Twitter” da revista “Crusoé”.

Por menor que seja a possibilidade disso acontecer, é sempre bom lembrar que o "impossível" por vezes acontece. São os riscos de cauda, o cisne negro, eventos extremamente raros, mas devastadores. Guardadas as proporções, alguém achava que o Lehman Brother iria quebrar? Ou melhor dizendo, 99,9% do mercado achava que o Lehman Brothes iria quebrar?

E o "cisne Ciro" é um risco que está fora de qualquer cenário de mercado, que vem ampliando as apostas de vitória de Jair Bolsonaro no segundo turno. Mas essas apostas e posicionamento em bolsa, câmbio e juros consideram Fernando Haddad como adversário. A eventual entrada de Ciro Gomes mudaria tudo e, claro, o preço relativo de todos os ativos.

Se o mercado temia alguém mais que Lula/Haddad esse é Ciro Gomes, visto como mais intervencionista e menos disposto a levar adiante uma agenda de ajuste fiscal.

Pode-se argumentar que o PT jamais desistiria da candidatura ou que Lula não deixaria isso acontecer. Até porque Lula rifou Ciro, que tinha se oferecido como opção de "esquerda" agora em 2018, logo no começo das articulações eleitorais. Mas o que está em jogo pode ser maior que as vaidades pessoais e partidárias. Parafraseando José Dirceu, seria uma forma de tomar o poder, que é diferente de ganhar eleições.

E pode mesmo?

Segue a transcrição do paragrafo quarto, do artigo 77 da Constituição. “Se, antes de realizado o segundo turno, ocorrer morte, desistência ou impedimento legal de candidato, convocar-se-á, dentre os remanescentes, o de maior votação."

 

 

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

um unicórnio entre os jovens

Tiktok: o app que faz sucesso entre a geração z e fez da sua dona a startup mais valiosa do mundo

ByteDance é considerada a startup com o maior valor de mercado do mundo – são US$ 75 bilhões; estratégia se divide em diversas frentes, incluindo um app que ganha cada vez mais força entre jovens nascidos em meados dos anos 90 para cá

guerra comercial não para

Trump ameaça usar autoridade de emergência contra a China

Anúncio chinês de elevar as tarifas sobre US$ 75 bilhões em importações norte-americanas deixou o presidente dos EUA enfurecido

analisando a conjuntura

Recuperação esperada da economia global não aconteceu, diz presidente do Banco da Inglaterra

Mark Carney falou logo depois que o presidente Trump anunciou que estava endurecendo as tarifas sobre as importações chinesas

vem mais mudanças por aí?

Equipe econômica estuda atrelar remuneração da poupança à inflação

Após criar crédito imobiliário corrigido pelo IPCA, governo quer dissociar a rentabilidade da caderneta da Selic, para que a poupança acompanhe os indicadores usados nos empréstimos para a compra da casa própria

bombou na semana

MAIS LIDAS: Loucura, loucura, loucura!

De todos os programas criados pelos governos petistas, um dos mais polêmicos sem dúvida é o Bolsa Empresário, como ficou conhecida a política de financiamentos do BNDES a grandes empresas com juros bem camaradas. A estimativa é que os subsídios, ou seja, os recursos públicos usados para tornar esses empréstimos mais baratos, superaram os de […]

dinheiro na conta

Zuckerberg vende US$ 296 milhões em ações do Facebook em um mês

Desde abril, o CEO do Facebook não disponibilizava os papéis que detinha ao mercado; no ano, o bilionário vendeu 2,9 milhões de ações

olhos lá na frente

SulAmérica vende operações à Allianz por R$ 3 bi e ganha fôlego para crescer

Investimento é o maior já feito pela seguradora no Brasil e a coloca no patamar mais alto do que já teve

acusação de jornal

Amazon vende milhares de produtos irregulares nos EUA

Wall Street Journal diz que identificou na loja online brinquedos e medicamentos que eram vendidos sem os devidos avisos sobre os riscos de saúde a crianças

na tv

Bolsonaro pede que incêndio não seja pretexto para sanções ao Brasil

Em tom mais ameno, presidente disse em rede nacional que número de queimadas está “na média”, mas que governo atuará para conter os focos

Novas regras

Afinal, quanto rende o FGTS? Saiba o que mudou no retorno do fundo

Com nova regra de remuneração, fundo de garantia pode superar a caderneta de poupança, mas retorno não é garantido

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements