Menu
2019-11-02T08:12:29+00:00
fala governador

‘Centro democrático quer manter diálogo com esquerda e direita’, diz Doria

Questionado sobre o discurso contra a esquerda mantido por ele desde a eleição à Prefeitura de São Paulo, afirma que não há campanha “com tom de missa de domingo”

2 de novembro de 2019
8:12
João Doria
Imagem: Shutterstock

O governador João Doria (PSDB) diz em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo que o "centro democrático" é uma "boa opção para o País", num movimento para se contrapor ao tom de polarização adotado pelo presidente Jair Bolsonaro. Doria, visto como candidato à sucessão em 2022, fala em "manter um bom diálogo com a esquerda e a direita". Questionado sobre o discurso contra a esquerda mantido por ele desde a eleição à Prefeitura de São Paulo, afirma que não há campanha "com tom de missa de domingo". "A esquerda não ameaça a democracia, assim como a direita."

O que o sr. achou da declaração do deputado Eduardo Bolsonaro sobre um 'novo AI-5'?

Totalmente inoportuna e inadequada, como muitas de suas manifestações. A democracia no Brasil está consolidada. Os Poderes também, bem como a liberdade de imprensa.

Nomes do PSL como Gustavo Bebianno, Paulo Marinho, Alexandre Frota se aproximaram do PSDB. O partido virou um caminho natural para os egressos do PSL? Há uma identidade?

Bebianno, de fato, virá. Vai se filiar ao PSDB no Rio. É muito bem-vindo, assim como o general Santos Cruz será bem-vindo. Não se trata de uma visão natural, mas circunstancial. O PSDB receberá novas filiações de parlamentares de outros partidos nos próximos meses. À medida que se consolida a visão de um 'novo projeto do PSDB', um partido de centro com visão liberal e democrática, ele vai cativando o sentimento daqueles que comungam desse mesmo pensamento. O centro democrático é uma boa opção para o País, que pretende manter um bom diálogo com a esquerda e a direita.

Esse 'novo PSDB' tem a mesma identidade social-democrata de sua fundação?

Nos valores da verdade, decência e transparência, sim. Nos valores da modernidade, não. O Brasil mudou, as pessoas mudaram.

Mas o PSDB ainda é social-democrata?

Não mais. Também as teses da social-democracia já não se aplicam da mesma maneira de 30 anos atrás. O PSDB não pode ser mais um partido que vive do passado.

Então, é o caso de tirar o "social-democracia" do nome?

A sigla PSDB é bem aceita. Pesquisamos isso. Então, a sigla será mantida, não será alterada. Mas nós incorporamos as cores verde e amarela. Antes, era branco, azul e amarelo.

O sr. vê uma ameaça da esquerda na América Latina, como também disse Eduardo?

A ameaça pode estar na extrema-esquerda, assim como na extrema-direita. A esquerda não ameaça a democracia, assim como a direita também não. São dois pensamentos que merecem respeito.

O sr. foi eleito duas vezes com uma campanha marcada por discurso fortemente contra a esquerda. Até chamou seu adversário de 'Márcio Cuba' (ex-governador Márcio França). O que explica essa mudança de postura?

O tom de uma campanha eleitoral é sempre mais efervescente. Não há campanha eleitoral com tom de missa de domingo. É tom de comício. Terminada a eleição, é tempo de gestão.

O sr. é conservador?

Não. Sou uma pessoa bem-educada e formada. Estudei nos Estados Unidos, França e Itália. Essa convivência internacional me deu a possibilidade de compreender o valor da pluralidade. Minha visão é liberal nos costumes.

O presidente Bolsonaro usou palavras duras para atacar o sr. e teve um momento de tensão entre ambos. Houve uma reaproximação? Como está a relação?

É uma relação fluida. Nós temos uma relação constante com o governo Bolsonaro em diversas áreas. Algumas, eu diria, até muito bem construídas, como é o caso do ministro da Economia, Paulo Guedes.

Luciano Huck tem despontado como candidato a presidente da República. O sr. acha que ele é um bom nome?

Luciano Huck é um bom rapaz, com uma boa formação, sentimento patriótico e, além de tudo, uma pessoa que é amiga e a quem devoto admiração. Mas nós precisamos de uma eleição com pessoas com experiência, vivência. Luciano Huck ainda deve acumular mais experiência ao longo da sua vida.

E o sr. vai disputar a sucessão em 2022 ou vai terminar o mandato no Estado?

Não é hora de discutir eleição de 2022. É hora de gestão.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

Novidades à vista

Bolsonaro anuncia a aliados saída do PSL e que trabalhará para criar novo partido

A deputada Bia Kicis (PSL-DF) disse esperar que Bolsonaro presida o novo partido. Segundo ela, a primeira convenção da sigla será realizada em 21 de novembro. Ainda de acordo com ela, o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) sairá de imediato do partido.

Seu Dinheiro na sua noite

Um buraco na estrada do céu

Uma súbita perda de altitude, seguida por uma forte turbulência, me pegou durante um voo com a família para a Europa, em 2015. Eu já havia passado por instabilidades do tipo antes, mas essa foi a primeira sem o aviso prévio do piloto. Éramos 20 pessoas entre adultos e crianças que partiam para celebrar as […]

Depois do fracasso

Área não arrematada no leilão de petróleo e gás deverá ser apreciada pelo PPI

De acordo com o governo, os parâmetros de bônus de assinatura e de lucro-óleo deverão ser revistos para baixo

Novidades

Fundação de Bill Gates e esposa estão de olho em projeto que cria metal que flutua

A iniciativa da Universidade de Rochester envolve o desenvolvimento de uma estrutura que pode ser utilizada para construir navios ou cidades flutuantes. As informações são da Business Insider

Relação mais que abalada

Trump volta a atacar Fed e diz que BC americano coloca EUA em desvantagem competitiva

Trump voltou a dizer que o Fed, que reduziu a taxa dos Fed funds três vezes neste ano, foi “muito lento” ao cortar juros

Tema mais do que esperado

CAE do Senado aprova projeto de autonomia do Banco Central

Relatório, do senador Telmário Mota (PROS-RR), confere a chamada autonomia formal ao BC, para execução de suas atividades

Comércio

Trump: Acordo com China está próximo, mas só aceitamos se for bom para os EUA

Presidente Donald Trump disse que não culpa a China pelas trapaças no comércio internacional, mas sim seus antecessores que não fizeram nada

Já que não vale PEC...

Alcolumbre levanta possibilidade de Assembleia Constituinte para discutir prisão em 2ª instância

Parlamentares pressionam o presidente do Senado a pautar uma Proposta de Emenda à Constituição autorizando a prisão após segundo julgamento

caso na justiça

Santander ganha causa no TST contra analista demitida por texto contrário a Dilma

Em junho de 2014, a funcionária do banco foi responsável por um documento divulgado a um grupo de clientes que afirmava que a reeleição da então presidente seria negativa para os mercados

Projeção do Fausto

Se passar dos R$ 4,20, dólar pode ir a R$ 5

Neste vídeo, o analista gráfico faz projeções para Ibovespa, S&P 500, dólar, ouro e petróleo, além de falar de 16 ações para ficar de olho

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements