Menu
2019-05-13T12:16:35+00:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Traz o extintor!

Aliados de Bolsonaro tentam apaziguar a guerra entre Rodrigo Maia e o governo

Mourão, Flávio Bolsonaro e Joice Hasselmann fizeram afagos ao presidente da Câmara depois que ele ameaçou sair da articulação pela Previdência

22 de março de 2019
17:14 - atualizado às 12:16
Rodrigo Maia
Presidente da Câmara do Deputados, Rodrigo Maia - Imagem: Sérgio Dutti/Estadão Conteúdo

Após um novo mal-estar entre o Palácio do Planalto e o Congresso Nacional, dessa vez encabeçado por Rodrigo Maia, aliados do presidente Jair Bolsonaro trouxeram o extintor de incêndio para tentar apagar o fogo que ameaça tomar grandes proporções.

O presidente em exercício, Hamilton Mourão, falou que compete ao governo lançar "pontes" e conversar com o presidente da Câmara.

O comentário foi feito em entrevista à Rádio Gaúcha, após Mourão ter sido confrontado com a informação de que Maia teria ficado irritado com publicação feita por um dos filhos do presidente da República, vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ). Mourão ressaltou que "rede social não tem a ver com a opinião do Executivo".

"Eu vi a respeito disso (publicação de Carlos) agora cedo, mas não vi o teor completo da mensagem. Mas, se por acaso o presidente Rodrigo ficou incomodado com isso, compete a nós do governo lançarmos as pontes e conversarmos com ele. Lembrar que rede social não tem nada a ver com a opinião que todos nós, do Executivo, temos sobre ele como presidente de uma das casas do Legislativo. Eu considero, particularmente, um apoiador incondicional das principais ideias que nós temos, e conto, assim como todos nós do governo, com o apoio dele", disse o presidente em exercício.

Na quinta-feira, Carlos publicou em sua conta no Instagram que Rodrigo Maia andava "nervoso", em virtude da declaração de Maia de que o ministro da Justiça, Sergio Moro, "conhece pouco de política" e que não é mais que um "funcionário do presidente Bolsonaro". Nesta sexta, Maia disse ao site BR18 que cabe ao governo conseguir os votos necessários para a aprovação da reforma da Previdência e que ele possui um papel "institucional".

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

Ao ser questionado se as falas dos filhos do presidente em redes sociais dificulta a vida do governo, Mourão afirmou que é uma "adaptação". "Eu não dou bola para rede social. Porque se for dar bola para rede social a gente não faz outra coisa. Temos de ter foco e nos concentrar em nosso trabalho. Buscar ter a resiliência necessária para implementar as reformas que o país precisa e olhar menos para essa questão de rede social."

Sobre a atuação do governo em redes sociais, Mourão disse que entre os membros do "primeiro escalão" todos buscam manter uma posição "bem equilibrada" a respeito da reforma da Previdência. "Junto com o ministro Paulo Guedes, eu e ele, temos mantido esse foco (reforma da Previdência) em todos os lugares em que estamos falando sobre isso. Consideramos que é preciso ter a perseverança necessária e a paciência para levar esse assunto e convencer o conjunto, não só da população, como do parlamento, da necessidade dessa reforma. Agora é óbvio que, de vez em quando, ocorrem esses ruídos que causam algum estranhamento."

Flávio Bolsonaro: "fundamental"

O senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) também fez declarações favoráveis a Maia e escreveu em seu Twitter que o presidente da Câmara "é fundamental na articulação para aprovar a Nova Previdência e projetos de combate ao crime". Segundo o senador, que é filho do presidente Jair Bolsonaro, Maia "está engajado em fazer o Brasil dar certo!".

Joice: "sem ele, a coisa não vai"

A deputada e líder do governo no Congresso Nacional, Joice Hasselmann (PSL-SP), se somou a Flávio Bolsonaro e Mourão nos elogios ao presidente da Câmara. Joice tratou de defender o político de "um movimento nas redes para colar em Rodrigo Maia a pecha de que ele é contra a Nova Previdência", o que, segundo a deputada, é uma campanha mentirosa.

De acordo com a deputada, Maia é um dos que "mais tem trabalhado" pela aprovação "logo" do "principal plano do governo", a reforma da Previdência. "Na prática, sem Maia, a coisa não vai e o Brasil empaca. Simples assim", escreveu a líder do governo.

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

subiu o tom

Maior acionista da Oi pede troca de presidente

Gestora de investimentos GoldenTree Asset Management manifestou preocupação com as finanças da operadora e pediu saída de Eurico Teles

crise no posto ipiranga

Lava Jato ignorou repasse de Guedes em denúncia contra empresa de fachada, diz jornal

Segundo a Folha de S. Paulo, força-tarefa detectou pagamento de R$ 561 mil, mas só acusou outras firmas

sem dinheiro

Receita pode parar sistema de CPF e restituição

Arrecadação de tributos, emissões de certidões negativas, controle aduaneiro e operações de comércio exterior também serão afetados, assim como o envio de cartas de cobrança aos devedores do fisco

de mudança

Governo confirma que Coaf vai para o BC via Medida Provisória

Segundo porta-voz, Coaf será uma “unidade de inteligência financeira” que não perderá o caráter colaborativo com outros órgãos e manterá o perfil de combate à corrupção.

olho na vale

CVM abre inquérito contra executivos da Vale por tragédia de Brumadinho

Investigação é sobre deveres dos executivos em relação a acionistas e investidores; rompimento da barragem matou 248 pessoas

A Bula do Mercado

Mercados em compasso de espera

Expectativa por eventos envolvendo bancos centrais no Brasil e no exterior tende a redobrar postura defensiva dos investidores

Análise

Pode ir se acostumando com dólar mais caro

Fortalecimento do dólar é fenômeno global amplificado por questões locais e crise na Argentina. Disney vai demandar maior planejamento

Apoio declarado

Em podcast, Maia diz que decisão do governo de transferir Coaf para BC é boa

Presidente da Câmara afirmou também que a Casa irá discutir a proposta de autonomia do Banco Central

Seu Dinheiro na sua noite

Belo, recatado e dólar

Foi Edmar Bacha, um dos criadores do Plano Real, quem ensinou a jamais fazer previsões sobre o dólar. É dele a conhecida frase de que a taxa de câmbio foi criada por Deus apenas para humilhar os economistas. Hoje foi um típico dia de humilhação para quem acompanha o mercado financeiro. Mesmo com o noticiário […]

Google e Facebook na mira

Procuradores dos EUA preparam investigação antitruste de gigantes de tecnologia

Investigações devem se concentrar no uso de algumas plataformas de tecnologia dominantes para ofuscar a concorrência

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements