Menu
2019-05-13T14:18:08+00:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Acidente

Avião Boeing 737 derrapa em pista na Flórida e cai em rio; não há vítimas

21 pessoas foram levadas ao hospital com ferimentos leves, mas não houve vítimas. O avião não chegou a ser submerso pela água, segundo autoridades locais

4 de maio de 2019
10:15 - atualizado às 14:18
Boeing 737 cai em Rio na Flórida, EUA
Boeing 737 cai em Rio na Flórida, EUA - Imagem: Reprodução/Polícia de Jacksonville

Um avião Boeing 737 com 136 passageiros e mais quatro tripulantes vindo de uma base militar em Guntánamo, em Cuba, derrapou em uma pista em Jacksonville, na Flórida, e caiu dentro do rio St. Johns por volta das 21h40 desta sexta-feira (3).

21 pessoas foram levadas ao hospital com ferimentos leves, mas não houve vítimas. O Boeing 737 não chegou a ser submerso pela água, segundo autoridades locais. O jato é operado pela Miami Air International, empresa de fretamento que oferece o serviço para a base em Guantánamo.

De acordo com o comandante da estação local, o pouso do avião em segurança foi “um milagre” por conta do profissionalismo da tripulação e das equipes de resgate. Confira a mensagem da Estação Naval de Jacksonville em seu Facebook:

***Plane incident update***At approximately 9:40 p.m. today, a Boeing 737 arriving from Naval Station Guantanamo Bay,...

Posted by NAS Jacksonville on Friday, May 3, 2019

Como aconteceu o acidente

Segundo a estação de controle local, o avião tentava fazer a aterrissagem durante uma forte tempestade, mas acabou derrapando no fim da pista de pouso.

Uma passageira descreveu o acidente à emissora de CNN. Segundo ela, o pouso do Boeing 737 foi dificultado por muitos raios e trovões. Após cair no rio, os passageiros teriam permanecido algum tempo na asa do avião, até que a equipe de resgate os retirasse com a ajuda de um barco. Uma equipe de ao menos 50 bombeiros se deslocou para retirar os passageiros do avião.

Um inspetor da Administração Federal de Aviação definiu o jato como privado, embora o prefeito da cidade tenha o caracterizado mais cedo como comercial. O próprio dirigente do município afirmou que a Casa Branca entrou em contato para oferecer suporte.

Como lembrou o New York Times, as fotos do acidente remetem ao famoso acidente do rio Hudson, que está completando 10 anos.

O Conselho Nacional de Segurança nos Transportes enviou uma equipe ao local para investigar as causas do acidente. Já a Boeing disse que não iria se manifestar até o momento sobre o assunto.

Outro modelo

A Boeing tem vivido uma crise por conta de dois acidentes fatais com um de seus modelos, o jato 737 Max, em um intervalo de poucos meses.

Desde o último acidente, o modelo 737 Max foi proibido de voar em vários países, inclusive nos EUA. O site da Miami Air International, porém, afirma que a empresa usa exclusivamente o jato Boeing 737-800, um modelo diferente.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Setor de aviação comercial

Joint-venture entre Embraer e Boeing se chamará Boeing Brasil – Commercial

Venda de 80% da divisão de aviação comercial da fabricante brasileira de aviões para a americana foi fechada no começo de julho do ano passado

Tá complicado!

Funcionários da Avianca anunciam nova greve para esta sexta-feira

Paralisação vai atingir os aeroportos de Congonhas, em São Paulo, e Santos Dumont, no Rio de Janeiro

De olho no gráfico

Como comprar bitcoin com outras criptomoedas – e é uma boa comprar?

Coluna traz vídeos sobre análise gráfica e dicas de investimentos. O tema é o mercado de ações e criptomoedas.

Agora vai?

EUA modificam posição e formalizam apoio à entrada do Brasil na OCDE

Sem dar detalhes, secretário-geral da OCDE, José Ángel Gurría, confirmou a informação de que o grupo tem uma posição diferente sobre o Brasil

Reformas

Presidente e relator da Previdência jogam ‘policial bom, policial ruim’ nas suas declarações

Depois de aceno conciliador dado por Samuel Moreira na segunda-feira, Marcelo Ramos sobe à tribuna, critica o governo e pergunta: “Vamos transformar isso aqui em uma Venezuela?”

Enfim, passou!

Câmara conclui votação da MP dos ministérios e medida segue para análise do Senado

Senado tem até a próxima semana para votar a medida, antes que ela perca sua validade, em 3 de junho

Private equity

Para fundos que compram empresas, momento é bom para fazer negócio

Fundos que investem em participações em companhias para vendê-las com lucro posteriormente fecharam o ano passado com R$ 39,3 bilhões disponíveis para investir no Brasil

Um polvo da construção

Duratex anuncia a compra da Cecrisa por R$ 1 bilhão e amplia ainda mais seu espaço no mercado

Anúncio feito nesta quinta-feira está em linha com o modelo de negócio da companhia, que espera estabelecer um sistema “one stop shop” no setor de materiais de construção

Gigantes do mundo da beleza

Avon e Natura devem manter marcas e estrutura comercial independente após fusão

Após a união de Avon e Natura, as empresas manterão duas sedes e devem buscar sinergia operacionais, com produção e distribuição de cosméticos

Transação bilionária

A Natura finalmente comprou a Avon. Ainda dá tempo de entrar nas ações?

Analistas se debruçaram sobre a estrutura da compra da Avon pela Natura — e, em linhas gerais, gostaram do que viram. Mas, considerando o rali recente das ações da empresa brasileira, a postura dos especialistas é cautelosa

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements