Menu
Marina Gazzoni
O melhor do Seu Dinheiro
Marina Gazzoni
2019-08-22T10:24:17+00:00
tudo que vai mexer com seu dinheiro hoje

Bienvenido ao paraíso dos especuladores

22 de agosto de 2019
10:00 - atualizado às 10:24
O Melhor do Seu Dinheiro
Imagem: Andrei Morais/Seu Dinheiro

Enquanto (quase todos) os bancos centrais do mundo reduzem os juros, há uma taxa em escalada aqui do lado. A Argentina subiu seu juro para 74% ao ano diante do pânico dos investidores com a vitória da esquerda nas eleições primárias no início do mês. Poxa, 74% ao ano na renda fixa é uma bolada, não? Comprar títulos da dívida argentina é um bom investimento para fazer agora ou o risco de calote é tão alto que é melhor ficar de fora?

Eu realmente estou na dúvida. Achei melhor consultar o mestre Ivan Sant’Anna, colunista do Seu Dinheiro e trader desde 1958. Ele já viu a Argentina passar por poucas e boas, como moratória, reformas monetárias e choques de inflação, e muita gente ganhar dinheiro nas diversas crises dos nossos “hermanos”.


O Ivan lembrou que o país é há muito tempo o paraíso dos especuladores e que esse pessoal quer ganhar bem mais do que 74%. Os fundos abutres, que compram títulos de credores duvidosos, como o governo argentino, já lucraram muito por lá. E não faz tanto tempo. Em 2014, por exemplo, eles embolsaram uma bolada com papéis da dívida argentina comprados anos antes a preço de banana (ou quem sabe de um vinho barato).

Com a ameaça populista novamente, os abutres estão rondando a nossa vizinhança de novo. No seu texto de hoje, o Ivan Sant’Anna dá sua opinião sobre as oportunidades e riscos para quem pretende investir na Argentina no meio do furacão.

O comentário do Ivan está disponível na área Premium do Seu Dinheiro. Para acessar esse conteúdo DE GRAÇA, você só precisa se cadastrar aqui e indicar esta newsletter a cinco amigos. Assim que eles aceitarem o convite seu conteúdo será liberado.

A Bula do Mercado: agenda econômica e cenário externo

mercado financeiro hoje se volta para a agenda econômica e para o cenário externo. Por aqui, o destaque fica com a prévia deste mês da inflação oficial ao consumidor. Já o calendário norte-americano traz dados sobre auxílio-desemprego, atividade na indústria e serviços. Na Europa, chama a atenção a ata da reunião do Banco Central Europeu (BCE).

A leitura do documento revigorou alguns índices acionários na Europa, após um início de sessão sem uma direção firme. Na Ásia, Hong Kong caiu 0,8%, mas Tóquio e Xangai oscilaram no positivo. Já os índices futuros das bolsas de Nova York ensaiam ganhos, um dia após o Federal Reserve não dizer nem que sim nem que não para a continuidade da redução da taxa de juros nos Estados Unidos.

Ontem, o Ibovespa teve ganho de 2,00%, aos 101.201,90 pontos. O dólar à vista encerrou em queda de 0,52%, aos R$ 4,0301. Consulte a Bula do Mercado para saber o que esperar de bolsa e dólar hoje.

É pra tanto?


As ações das estatais saíram em disparada ontem. Tudo por conta da expectativa sobre uma lista de empresas que serão privatizadas. O anúncio veio só depois do fechamento do pregão, mas os papéis preferenciais da Telebras, por exemplo, subiram mais de 60%. Diante disso, cabe a pergunta: será que essa euforia tem sentido? O Vinícius Pinheiro olhou os números da empresa e tem uma opinião sobre o assunto.

‘Quando chegar, eu falo’

O oba-oba também tomou conta dos investidores com a notícia de que o governo pode privatizar a Petrobras, embora a estatal não estivesse na lista de privatizações anunciadas ontem. As ações da empresa subiram mais de 5%. Mas agora pela manhã o presidente Jair Bolsonaro tratou de apaziguar os ânimos: ele disse que o ministro da Economia, Paulo Guedes, não apresentou proposta nenhuma para a privatização da petroleira. “Quando chegar, eu falo”. Já o secretário Salim Mattar falou hoje cedo sobre os planos para os Correios.

Vitória parcial

Em Brasília, os parlamentares seguem tocando uma agenda de interesse do governo. Ontem à noite, o Senado aprovou a MP da Liberdade Econômica - aquela que pode reduzir a burocracia e limita o poder de regulação do Estado. Mas impôs uma pequena derrota ao Executivo ao derrubar a autorização para trabalho aos domingos e feriados. Enquanto isso, na Câmara passou o projeto que permite posse de arma em toda a propriedade rural. O texto segue para sanção presidencial.

Um grande abraço e ótima quinta-feira!

Agenda

Índices
- IBGE divulga prévia da inflação de julho
- Receita Federal divulga resultado da arrecadação de impostos em julho
- Estados Unidos publicam dados semanais de emprego
- IHS/Markit publica PMI de Alemanha, Estados Unidos e zona do euro em agosto

Bancos Centrais
- BCE divulga ata de sua última reunião de política monetária

Política
- Senado realiza audiência pública sobre a reforma da Previdência

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

tensão

Preços do petróleo disparam após ataques na Arábia Saudita

Duas grandes refinarias da empresa petrolífera Aramco foram atacadas no último sábado, 14; oferta de petróleo no mundo pode sofrer uma queda de até 5%; neste domingo, contratos futuros chegaram a saltar 19%

após ataques

Petroleira saudita diz que pretende retomar um terço da produção até esta segunda

As atividades da Aramco, a estatal saudita, foram interrompidas devido a um ataque contra suas unidades no último sábado 14

guerra comercial

‘O objetivo de Washington é usar bullying e pressão’, diz embaixador da China no Brasil

Para Yang Wanming, comércio entre Brasil e China tende a sofrer no médio e longo prazos; ele diz que a guerra comercial arruinou a confiança do mercado internacional

a hora e a vez da americana

O que a Amazon, de Jeff Bezos, quer no Brasil?

Gigante varejista dos Estados Unidos avança no Brasil com lançamento do serviço Prime, mas o que isso significa para o setor do varejo e a concorrência?

tendência

Marfrig vai exportar carne vegetal para ao menos quatro países

Companhia brasileira anunciou no início de agosto a produção e comercialização de produtos à base de proteína vegetal, numa parceria com a americana ADM

tensão

Ataque à Aramco, na Arábia Saudita, pode afetar 5% da produção mundial de petróleo

Ataques à Aramco ocorrem em meio à escalada das tensões entre os rebeldes houthis, aliados do Irã, com a Arábia Saudita, apoiada pelos EUA

Proteção para a sua carteira

Ao escalar sua seleção de ações, pense duas vezes antes de colocar Vale e Suzano na defesa

As ações das exportadoras Vale e Suzano, clássicas opções defensivas para um cenário de dólar forte, acumulam desempenho negativo no ano, pressionadas pelos preços do minério e da celulose em baixa. Se esses papéis já não têm mais o mesmo apelo defensivo de antes, quais ativos da bolsa podem ocupar o miolo da zaga do seu portfólio?

quem disse que tá ruim?

Novatas de tecnologia na bolsa americana têm desempenho acima do S&P 500 – mesmo levando em conta Uber e Lyft

Levantamento feito por publicação americana leva em conta 13 IPOs de tecnologia deste ano nas bolsas e mostram que os papéis, juntos, valorizaram mais que o S&P 500

tensão

Drones atacam instalações de petroleira na Arábia Saudita

Reivindicado pelos rebeldes houthis que combatem a intervenção saudita no vizinho Iêmen, ataque atingiu duas refinarias da Aramco

oportunidades à vista

Brasil consegue abertura do mercado egípcio para lácteos e Bolsonaro comemora

Produtores brasileiros poderão exportar, já a partir de outubro, produtos como leite em pó e queijos para o mercado egípcio

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements