Menu
PUBLICAÇÕES SOBRE
Cielo
Publicações
Cartões

Cielo terá pagamento instantâneo e vai devolver valor pago pelos lojistas em maquininhas

Reação ao movimento dos concorrentes foi anunciada pelo presidente da Cielo, Paulo Caffarelli, em uma entrevista coletiva na manhã de hoje para comentar o balanço do primeiro trimestre

Balanço

Sob pressão da concorrência, lucro da Cielo cai 40,4% no 1º trimestre

Resultado da empresa de maquininhas de cartão controlada por Banco do Brasil e Bradesco nos três primeiros meses do ano somou R$ 548,5 milhões e ficou abaixo das projeções do mercado

Para marcar na agenda

Bradesco, Cielo, Renner, Via Varejo e mais 4 empresas divulgam balanços nesta semana

Saiba o que esperar dos principais números de cada companhia e esteja preparado para qualquer surpresa do mercado

Guerra das maquininhas

Ofensiva da Rede é prática anticompetitiva?

Ao isentar a taxa de antecipação de recebíveis para alguns clientes, a Rede faz um contra-ataque agressivo para ganhar escala; Associação Brasileira de Instituições de Pagamentos, presidida por um diretor da Stone, vê prática anticompetitiva

Maquininhas de cartão

Ações da Cielo e Stone desabam com decisão da Rede de zerar taxa para antecipar recebíveis

Com queda de hoje, papéis da Cielo anulam ganho que tinham no ano na B3, enquanto a Stone perde 20% do valor de mercado na Nasdaq. Quem também sente o baque é a PagSeguro, que tem ações listadas na Nyse

Atenção acionista

Cielo anuncia que vai pagar 70% do lucro líquido do 1º trimestre em juros sobre capital próprio

Companhia informou o pagamento ocorrerá em 27 de junho de 2019 e vai totalizar R$ 147,800 milhões

Ações

Lanterninhas do Ibovespa foram destaque de alta na bolsa em janeiro

Enquanto o principal índice da bolsa subiu 10,8%, ações de empresas como Cielo, Via Varejo e Kroton tiveram uma valorização que chegou a 37% no primeiro mês do ano

Nova estratégia

Cielo vai focar em pequenos comerciantes e microempreendedores, diz Caffarelli

Segundo presidente da companhia, Paulo Caffarelli, Cielo ampliará atuação para voltar a ter lucro na casa dos R$ 4 bilhões

Banco público

Caixa terá empresa própria de maquininhas de cartões, diz novo presidente

“O único banco grande que não tem uma adquirente é a Caixa. E isso vai mudar”, disse o novo presidente do banco público, Pedro Guimarães. Dependendo do caminho adotado, a Cielo pode ser afetada. Veja por quê

Débito ou crédito?

‘Voltamos, e voltamos forte para o jogo’, afirma presidente da Cielo

O recado de Paulo Caffarelli, novo presidente da empresa de maquininhas de cartão, não podia ser mais claro: entre manter as margens de lucro e a liderança no mercado que enfrenta uma forte competição, a Cielo optou pela segunda

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements