Menu
Marina Gazzoni
O melhor do Seu Dinheiro
Marina Gazzoni
2019-03-12T10:20:11+00:00
Tudo que vai mexer com seu dinheiro hoje

Bolha ou bala? O que puxa os negócios da Taurus

12 de março de 2019
10:20
O Melhor do Seu Dinheiro
Imagem: Andrei Morais/Seu Dinheiro

A primeira vez que ouvi falar da Taurus foi quando a companhia sofreu uma das suas maiores crises de imagem. A empresa teve problemas com a qualidade de suas armas, como disparos acidentais que mataram os próprios donos. O problema técnico abalou os negócios. Lá por 2015 e 2016, a Taurus estava praticamente com o pé na cova. Ou melhor, na fila para pedir recuperação judicial.

Os anos se passaram e pouco se falou da empresa. Até o ano passado. Quando Bolsonaro tomou a dianteira da corrida presidencial, a empresa virou uma coqueluche entre os investidores de ações. A lógica era a seguinte: Jair Bolsonaro deve ser o próximo presidente, logo vai liberar geral o porte de armas, logo a Taurus vai vender que nem água. A ação chegou a subir 700% em pouco mais de um mês. Depois o papel despencou e uma pergunta ficou no ar: era bolha?

Muita gente comprou ação da Taurus no frenesi político, sem conhecer o modelo de negócios da empresa ou abrir o balanço financeiro. Até hoje alguns amigos me perguntam se é hora de comprar a Taurus e se ela vai ganhar com o governo Bolsonaro.

Mas, afinal, o que está acontecendo com essa empresa? O repórter Fernando Pivetti foi até São Leopoldo, no Rio Grande do Sul, para ver de perto qual é a situação da companhia e bater um papo com o presidente da empresa, Salesio Nuhs. Se você pensa em comprar ações da Taurus, esta reportagem é imperdível.

Avião no chão

A Gol precisou agir rápido diante de uma crise internacional envolvendo os aviões da Boeing. O modelo 737 MAX 8 sofreu dois acidentes aéreos recentemente. A Gol decidiu tirar os modelos de operação temporariamente - até o fim do ano passado, ela tinha 6 aeronaves na sua frota. A empresa vai aguardar as investigações sobre o produto para retomar os voos.

Além do desafio de ajustar a operação, os problemas do avião podem trazer muita dor de cabeça para Gol. O seu plano de renovação de frota foi desenhado em cima desse modelo.
Os problemas do avião, aliados à proposta de aquisição da Avianca pela Azul, fizeram as ações da Gol terminarem o dia na segunda maior baixa do Ibovespa. O anúncio da suspensão das operações do 737 MAX foi feito após o fechamento da bolsa e deve refletir nas ações da empresa hoje. Fique atento!

Corpinho de e-commerce, sede de fintech

E a chaleira do setor de pagamentos e tecnologia está em plena ebulição. O Mercado Livre anunciou ontem à noite que fará uma oferta de ações que pode chegar até US$ 2 bilhões. A diferença é que US$ 700 milhões já tem um comprador certo: a gigante de pagamentos PayPal. O acordo deixa a empresa com mais cara de fintech. O Vinícius Pinheiro te conta todos os detalhes aqui.

Mordida do leão

Vai ano, chega ano, é aquela dificuldade pra saber o que declarar ou não no Imposto de Renda. Uma das perguntas mais frequentes é sobre os rendimentos da poupança e da sua conta-corrente. Será que eles precisam ser declarados? A resposta é sim. A Julia Wiltgen te mostra como declarar essas contas e explica por que isso é necessário.

Imposto de Renda 2019 - IR 2019 - Leão

O acordo de May

Depois de um vai e vem de negociações, a primeira-ministra britânica, Theresa May, diz ter finalmente conseguido “mudanças vinculantes” no acordo sobre o Brexit. Ela apresenta hoje ao Parlamento Britânico novo acordo sobre a possível saída do Reino Unido da União Europeia. Mas a vida de May não será fácil. O líder da oposição, Jeremy Corbyn, pediu ontem ao Parlamento que o acordo seja rejeitado. Será que agora vai mesmo? Confira mais detalhes nesta matéria.

A Bula do Mercado: otimismo com a Previdência

O otimismo com o andamento da reforma da Previdência foi renovado graças a um empurrãozinho da velha política. Seguindo com as negociações, Jair Bolsonaro e Rodrigo Maia firmaram acordo para liberar R$ 1 bilhão em emendas parlamentares, aumentando as chances da CCJ ser formada na quarta-feira.

As novidades locais e avanços nas negociações internacionais deixam os investidores menos avessos ao risco e de olho na agenda econômica. Euro e libra esterlina se fortaleceram após os ajustes no acordo do Brexit e a expectativa para a votação no parlamento britânico.

A perspectiva de que o Federal Reserve não mexa nos juros americanos tão cedo ajuda os ânimos do mercado e os sinais positivos de Nova York contribuíram com a alta das bolsas asiáticas e europeias. Ontem, o Ibovespa voltou a atingir a casa dos 98 mil pontos, fechando com alta de 2,79%, a 98.026 pontos. O dólar encerrou o dia em queda de 0,78%, a R$3,84. Consulte a Bula do Mercado para saber como devem se comportar bolsa e dólar hoje.

Agenda

Índices
- IBGE divulga inflação em fevereiro
- Estados Unidos divulgam inflação em fevereiro

Balanços
- No Brasil: Minerva e Tenda

Bancos Centrais
- Ministros das Finanças da União Europeia fazem reunião em Bruxelas

Política
- Bolsonaro recebe a visita do presidente do Paraguai, Mario Benítez
- Parlamento britânico vota projeto sobre o significado do Brexit

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Começando os trabalhos

Petrobras começa a negociar ATC 2019 e Eletrobras vai para 4ª reunião

Empresa estatal vai juntar os 18 sindicatos da categoria em um único encontro nesta quarta-feira, 22

Contrato assinado!

Valid anuncia que vai imprimir as provas do Enem 2019

Empresa ficará responsável pela diagramação, manuseio, embalagem, rotulagem e entrega aos Correios do caderno de provas

Novata no ar?

Anac deve aprovar autorização para Air Europa operar voos domésticos no país

Há expectativa de aprovação do processo incluído na pauta da reunião da direção do órgão marcada para 16h30 da quarta-feira

Corre-corre

Líder do governo no Senado anuncia acordo para votar 4 MPs até quinta-feira

Entre as pautas estão a abertura do setor aéreo para o capital estrangeiro, a ajuda financeira a Roraima, a criação da NAV Brasil e a reforma administrativa

Seu Dinheiro na sua noite

Um passeio pelas dunas do Ibovespa

Aos turistas que contratam um passeio de buggy nas dunas das praias nordestinas são dadas duas opções: com ou sem emoção. Já para quem investe na bolsa cabe apenas a segunda alternativa, e à bordo de uma velha Brasília. Na última descida, muita gente quase foi arremessada ou se jogou para fora do veículo em […]

Desconto de até 90%

Caixa fará mutirão para renegociar dívidas de 3 milhões de clientes

Expectativa da instituição é recuperar pelo menos R$ 1 bilhão em créditos que já estavam fora do balanço, lançados como prejuízo

Mudanças nos impostos

Com reforma tributária, poder de compra poderá crescer 10% em 15 anos, diz Appy

Projeto unifica três tributos federais (IPI, PIS e Cofins), o ICMS e o ISS num único tributo, batizado de Imposto sobre Operações com Bens e Serviços (IBS)

Tocando o projeto do Congresso

Presidente da CCJ da Câmara diz que não vai esperar proposta de reforma tributária do governo

Fala de Felipe Francischini ocorre na semana em que um texto apresentado pelo deputado Baleia Rossi pode ser votado na comissão

Sem movimento no mercado

Vendas baixas fazem estoques do varejo ficarem estáveis em maio, diz FecomercioSP

Estabilidade nos estoques sinaliza que as vendas estão abaixo do esperado e que houve pausa na reposição dos produtos

A pauta é reforma da Previdência

Mudanças no BPC podem aumentar desigualdade e judicialização, diz pesquisadora

Governo Bolsonaro sugere que o BPC, que hoje é pago aos beneficiários (idosos e deficientes em situação de extrema pobreza) com 65 anos, passe para 70 anos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements