Menu
2019-11-02T09:36:29+00:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
polêmica nas redes

Mark Zuckerberg e roteirista de ‘A Rede Social’ têm embate público sobre liberdade de expressão

Aaron Sorkin, em artigo publicado no New York Times, criticou a postura do CEO do Facebook diante de anúncios sobre política; a resposta veio por uma indireta nas redes sociais

2 de novembro de 2019
9:29 - atualizado às 9:36
Mark Zuckerberg
Mark Zuckerberg, CEO do Facebook - Imagem: Shutterstock

O CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, envolveu-se em mais uma polêmica nesta semana. O bilionário foi alvo de críticas do roteirista do filme "The Social Network" (no Brasil, A Rede Social), Aaron Sorkin, por não fazer o suficiente para combater a desinformação (ou "fake news") em sua rede social.

Em artigo publicado no jornal New York Times, Sorkin diz que a postura de Zuckerberg a respeito de anúncios sobre política do Facebook é equivocada. Para exemplificar, o roteirista afirma ter visto no site um anúncio afirmando que Joe Biden, pré-candidato democrata a presidência dos EUA, deu ao procurador-geral ucraniano US$ 1 bilhão para não investigar seu filho.

"Cada centímetro quadrado disso é uma mentira e está embaixo do seu logotipo", escreve. "Isso não é defender a liberdade de expressão. Mark está atacando a verdade", diz Sorkin.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

O roteirista escreveu em resposta, principalmente, ao discurso que o bilionário fez na Universidade de Georgetown no início de outubro. Na ocasião, Zuckerberg argumentou que a política de anúncios políticos do Facebook se baseia no interesse em preservar a liberdade de expressão. "Nós não checamos os anúncios políticos", afirmou.

Segundo o bilionário, a postura não tem como objetivo ajudar os políticos, mas permitir que as pessoas vejam, por si mesmas, o que os políticos estão dizendo. De todo modo, Zuckerberg respondeu publicamente ao artigo de Sorkin, mas não de maneira direta.

O CEO do Facebook postou, em seu perfil na rede social, uma citação ao filme "The American President" (lançado no Brasil com o título de "Meu querido presidente"). A película é dirigida pelo próprio Aaron Sorkin.

O trecho recortado pelo bilionário é um do discurso do personagem de Michael Douglas no final do filme para uma sala cheia de repórteres na Casa Branca. A fala, escrita por Sorkin, é uma defesa apaixonada da liberdade de expressão nos Estados Unidos.

"Você quer reivindicar esta terra como a terra da liberdade?", questiona o personagem. "Então o símbolo do seu país não pode ser apenas uma bandeira; o símbolo também tem que ser de seus cidadãos exercendo o seu direito de queimar a bandeira em um protesto. Mostre-me isso, defenda isso, celebre isso em suas salas de aula. Então, você poderá cantar sobre a terra da liberdade"

Em outras palavras, o bilionário estava chamando Sorkin de hipócrita por fazer, em outro momento da vida (o filme é de 1998) uma defesa irremediável da liberdade de expressão, na voz de um de seus personagens, e agora escrever um artigo criticando as ideias de Zuckerberg.

"America isn't easy. America is advanced citizenship. You gotta want it bad, 'cause it's gonna put up a fight. It's...

Posted by Mark Zuckerberg on Thursday, October 31, 2019

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

dia de baixa

Ações da Tesla caem forte após companhia apresentar picape elétrica

Modelo futurista Cybertruck deve custar pelo menos US$ 39,9 mil; nesta sexta-feira, os ativos da montadora caíam quase 6%, mas já subiram 39% desde o balanço

Análise

Qual impacto do churrasco na Selic?

Alta no preço da carne ainda não teria força para barrar queda da Selic, mas reforça discurso de cautela do Banco Central

fala ministro

Guedes defende acabar com imposto sobre folha de pagamentos

Em evento, ministro da Economia destacou que a aprovação da reforma da Previdência derrubou a primeira torre de descontrole de gastos no País

clima de otimismo

Um dos maiores terminais de contêineres da América Latina, Santos Brasil inicia investimento de R$ 1 bilhão

Mesmo com uma reação tímida da economia, terminal prevê crescimento; expectativa é que chegue a 1,8 milhão de contêineres ao fim de 2019

Fundo sustentável

Este robô de investimentos investe em Tesla, Beyond Meat e outras empresas “verdes” para você

Gestora Warren, que monta carteiras de investimento para pessoas físicas com base em inteligência artificial, acaba de lançar fundo de investimento em ações de empresas sustentáveis no Brasil e no exterior

Hora do acordo?

Acordo com a China está muito perto, diz Trump

Situação na região autônoma de Hong Kong é o mais recente tema de tensão entre Washington e Pequim, depois que o Congresso americano aprovou um projeto de lei em apoio às manifestações

Títulos públicos

Veja os preços e as taxas do Tesouro Direto nesta sexta-feira

Confira os preços e taxas de todos os títulos públicos disponíveis para compra e resgate

de olho no gráfico

Bitcoin e outras sete criptomoedas para ficar de olho

Neste vídeo, abordo a tendência de ativos como Augur, Stellar e Vechain; além disso, dou minha opinião sobre o potencial do bitcoin como moeda mundial

IPCA-15

Prévia da inflação fica em 0,14% em novembro, segundo o IBGE

Resultado ficou dentro das estimativas dos analistas do mercado financeiro consultados na pesquisa do Projeções Broadcast, cujo intervalo ia de 0,09% a 0,31%, porém veio abaixo da mediana positiva de 0,16%.

Recuperação

Ibovespa opera em alta e ronda os 108 mil pontos; dólar cai a R$ 4,18

Declarações mais amenas do presidente dos EUA, Donald Trump, em relação às negociações com a China dão ânimo aos mercados globais e fortalecem o Ibovespa

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements