Menu
2019-11-24T11:46:56-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Coisa de ficção científica

Asgardia, a nação disposta a ser enviada para o espaço por Elon Musk e Jeff Bezos

Comunidade alega ter mais de um milhão de membros ao redor do mundo e deseja fundar uma sociedade fora da Terra até 2043

23 de novembro de 2019
16:38 - atualizado às 11:46
Os bilionários Elon Musk e Jeff Bezos
Os bilionários Elon Musk e Jeff Bezos. -

Se Elon Musk e Jeff Bezos quiserem, já existe uma nação inteira disposta a ser enviada para o espaço por suas companhias de viagens espaciais comerciais.

O Reino Espacial de Asgardia mais parece coisa saída de uma história de ficção científica, mas é 100% real, assegura o site "Business Insider".

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

A autodeclarada "nação espacial" deseja se instalar como uma sociedade totalmente funcional no espaço, na forma de uma colônia fora do planeta Terra.

A ideia é enviar centenas de milhares de pessoas para viver em uma estação espacial até 2043 Elas deverão pagar taxas de "residência" e "construir uma nova sociedade democrática", capitalista, parlamentarista, capaz de manter relações comerciais com os terráqueos e detentora da sua própria moeda digital, a "Solar".

Para realizar este sonho ambicioso, a nação espacial espera poder contar com os serviços da SpaceX e da Blue Origin, companhias de viagens interestelares dos CEOs da Tesla e da Amazon, respectivamente.

Asgardia foi fundada em 2016 (ou "ano zero", segundo o calendário do reino) pelo cientista, político e bilionário russo Igor Ashurbeyli, e é atualmente liderada pelo britânico Lembit Opik - que, ironicamente, não pretende viver no espaço com seus companheiros "asgardianos".

"Os candidatos óbvios são a SpaceX e a Blue Origin", disse Opik em entrevista ao "Business Insider". "Elas são as melhores em termos de lançamentos espaciais. Seus foguetes serão os táxis que vão nos levar onde queremos ir".

Mais de um milhão de adeptos

Asgardia está registrada em Viena, Áustria, como uma organização sem fins lucrativos. Mas Opik vê oportunidades comerciais. Já existe uma loja on-line que vende canecas, insígnias e camisetas, mas Opik diz que ainda há muito mais por vir dessa "economia capitalista completamente funcional".

A nação espacial conta com um corpo de 150 representantes ao redor do mundo, eleitos pela comunidade no ano passado. A primeira-ministra chama-se Ana Diaz, uma advogada venezuelana, e o chefe de justiça é Zhao Yun, um advogado de Hong Kong. Opik foi eleito chefe do parlamento.

O fundador Igor Ashurbeyli já investiu cerca de US$ 12 milhões no projeto até hoje, enquanto outros R$ 2 milhões foram pagos pelos próprios membros.

Segundo Opik, mais de um milhão de pessoas já aderiu à nova nação gratuitamente, enquanto outras 300 mil são membros pagantes, responsáveis por uma taxa de residência anual de 100 euros cada.

O líder do parlamento asgardiano diz que não planeja se tornar um residente permanente, mas sim visitar Asgardia periodicamente.

É proibido fundar nações no espaço

Em 2017, o Reino de Asgardia enviou seu primeiro satélite para a órbita terrestre, tornando-se, em suas próprias palavras, "a primeira nação a ter todo o seu território no espaço".

O pequeno satélite, Asgardia-1, no entanto, tem apenas o tamanho de um pedaço de pão. Ele carrega um drive de 512GB com "a constituição da nação, seus símbolos nacionais e os dados selecionados da cidadania asgardiana".

Segundo o "Business Insider", no entanto, embora possa ser reconhecida como um Estado pelas Nações Unidas, Asgardia não seria considerada uma nação soberana tão cedo.

Segundo os tratados da ONU que dizem respeito às atividades humanas no espaço, a "apropriação nacional" de qualquer coisa no espaço sideral é proibida.

Procurada, a Blue Origin, de Jeff Bezos, se recusou a comentar. Elon Musk não respondeu ao pedido de comentário.

Com informações do "Business Insider"

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

MUDANÇAS À VISTA?

Concessionária de Viracopos ‘sinaliza’ com processo de devolução, diz ministro

No fim de novembro, a Aeroportos Brasil, administradora de Viracopos, protocolou na Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) as considerações finais do processo de caducidade (extinção) do terminal de Campinas

Leilões

Governo projeta até 44 leilões para 2020, incluindo a rodovia presidente Dutra

Em 2019, segundo o ministro, o governo realizou 27 licitações. Foram 13 terminais portuários, um trecho da Ferrovia Norte-Sul, as rodovias BR-364 e 365 e 12 aeroportos

O Ibovespa e o eu do futuro

A Helena, minha filha de nove anos, e os amigos da escola decidiram escrever uma carta para o “eu do futuro” como trabalho de final de ano – hoje é o último dia de aula. Eu nunca tive esse tipo de atividade quando criança, mas já pensei várias vezes em como seria fazer algo do […]

Pelos poderes de Grayskull

Com corte na Selic e alívio na guerra comercial, o Ibovespa teve a força nessa semana

Sinalizações amigáveis do BC em relação à taxa de juros, visão positiva da agência de risco S&P quanto ao Brasil e acordo comercial entre EUA e China: eis os superpoderes do Ibovespa nesta semana

ENERGIA

Eletrobras e Ande fecham acordo sobre divisão de energia de Itaipu

Ainda de acordo com a nota, agora será possível a formalização dos contratos entre a entidade binacional e as empresas compradoras

OUÇA O QUE BOMBOU NA SEMANA

Podcast Touros e Ursos: Mais um corte na Selic. Será o último?

Os repórteres do Seu Dinheiro comentam o novo corte de 0,5 ponto na Selic e discutem os próximos passos do BC em relação à taxa de juros

Ação sobe forte

Investidor vê descoberta de fraude contábil na Via Varejo como parte da “faxina” da nova gestão

Apesar do prejuízo que pode chegar a R$ 1,4 bilhão no balanço do quarto trimestre, as ações da companhia (VVAR3) registram forte alta hoje na bolsa

Última forma

Agora que o governo voltou atrás, saque aniversário do FGTS ficou mais vantajoso

Há mais ou menos um mês eu publiquei aqui no Seu Dinheiro uma matéria sobre em quais situações o saque aniversário do FGTS valeria a pena. Trata-se de uma nova modalidade de saque do fundo de garantia em que o trabalhador pode escolher receber uma parte dos seus recursos depositados no fundo uma vez por […]

IPO À VISTA

Bahia pretende abrir capital da Embasa em 2020 e arrecadar de R$ 4 bi a R$ 5 bi

Segundo ele, o tema já está sendo discutido com bancos nacionais e internacionais, como Banco do Brasil, Caixa e Santander

enfim uma trégua

China e EUA fecham ‘fase 1’ de acordo comercial

País presidido por Trump deve retirar tarifas sobre produtos chineses em fases; novas tarifas previstas para entrar em vigor no dia 15 não mais serão levadas adiante

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements