Menu
Novo governo

Capitalização na Reforma da Previdência ainda não é unanimidade entre os deputados

Ministro da Economia, Paulo Guedes disse proposta que será enviado ao Congresso incluirá a criação do regime de capitalização

10 de janeiro de 2019
8:59 - atualizado às 9:00
Paulo Guedes - Imagem: Wilton Junir/Estadão Conteúdo

Lideranças da Câmara que devem votar a reforma da Previdência na próxima legislatura divergem sobre a introdução do sistema de capitalização proposto pela equipe econômica do governo.

Na terça-feira, 8, o ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que vai enviar ao Congresso uma proposta única de reforma com alterações nas atuais regras de aposentadoria no Brasil e a criação do regime de capitalização para os trabalhadores que ainda entrarão no mercado de trabalho (sistema pelo qual o segurado contribui para uma conta individual, e o valor do benefício é calculado em cima dessas contribuições).

O deputado Paulinho da Força, presidente nacional do Solidariedade, afirmou que o regime não foi bem sucedido no Chile na década de 1980. "Demonstrou ser ineficaz", disse. "Sabemos que a reforma da Previdência deve ser feita, mas não podemos adotar regimes que deram errado em outros países e retiram direitos dos trabalhadores", disse. Para o deputado, é preciso estudar uma mudança que "não sacrifique quem contribuiu por tantos anos para o Brasil".

Na quarta, 9, o secretário de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Rogério Marinho, afirmou que o governo está estudando a criação de um fundo de transição para sustentar um eventual modelo de capitalização no regime previdenciário. Isso é necessário porque nesse novo modelo, o dinheiro das contas individuais não se "misturam". É diferente do modelo atual - chamado de repartição - pelo qual quem contribui paga os benefícios de quem já está aposentado.

Para o líder do PSL na Câmara, o delegado Waldir (GO), o projeto deve ter adesão dos parlamentares. "É uma reforma para o País. Prefeitos e governadores são favoráveis", disse sobre o regime de capitalização. O partido de Jair Bolsonaro terá a segunda maior bancada na Casa, atrás apenas do PT, com 52 deputados.

Líder da bancada do DEM, o deputado Elmar Nascimento (DEM-BA) ressaltou que se o regime de capitalização vigorar, deve valer apenas para os que estão ingressando no sistema a partir de agora: "Mas precisamos analisar com calma o texto que de fato virá para a Câmara."

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
Dia 18

A caixa transparente do BNDES

Dados sobre tomadores, valores, prazos e taxas já estavam abertos desde 2015

Nada animador

Tesla derrete na bolsa de Nova York após anunciar corte de 7% no quadro de funcionários

Após o anúncio feito pelo CEO da empresa, Elon Musk, através de um email, os papéis da montadora registravam queda de 12% na Nasdaq

Caso Queiroz de volta?

Marco Aurélio Mello dá sinais de que vai rejeitar a suspensão das investigações envolvendo Flávio Bolsonaro

Ministro do STF disse que a “lei vale para todos” e lembrou que, em casos semelhantes, negou seguimento aos processos

Indo pro mercado

Governo de São Paulo anuncia que fundo imobiliário do Estado sairá em março

Segundo o governador João Doria, comercialização do fundo terá início em março deste ano

Nova fase da petroleira

Petrobras anuncia enterro de empréstimos feitos junto aos bancos públicos

Presidente da estatal, Roberto Castello Branco, disse que a petroleira não pegará mais dinheiro com BNDES e Banco do Brasil

Testando a equipe

Por que Davos será decisivo para Bolsonaro?

Sem a presença de Trump, Macron, Macri e Xi Jinping, presidente brasileiro terá um espaço privilegiado no evento

Estreia do novo governo

Discurso de Bolsonaro em Davos defenderá reformas e pilares do liberalismo de Guedes

Apesar do rascunho do discurso já estar pronto, a versão final só deve sair após uma ajudinha de Paulo Guedes

Seu mentor de investimentos

O que você precisa de fato entender na hora de investir seu dinheiro

Nos mercados mundo afora, pouco importa se você é um expert da tecnologia ou das commodities. Na hora H, o que vale mesmo é saber de preço

Ministro da Casa Civil

Para Onyx, família Bolsonaro é vítima de tentativa de desgaste

Vice-presidente do Supremo, ministro Luiz Fux, atendeu a um pedido da defesa de Flávio Bolsonaro e determinou a suspensão da investigação sobre movimentações de Queiroz

Tá ruim? Injeta dinheiro que melhora!

Mercado azedou? A bolsa caiu? Chama o Fed!

Mudança de discurso do Banco Central americano explica boa parte desse rali das bolsas de valores neste começo de 2019. A questão é: isso vai durar?

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu