Menu
Futuro do Senado

Alcolumbre diz não conhecer Paulo Guedes, mas afirma que está de portas abertas

“Não tenho dúvida que a prioridade será votarmos a reforma da Previdência”, afirmou

3 de fevereiro de 2019
9:32 - atualizado às 13:23
Plenário do Senado
Senado - Imagem: Shutterstock

Eleito presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AL) disse que, apesar de não conhecer o ministro da Economia, Paulo Guedes, está com as portas abertas para "tocar com celeridade as proposições do governo", disse. Alcolumbre diz que considera a reforma da Previdência algo fundamental ao País. "Não tenho dúvida que a prioridade será votarmos a reforma da Previdência", afirmou.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

O novo presidente disse que o Senado é a Casa do entendimento, do diálogo. "O governo vai enviar sua pauta e vão ser feitas avaliações pelas comissões pertinentes", afirmou. "Os brasileiros apresentaram para o Brasil um novo Congresso", disse.

Em relação ao imbróglio que levou os senadores a anularem a primeira votação deste sábado, o novo presidente da Casa afirmou que irá determinar apuração para saber se houve ou não intenção de fazer uma fraude. "Por enquanto, há uma suspeita e vamos apurar esse assunto", disse. "Parece que tem uma filmagem, precisamos apurar, avaliar", disse.

Ele admitiu que a votação foi tumultuada, mas considerou que o Senado "saiu muito grande desse processo por cumprir a decisão judicial", disse. Na madrugada, o Supremo Tribunal Federal (STF) determinou que a votação fosse secreta e não aberta como a maioria dos senadores tinha votado anteriormente. No entanto, apesar do rito ter se mantido secreto, boa parte dos senadores revelaram o voto durante o pleito, inclusive mostrando as cédulas para as câmeras.

Ele confirmou que foi agendada uma reunião para terça-feira, dia 5, para discutir a proporcionalidade da Casa com os líderes partidários, o que deve determinar a distribuição de cargos na Mesa Diretora e comissões.

Em relação à senadora Katia Abreu (PDT-TO), que protagonizou uma cena curiosa com Alcolumbre na sessão de sexta-feira, dia 1º, ele afirmou que a parlamentar é uma amiga e que estará à disposição dela. A senadora pegou uma pasta da mesa diretora enquanto Alcolumbre presidia a sessão e, quando ele pediu que ela devolvesse, a senadora retrucou "vem tomar". Neste sábado, a ex-ministra da Agricultura o presenteou com um buquê de flores. "Estamos vivendo outro momento, isso é uma página virada", disse.

Sobre o principal adversário nesta eleição, Renan Calheiros (MDB-AL), Alcolumbre afirmou que vai telefonar para o senador e que a experiência dele "vai ser muito importante". "Assim como vou ligar para todos os senadores, a bandeira vai ser o diálogo", disse. "O Senado não pode parar, os senadores vão ter que fazer dessa casa o que o Brasil esperar."

Por fim, ele disse ainda que entrou na eleição para ganhar e que vai tentar pacificar insistentemente a Casa para que o diálogo seja o pano de fundo da sua administração. "O presidente do Senado Federal não tem partido, é o presidente de uma instituição".

Bandeira

Sobre o secretário-geral da Mesa do Senado, Luiz Fernando Bandeira de Mello, Alcolumbre disse que ele é um servidor que tem ajudado muito o Senado. "Quero tomar decisões com os líderes", disse.

O presidente em exercício do Senado, José Maranhão (MDB-PB) reconduziu Bandeira para o cargo de secretário-geral da Mesa do Senado. Ele havia sido destituído do cargo depois de editar um ato que determinava que o próprio Maranhão conduziria os trabalhos.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Poder

Congresso impõe agenda própria a Bolsonaro

Já são seis as iniciativas traçadas pelo Congresso para garantir maior influência e poder político após o abandono do presidencialismo de coalizão

Aviação

Segundo NYT, outro jato da Boeing pode ter problemas de segurança: o 787 Dreamliner

Segundo reportagem do New York Times, na fábrica do 787 na Carolina do Sul são comuns os casos de resíduos metálicos e ferramentas esquecidos dentro de aeronaves, além de peças defeituosas instaladas; até chiclete segurando o acabamento de uma porta já foi encontrado

O LEMA DE SÃO TOMÉ

Por que os gringos estão com o pé atrás em relação ao Brasil e à bolsa?

Apesar de o Ibovespa acumular alta em 2019, o fluxo de recursos estrangeiros para a bolsa no mercado à vista está negativo. Com a reforma da Previdência avançando aos trancos e barrancos, os gringos estão como São Tomé: só acreditam vendo

Transparência

Guedes defende mesma transparência do Copom para política de preços da Petrobras

Em entrevista, ministro voltou a defender que a estatal é livre para definir os preços

Petróleo

ANP nega mais prazo à Petrobras; campos terrestres irão para oferta permanente

Agência reguladora negou mais prazo para a estatal apresentar um plano de desativação de campos terrestres que não estão em produção há mais de seis meses

BOMBOU NA SEMANA

MAIS LIDAS: Siga o dinheiro

A vida dos milionários costuma fascinar as pessoas que ainda não chegaram e talvez nunca cheguem lá. Esse é o tipo de tema que costuma despertar as paixões humanas: admiração, inveja, raiva ou simplesmente a questão aspiracional. Quem não nasceu em uma família endinheirada certamente já pensou em como seria a sua vida se fosse […]

Atualização

Avianca cancela mais de 1.300 voos até dia 28

Guarulhos, Brasília e Galeão são os aeroportos mais prejudicados pelos cancelamentos. Já Congonhas e Santos Dumont parecem ter sido poupados

Piora nas contas

Déficit estrutural do setor público chega a 0,7% do PIB em 2018

Devido à deterioração das contas dos Estados e municípios, movimento de melhora das contas públicas pelo resultado oficial não aconteceu no estrutural, que apresentou piora no ano passado

Preço do diesel

Em áudio, Onyx diz que governo deu uma ‘trava na Petrobras’

Ministro da Casa Civil diz que os caminhoneiros podem ficar sossegados que o governo tem trabalhado para resolver o problema deles

Na mira de quem tem grana

Para que cidades os milionários estão se mudando?

Estudo mostra que Dubai, Los Angeles, Melbourne, Nova York, Sydney, Miami e São Francisco caíram nas graças dos endinheirados

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu