Menu
André Franco
Crypto News
André Franco
É engenheiro e especialista em criptomoedas da Empiricus
2019-11-06T17:59:13+00:00
Crypto News

A bolsa está decolando, mas o bitcoin merece uma atenção especial da sua parte

A Bolsa passou a ser novamente o investimento da moda, só que seus ganhos não chegam perto do que eu já vi acontecer com as criptomoedas

7 de novembro de 2019
5:56 - atualizado às 17:59
bitcoin bolsa
Imagem: Shutterstock

Certa vez, ouvi de um investidor com vários ciclos econômicos na bagagem que todo ano temos um ativo da moda, um fundo do momento ou uma estratégia quente.

Isso é bem verdade e lembro que, quando era adolescente, ouvi falar de ações justamente na época do auge da bolha imobiliária, pouco antes da crise de 2008.

Já em 2017, foi a vez daquele ativo em que eu havia investido em 2015, o bitcoin, se tornar o nome mais falado nos noticiários, com direito a menção diária no Jornal Nacional.

Este ano, a Bolsa passou a ser novamente o investimento da moda e a atrair a atenção do grande público.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

Com 100 mil novos CPDs cadastrados na B3 todo mês, já podemos falar que se trata de uma euforia.

Talvez não tão grande, porque ainda estou sentindo falta do motorista do Uber me dando dicas de como investir nas melhores ações do mercado.

Mas, de qualquer forma, ainda acho que a grande assimetria positiva da Bolsa já passou. A partir de agora, estamos brigando pelos 150 mil pontos, certo?

No atual momento, temos 40% de upside, o que não me parece uma assimetria tão convidativa.

Seríamos nós pombos brigando por migalhas?

Desculpe se pareço exagerado ao considerar 40% como migalhas, mas já vi ganho similar acontecer em um único dia nesse mundo “criptolouco”.

Gosto do risco e estou confortável com ele, por isso busco multiplicadores e não percentuais apenas.

Mas, para a maioria dos investidores, principalmente para aqueles 100 mil que têm se cadastrado mensalmente na Bolsa, o que vale são as duas afirmações a seguir:

A Bolsa está cara a 50 mil pontos e barata a 110 mil pontos.

O bitcoin é um ótimo investimento a US$ 20 mil e uma furada a US$ 3 mil.

Vai entender.

O comportamento de comprar na alta e vender na baixa é o mais típico, não tenho dúvidas, os números comprovam.

E se o upside da Bolsa é, na média, de 40%, o do mercado cripto é maior que 100% só para chegarmos ao ponto mais alto já atingido.

Nem por isso vou convencê-lo a sair de um e ir para outro.

Lembre-se, diversificação é a arma daqueles que não sabem o que estão fazendo, exatamente nós, seres humanos.

Da mesma forma, tenho que convencer você que ficar de fora é tão arriscado quanto ter todo o seu patrimônio nesse ativo.

O imponderável nunca vai estar na sua conta e um cisne negro sempre vai estar lá, pronto para dar um tapa na sua nuca e te lembrar de que você não pode prever o futuro.

Bem-vindo ao mundo real, que não cabe em projeções de nenhum analista.

E para terminar, não posso deixar de mencionar dois dados sobre o ativo soberano desse mercado, o bitcoin.

A quantidade de investidores que carregam bitcoins em carteira há mais de dois anos só aumentou e o número dos que possuem o ativo há mais de cinco anos está no patamar mais alto da história.

Quem continua a vender e comprar bitcoin a toda oscilação de preço são os traders de mão fraca.

Os investidores de longo prazo continuam acumulando o ativo, e aconselho você a fazer o mesmo.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Diplomacia

Bolsonaro e líderes tentam vender o peixe dos Brics a empresários

Presidentes do Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul contam a empresários o que têm feito para melhorar o ambiente de negócios

Na ponta do lápis

Natura, brMalls, Qualicorp… os balanços que movimentam os mercados nesta quinta-feira

Resultados das companhias vieram mistos, com dados positivos e negativos para todos os lados. Confira cada um deles

Seu Dinheiro na sua noite

A quarta-feira 13 da Via Varejo

Assim como no cinema, as histórias das empresas com ações na bolsa podem ser divididas em vários gêneros, para todos os gostos. Existem as comédias, estreladas por aquelas companhias que vivem arrancando sorrisos de seus acionistas com crescimento das operações e do lucro. Temos também os faroestes, de empresas em setores que enfrentam forte competição. […]

Corrupção em SP

Lava Jato fecha acordo de leniência de R$ 214 milhões com Andrade Gutierrez

Documento refere-se a ilícitos cometidos pela companhia em obras do Metrô de São Paulo, Prefeitura de São Paulo, CPTM, DERSA, EMTU e CODESP nos governos do PSDB

Medidas do governo

Pesquisa mostra que 57% dos brasileiros reprovam congelamento de salários de servidores

Levantamento da XP mostra também que o conhecimento sobre o pacote de reformas estruturais apresentado no início deste mês é limitado

O Disney Plus vem aí

Te cuida, Netflix: o novo serviço de streaming da Disney já tem 10 milhões de usuários

As ações da Disney dispararam com a informação de que, em apenas um dia, o novo serviço de streaming da companhia já conta com 10 milhões de usuários. E agora, Netflix?

Próximos passos

Banco dos BRICS quer trabalhar com mais empréstimos em moedas locais

NDB tem como foco o financiamento de projetos no Brasil, na Rússia, na Índia, na China e na África do Sul

Trato feito

Grupo Prumo e Siemens AG assinam acordo de cooperação em projetos de energia

Assinatura ocorreu durante a reunião do BRICs, em cerimônia que contou com a presença dos principais executivos das companhias envolvidas

Ficou difícil

Negociação EUA-China trava por questão de compras agrícolas, dizem fontes

Impasse sobre agricultura cria outro obstáculo no caso, conforme Pequim e Washington tentam fechar a fase 1 do acordo

Mantendo relações

Bolsonaro confirma viagem à Índia em janeiro de 2020

Mais cedo, presidente teve reunião com o presidente da China, Xi Jinping, para a assinatura de acordos bilaterais

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements