Menu
2019-07-07T07:45:52+00:00
outro impasse na reforma

‘Fico chateado quando dizem que há privilégio para policiais’, diz Bolsonaro

Presidente fez nova defesa de mudanças na proposta de reforma da Previdência que tramita na Câmara, para atender ao pleito de policiais federais e rodoviários federais.

7 de julho de 2019
7:45
04/07/2019 Solenidade de Posse do General Luiz Eduardo Ramos Bap
(Brasília - DF, 04/07/2019) Presidente Jair Bolsonaro. - Imagem: Marcos Corrêa/PR

O presidente da República, Jair Bolsonaro, fez na noite deste sábado, 6, nova defesa de mudanças na proposta de reforma da Previdência que tramita na Câmara, para atender ao pleito de policiais federais e rodoviários federais. A questão tem gerado impasse na Casa, sendo que Bolsonaro vem se posicionando a favor de regras mais brandas de transição para os policiais.

Neste sábado, ao sair do Palácio da Alvorada, Bolsonaro foi questionado por jornalistas sobre os motivos de defender os policiais na reforma. Em um primeiro momento, o presidente afirmou apenas que "a bola está com o Parlamento".

Na sequência, ele foi questionado sobre por que motivo a categoria dos professores não recebeu a mesma defesa. "Todo mundo vai ter que dar sua cota de contribuição, uns mais, outros menos", respondeu Bolsonaro. "Costumo dizer que certas carreiras, como a dos policiais, são tão boas que a gente não vê nenhum parlamentar, nenhum empresário, com filho lá, nessa carreira", ironizou o presidente na sequência.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

Segundo Bolsonaro, a defesa dos policiais dentro da reforma da Previdência não representa um "privilégio". "Olha quem está do meu lado aqui? São militares", disse Bolsonaro, que estava acompanhado de integrantes de sua segurança pessoal. "Ficam de segunda a domingo comigo, não têm hora extra, não têm hora para nada, tiram plantão a noite toda", enumerou. "O que eu fico chateado é que alguns falam de privilégio de policial. Policial não tem privilégio."

Bolsonaro qualificou ainda o pleito dos policiais federais e rodoviários federais na reforma como uma "pequena questão a se acertar". Isso está sendo costurado. Não é privilégio, não é nada. É para fazer certa equiparação. Tem que ter transição para isso", defendeu.

A proposta de reforma aprovada na comissão especial da Câmara prevê pedágio de 100% sobre o tempo que ainda falta para os trabalhadores se aposentarem, no caso daqueles que estão próximos da aposentadoria. Os policiais federais são contrários a este pedágio de 100% e vinham defendendo um porcentual de 17% para a categoria - o mesmo proposto para os militares, em projeto que está parado na Câmara.

No início da tarde deste sábado, após reunião com líderes partidários em sua residência oficial, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), colocou-se a favor do pedágio de 100%. Segundo ele, caso uma categoria seja beneficiada em detrimento de outras, o processo de votação da reforma nesta semana, no plenário da Câmara, pode se desorganizar.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Crypto news

Volátil, mas rentável. As surpresas positivas de quem investe no mundo das criptomoedas

Ao contrário do que pensa uma boa parte dos investidores, não podemos propagar a falácia de que o mercado cripto é um mercado perdedor. Por exemplo, no ano, mais de 63 criptoativos subiram mais do que o Ibovespa

EXCLUSIVO PREMIUM

O rei das emergências: os melhores fundos para a sua reserva de curto prazo

Conheça os três fundos DI que não possuem taxa de administração e saiba até quando é mais interessante investir nesses tipos de fundo ou no Tesouro Selic

Quando o dinheiro morre

O novo paradigma de Ray Dalio e um apelo para a compra de ouro

Gestor da Bridgewater compartilha sua avaliação sobre como a atuação dos BCs, juros negativos e endividamento crescente vão mudar a cara do mercado

Entrevista

Fuja da bolsa americana e compre ouro, diz analista da Crescat

Otavio Costa é um brasileiro que trabalha no mercado americano e se soma à corrente que acredita em recessão nos EUA e problemas de crédito na China. Cenário que faz do ouro a melhor opção no momento

Roupa nova

Banco Inter dará início às negociações com units na bolsa na sexta-feira

Os certificados de ações terão o código BIDI11 e representam duas ações preferenciais (PN) e uma ordinária (ON) do Banco Inter, que também vai aderir ao Nível 2 de governança da bolsa e estuda captar R$ 1 bilhão em uma oferta de ações

Vai uma carona aí?

Uber completa cinco anos de Brasil com 2,6 bilhões de viagens

Se você acha que anda muito de Uber, olha só isso: o usuário que mais usou o Uber no Brasil nesses últimos cinco anos fez mais de 5 mil viagens pelo app, o que corresponde a cerca de 3 viagens de Uber por dia. Haja boleto!

De olho na Venezuela

Bolsonaro: “É importante buscar solução para Venezuela, até Evo se posicionou

Segundo o presidente, não ficou surpreso com o posicionamento de Morales, uma vez que o chefe de Estado boliviano já havia dados sinais positivos quando decidiu prender o italiano Cesare Battisti

Ainda sobre Eduardo

Para Mourão, indicação de Eduardo para embaixada nos EUA está dentro do padrão

“Dentro das regras da escolha para quem não é da carreira diplomática, ele está dentro do padrão. É uma decisão do presidente. Decisão a gente não discute”, disse.

Fracasso de crítica

A base de assinantes da Netflix cresceu menos que o esperado — e o mercado reagiu mal

Os resultados trimestrais da Netflix decepcionaram o mercado, em especial os números de expansão de novos usuários. Como resultado, as ações despencaram no after market de Nova York

Seu Dinheiro na sua noite

Posto Ipiranga entre o FGTS e a reforma

As histórias que mexeram com o Seu Dinheiro hoje

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements