Menu
2019-07-22T12:47:04-03:00
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.
Câmbio

BC faz rolagem parcial de linha de dólar que venceria em agosto

Banco Central fez duas operações que totalizaram US$ 3,4 bilhões em linha com compromisso de recompra. Estoque a vencer totaliza US$ 3,9 bilhões

22 de julho de 2019
12:47
dólar
Imagem: Shutterstock

O Banco Central (BC) concluiu a rolagem parcial de linhas de dólar com compromisso de recompra que venceriam no começo de agosto. Foram feitas duas operações, entre sexta-feira e hoje, totalizando US$ 3,4 bilhões. O montante vincendo somava US$ 3,9 bilhões. O BC tem até o fim do mês para ofertar o restante do montante vincendo caso veja necessidade.

Nesse tipo de atuação, o BC “empresta” os dólares das reservas internacionais que terão de ser devolvidos posteriormente. Quando opta pela rolagem, o BC se mantém neutro no mercado, que avalia se devolve os dólares para o BC ou se alonga a operação.

Os contratos que venceriam em 2 de agosto foram postergados para setembro. Na sexta, o total de US$ 2 bilhões foi ofertado e colocado. Hoje, dos US$ 2 bilhões ofertados, US$ 1,4 bilhão foi rolado.

O estoque de linhas soma cerca de US$ 12 bilhões. Além dos 3,9 bilhões vincendos em 2 de agosto, temos US$ 3 bilhões em 2 de outubro, US$ 1 bilhão em 3 de dezembro, US$ 1,624 bilhão em 3 de janeiro de 2020 e US$ 2,126 bilhões em 2 de abril de 2020.

Normalmente os leilões de linha atendem à demanda por moeda à vista tanto para remessas de lucro ao exterior como para o pagamento de empréstimos e financiamentos externos. Com fluxo cambial negativo, a atuação do BC se faz necessária para que não tenhamos problemas no mercado de cupom cambial (juro em dólar no mercado local).

O BC vem atuando pontualmente apenas no mercado à vista, pois já concluiu a rolagem dos swaps cambiais (que equivalem à venda de dólar no mercado futuro) que venceriam em agosto.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

fim do impasse?

Câmara aprova MP que transfere Coaf para o BC; texto segue para Senado

Outra mudança foi a retirada, com a aprovação de um destaque, da atribuição do Coaf de produzir informação para combate ao financiamento do terrorismo

Dinheiro no bolso do acionista

CVC paga R$ 62 milhões em juros sobre capital próprio aos acionistas

Para o pagamento, que será realizado no dia 8 de janeiro, será considerada a posição acionário em 23 de dezembro de 2019, respeitando a negociação realizada no dia

novos ventos

Estrangeiros injetam R$ 161 bilhões em aquisições no Brasil

Depois de um 2018 permeado por incertezas provocadas pela corrida eleitoral, o ambiente voltou a ficar mais favorável para fechar operações de fusões e aquisições no Brasil

dinheiro no caixa

Notre Dame Intermédica define ação a R$ 57 em nova oferta e movimenta R$ 5 bilhões

Companhia faz a oferta para levantar recursos para novos investimentos, liquidar debêntures e para pagar a aquisição do grupo Clinipam

guerra comercial

Negociadores de comércios dos EUA e China ‘mantêm contato próximo’, diz Pequim

No domingo (15), vence o prazo para que os EUA adotem tarifas extras a mais US$ 156 bilhões em importações chinesas

em brasília

Senado aprova pacote anticrime de olho em possíveis vetos de Bolsonaro

Projeto foi desidratado em relação ao conteúdo original encaminhado pelo ex-juiz da Lava Jato; Moro já defendeu que os pontos retirados sejam novamente discutidos no Congresso

Recado ao mercado

O BC até pode cortar a Selic em 2020, mas deixou claro que o ciclo está perto do fim

O Copom deixou a porta aberta para mais um corte de 0,25 ponto na Selic em 2020. E, ao não se comprometer com o próximo passo, o BC passou a mensagem de que a onda de reduções nos juros está quase terminando

Seu mentor de investimentos

Caça ao tesouro: as joias descobertas em minha longa carreira no mercado financeiro

Ivan Sant’Anna lembra das grandes tacadas que deu em sua carreira como broker e fala sobre o processo de descobrimento dos tesouros enterrados no mercado

A Bula do Mercado

Copom se prepara para aterrissar e Brasil, para decolar

BC brasileiro indica que fim do ciclo de cortes da Selic está próximo, mas mantém porta aberta para novas quedas, enquanto S&P melhora perspectiva do rating do país

UM DOS IPOs DO ANO

Presidente da XP diz que não descarta listar a companhia na bolsa brasileira

O executivo disse que a ideia sempre foi fazer uma listagem no Brasil, visto que a empresa sempre se posicionou “como disruptora do mercado local, democratizando investimentos”

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements