Menu
2019-10-14T14:10:52+00:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Pensando longe

A mais nova (e brilhante) estratégia da Amazon para reduzir custos com logística

Clientes agora podem utilizar uma nova facilidade na hora de fazer devoluções de produtos comprados pela internet

9 de setembro de 2019
16:00 - atualizado às 14:10
Placa de loja da Amazon
Imagem: Shutterstock

A gigante de comércio eletrônico Amazon deu uma nova tacada no jogo da concorrência e os efeitos disso prometem ser muito positivos em termos de custos.

Algumas lojas físicas Amazon Go espalhadas pelo mundo passaram a aceitar devoluções de compras feitas pela internet.

No novo procedimento, para fazer qualquer retorno o cliente seleciona o produto que desejam devolver no aplicativo Amazon e vai até uma loja Amazon Go para entregá-lo. Em seguida, ele recebe um código QR no aplicativo ou por email, um funcionário da loja digitaliza o código e o retorno é processado. É gratuito e não requer nenhuma embalagem ou caixa.

A ideia pode parecer apenas uma simples facilidade, mas esconde milhares de dólares economizados com logística. Um dos maiores custos da Amazon é justamente retornar à casa dos clientes e retirar um produto adquirido e indesejado. Tudo isso sem qualquer receita adicional.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

Para você ter uma ideia, os gastos com logística da empresa de Jeff Bezos em todo o mundo aumentaram quinze vezes de 2009 a 2018, enquanto as vendas líquidas aumentaram sete vezes no mesmo período.

Em geral os retornos, quando são efetuados em lojas físicas, custam a metade do valor quando comparados a devoluções feitas pelo correio. Com isso, a nova estratégia de devolução da Amazon tem tudo para reduzir os custos em meio à demanda já consolidada por devoluções gratuitas - algo que atinge entre 10% a 30% dos produtos vendidos online.

A Business Insider fez uma busca pelas redes sociais e verificou que clientes que já tiveram a experiência de devolver produtos em lojas Amazon Go em geral disseram que a conveniência de mostrar um código QR para fazer um retorno foi uma vitória. Esse também é um sinal captado por uma pesquisa da agência UPS, que mostrou que quase 60% dos norte-americanos preferem devolver as compras a uma loja física em vez de enviar seus produtos.

*Com informações da Business Insider.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

Novidades

Fusão entre Boeing e Embraer consegue aprovação em grande mercado

O acordo entre ambas aparece na lista de transações que data de 19 de novembro. No documento, as transações são colocadas como “aprovadas sem condicionantes”

Seu Dinheiro na sua noite

126…144…197 mil pontos para o Ibovespa

Eu vou, sem saber pra onde nem quando vou parar. O clássico de Roberto Carlos “120… 150… 200 Km Por Hora” podia muito bem embalar a leitura desta newsletter. Assim como o velocímetro do carro na canção do Rei (uma das minhas favoritas), as projeções dos analistas para a bolsa no ano que vem apontam para cima. […]

Quanto vale o show?

Plataforma de investimentos do BTG Pactual pode valer até R$ 10 bilhões, calcula UBS

Banco suíço iniciou a cobertura das ações do BTG Pactual, que já triplicaram de valor neste ano, com recomendação de compra e preço-alvo de R$ 82,00

Emprego

Mercado de trabalho cria 70.852 empregos com carteira assinada em outubro

Esse foi o melhor resultado para o mês desde 2017, quando foram criadas 76.599 vagas no décimo mês do ano. Em outubro do ano passado, houve abertura líquida de 57.733 vagas, na série sem ajustes

De olho nos papéis

BTG reitera compra de Klabin e Suzano e aumenta preço-alvo das ações

Em relatório, analistas do banco expandiram o preço-alvo dos papéis da Suzano para R$ 44 (o valor anterior era de R$ 40), e da Klabin para R$ 20, ante R$ 18

Otimismo

Para o Credit Suisse, 2020 é o ano dos emergentes — e o Brasil tende a ser um dos destaques

A equipe de análise do Credit Suisse aposta nos mercados emergentes para 2020. E, nesse grupo, as ações e ativos do Brasil aparecem entre as principais recomendações

Perspectivas 2020

Para Goldman Sachs cenário é desafiador para o Brasil, mas mais esperançoso

Preocupação não é com a direção da política econômica, mas sim com a capacidade de implementar agenda de reformas fiscais

Mercado de capitais

Ações da Cogna sobem com notícia de IPO de unidade nos EUA

A Cogna espera uma avaliação de até R$ 8 bilhões pela Vasta, plataforma de serviços digitais para escolas privadas, na oferta pública inicial de ações, que deve acontecer em 2020, de acordo o site Brazil Journal

um olho aqui e nos vizinhos

Política impede avanço de reformas na América Latina, mas Brasil é notável exceção, diz Moody’s

Para 2020, a visão dos analistas é de que o ambiente para a região e os emergentes como um todo é negativo, por conta do aumento de riscos políticos e geopolíticos

na ponta do lápis

BNDES perdeu tempo na venda de fatia da JBS, diz presidente do conselho de administração do banco

Em evento no Rio de Janeiro, Carlos Thadeu de Freitas estimou o impacto financeiro dessa demora em R$ 1 bilhão a R$ 2 bilhões

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements