Menu
2019-03-29T14:28:24+00:00
novidades no edital

ANP lança consulta pública para licitação de parte do Gasbol

Licitação permitirá tanto a contratação por empresas que queiram utilizar o gás natural como as que queiram apenas transportar o gás natural para terceiros

1 de março de 2019
14:05 - atualizado às 14:28
Gasoduto
Imagem: shutterstock

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) aprovou na quinta-feira, 28, a realização de uma Consulta Pública para a elaboração do edital de licitação da capacidade do Gasoduto Bolívia-Brasil (Gasbol) que estará disponível a partir do final deste ano, de 18,08 milhões de metros cúbicos por dia, do total da capacidade de 30 milhões de metros cúbicos do gasoduto.

A novidade, informou na quinta o diretor da ANP Cesário Cecchi, em reunião de diretoria transmitida pela Internet, é que a licitação permitirá tanto a contratação por empresas que queiram utilizar o gás natural como as que queiram apenas transportar o gás natural para terceiros.

"Todas as empresas poderão se candidatar, desde que qualificadas como carregadora para trazer gás ou injetar. Tem dois significados: pode comprar e pode colocar gás no sistema de transporte", explicou Cecchi durante a reunião. Ele disse considerar a licitação "um marco na indústria de gás brasileiro".

A tarifa de transporte será dividida em duas parcelas: 30% "postalizada" (divide o custo igualmente por todos os agentes) e 70% "locacional" (definida pela distância que o gás vai percorrer).

A Lei do Gás foi publicada em 2009 e ratificada em 2010, estabelecendo novas regras do transporte de gás natural no País. As regras foram complementadas em 2018 com a autorização para a ANP aprovar as tarifas de transporte, que serão propostas pelo transportador. Na época, foi definido o regime de contratação de capacidade por meio do modelo de entrada e saída, o que é considerado um estímulo à competitividade no segmento.

O Gasbol possui três contratos. O primeiro, TCQ Brasil, firmado em 25 de fevereiro de 1999 entre a Transportadora Brasileira Gasoduto Bolívia-Brasil S.A. (TBG) e a Petrobras, vence em 31/12/2019; o segundo, com capacidade 6 milhões de metros cúbicos diários vence em 31/12/2021; e o terceiro, de 6 milhões de metros cúbicos, termina em 4/09/2041.

A Petrobras já informou que não pretende renovar o contrato integralmente e pode ficar com metade do atual volume contratado. Antecipando o fim do contrato da estatal, a Shell assinou em dezembro do ano passado com a boliviana YPFB acordo para um futuro contrato de importação de gás natural para o Brasil, no total de 4 milhões de metros cúbicos diários.

"A planilha da tarifa vai ser disponibilizada no site a partir de 1º de março. O mercado vai sugerir qual vai ser o modelo adequado, isso já estabelece a entrada e a saída e vantagens regionais desse grande Brasil", disse Cecchi, que abriu em seguida para o tema para votação da diretoria colegiada da ANP e foi aprovado por unanimidade.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

DE OLHO NO GRÁFICO

Ouro e bitcoin estão subindo enquanto o Dow Jones sofre tendência de queda

Coluna do Fausto Botelho traz vídeos sobre análise gráfica e dicas de investimentos. Os temas são mercado de ações e criptomoedas

Pensando no futuro?

Bolsonaro fala pela primeira vez em disputar a reeleição em 2022

Diante de moradores de Eldorado, no interior de São Paulo, o presidente apontou para a possibilidade de disputar novamente as urnas

Logo na largada

Fed sinaliza que regulará criptomoeda do Facebook

Presidente do BC norte-americano, Jerome Powell, confirmou que a rede social conversou com o Fed sobre regulação

Seu Dinheiro na sua manhã

Trilha sonora de fim de festa

Ali pelo fim dos anos 1990 ficou relativamente popular na região da Baixada Santista uma espécie de “trilha sonora de fim de festa”. Quando o anfitrião desejava jogar um balde de gelo na animação da galera, pressionado pelos vizinhos em fúria, bastava pôr para tocar Daysleeper, do REM. A música faz parte do disco Up, de 1998. […]

Entrevista

BC erra ao atrelar queda de juros à reforma, diz Figueiredo, da Mauá Capital

Ex-diretor do Banco Central prevê duas quedas na Selic de 0,5 ponto porcentual cada uma até o fim do ano e diz que política monetária deve apenas focar na expectativa de inflação

Tensão diplomática

Cotações do petróleo sobem depois de derrubada de drone americano pelo Irã

Forças iranianas informaram que o drone foi derrubado porque estava invadindo o espaço aéreo do país, mas autoridades dos EUA negam

Ações

Bolsas da Ásia fecham em alta com Fed e otimismo com comércio EUA-China

Sinalização de queda dos juros e possibilidade de uma nova rodada de negociações entre Estados Unidos e China ajudaram mercados asiáticos

Política monetária

Corte de juros é uma possibilidade, diz vice-presidente do BC europeu

Luis de Guindos disse que o BCE está preparado para agir se o cenário de deterioração na perspectiva econômica se mantiver

Julgamento no TRF4

Ex-presidente da Petrobras e do BB tem pena reduzida na Lava Jato

Aldemir Bendine, que comandou o Banco do Brasil e a Petrobras, teria recebido propina de R$ 3 milhões da Odebrecht para favorecer o grupo

Crypto News

A prima do Bitcoin: nem Facebook Coin, nem FaceCoin, me chamo Libra

Um breve texto sobre os motivos porque estou bem otimista com a ideia de criação da Libra, mas não quanto ao seu sucesso

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements