Menu
2019-04-05T10:19:57+00:00
Julia Wiltgen
Julia Wiltgen
Jornalista formada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) com pós-graduação em Finanças Corporativas e Investment Banking pela Fundação Instituto de Administração (FIA). Trabalhou com produção de reportagem na TV Globo e foi editora de finanças pessoais de Exame.com, na Editora Abril.
Bolsa

As ações que devem pagar bons dividendos em 2019

Como já é tradição, consultoria Economatica divulga ranking das ações com mais potencial de pagar bons proventos neste ano, com base em alguns critérios quantitativos

2 de janeiro de 2019
17:58 - atualizado às 10:19
energia
Setor de energia elétrica é o mais representado no ranking; antes de investir, faça uma análise qualitativa das empresas. - Imagem: Shutterstock

A consultoria Economatica divulgou nesta quarta (2) a lista das ações com mais potencial de pagar bons dividendos e/ou Juros sobre Capital Próprio (JCP) em 2019, com base em alguns critérios quantitativos. No topo do ranking, estão as ações da ISA CTEEP (Transmissão Paulista - TRPL4), da QGEP (Queiroz Galvão Exploração e Produção - QGEP3) e as units da Taesa (TAEE11).

Para levantar a lista, composta por 23 papéis, a Economatica utilizou os seguintes critérios:

  • Volume financeiro médio diário em 2018 superior a R$ 5 milhões;
  • Lucro em todos os trimestres de 2017 e nos três primeiros trimestres de 2018 (os resultados do quarto trimestre ainda não saíram);
  • Lucro nos três primeiros trimestres de 2018 igual ou superior a 75% do lucro acumulado em 2017;
  • Ter distribuído dividendos e/ou JCP no ano de 2018.

O levantamento considerou ainda que a política de distribuição de proventos da empresa em 2019 será equivalente ou superior à do ano de 2018.

Para o cálculo do dividend yield projetado para o final do ano de 2019, a Economatica considerou o preço da ação no último dia de 2018 e o mesmo volume de dividendos e Juros sobre Capital Próprio distribuídos pela ação no ano de 2018.

O dividend yield é o percentual que representa a rentabilidade dos dividendos em relação ao preço da ação.

Para montar o ranking, foram escolhidas as ações que podem pagar um dividend yield superior a 6% no ano de 2019, com base nas estimativas da consultoria.

ATENÇÃO: A Economatica adverte que o levantamento considera metodologia 100% quantitativa e recomenda análise mais detalhada das empresas antes de investir.

Assim, o levantamento deve ser considerado apenas como um ponto de partida, mas o ideal é fazer uma análise qualitativa das empresas antes de comprar suas ações.

Confira o ranking das ações que devem pagar bons dividendos em 2019

Os segmentos da B3 com maior representatividade na lista são o de bancos, com cinco ações, e o de energia elétrica, com quatro ações - três delas entre as cinco primeiras colocações.

A ISA CTEEP (TRPL4), cuja ação lidera o ranking, teve lucro de R$ 1,36 bilhão em 2017, e de R$ 1,17 bilhão nos nove primeiros meses de 2018, o equivalente a 86% do lucro de 2017.

No ano passado, a companhia deu um retorno de 18,78% em dividendos e Juros sobre Capital Próprio para seus acionistas.

Caso a empresa tenha lucro em 2018 igual ou superior ao de 2017 e mantiver sua política de distribuição de dividendos neste ano, o dividend yield projetado para 2019 é de 18,17%.

A Economatica acertou as projeções do ano passado?

A Economatica divulga o ranking das ações com mais potencial de pagar bons dividendos e Juros sobre Capital Próprio todos os anos. E como se saíram, no ano passado, as ações do ranking de 2018?

Na lista anterior, a consultoria havia selecionado 16 ações que atendiam aos seus critérios na época: volume médio diário superior a R$ 500 mil e dividend yield projetado superior a 5%.

Ao final de 2018, somente quatro desses papéis tiveram um retorno de dividendos e JCP inferior aos 5% projetados. Outras quatro ações tiveram desvalorização, apesar de terem pago proventos acima da linha de corte de 5%.

A ação que deu o maior retorno com seus proventos entre as 16 selecionadas pela Economatica foi a do BB Seguridade (BBSE3), com 11,22% de dividend yield.

No ranking da consultoria, a ação que havia sido apontada como a mais promissora foi a da Eztec (EZTC3), que, no entanto, registrou o menor retorno ao acionista da lista, com dividend yield de 2,06%.

Na tabela a seguir você confere as projeções da Economatica para essas 16 ações no início de 2018 e seu desempenho real no final do ano. As ações que tiveram desvalorização ou dividend yield inferior ao projetado tiveram seus desempenhos sublinhados.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

fala ministra

Na FAO, Tereza Cristina defende fim do protecionismo de países desenvolvidos

A ministra destacou que o protecionismo em países desenvolvidos ameaça o aumento da produção de alimentos nas nações em desenvolvimento, que ficam competindo com produtos subsidiados.

Você lembra do Windows Phone?

Bill Gates admite erro que poderia ter mudado a história dos smartphones

Em 2008, em uma reunião de emergência, a Microsoft decidiu remodelar os planos do seu sistema operacional para se adequar. E embora Gates tenha deixado o cargo de CEO em 2000, é provável que o seu conselho tenha sido levando em consideração

sem consenso

Líder do governo elogia projeto de agências reguladoras criticado por Bolsonaro

Para o senador Fernando Bezerra Coelho, o texto, já aprovado pela Câmara, aperfeiçoou o processo de escolha para o comando das agências

resenha com rodrigo

Maia lança podcast e diz que relatório deve ser votado até dia 27

Publicação será semanal e a previsão é de que seja publicado às segundas-feiras nas redes sociais do deputado

por mais impostos

George Soros e outros bilionários assinam carta pedindo imposto sobre grandes fortunas

Os herdeiros Regan Pritzker e Abigail Disney, além do cofundador do Facebook, Chris Hughes, e outras 15 pessoas assinam o documento pedindo o compromisso dos candidatos a Presidência dos EUA

de olho na reforma tributária

‘Claro que a proposta de reforma não é anti-Guedes’

Baleia Rossi, líder do MDB na Câmara, acredita que é um cenário positivo para a aprovação da mudança do sistema tributário brasileiro

foco na agenda econômica

Congresso quer protagonismo e promete votar a reforma tributária ainda este ano

PEC proposta acaba com três tributos federais – IPI, PIS e Cofins. Extingue o ICMS, que é estadual, e o ISS, municipal. Todos eles incidem sobre o consumo

Valor menor que as estimativas

Investimento direto no país soma US$ 7,070 bi em maio, diz BC

No acumulado do ano até maio, o ingresso de investimentos estrangeiros destinados ao setor produtivo somou US$ 35,137 bilhões

Títulos públicos

Veja os preços e as taxas do Tesouro Direto nesta segunda-feira

Confira os preços e taxas de todos os títulos públicos disponíveis para compra e resgate

fala bc

Setor externo tem superávit de US$ 662 milhões em maio, revela BC

Estimativa para a dívida externa brasileira em maio é de US$ 322,476 bilhões, segundo a instituição; ano de 2018 terminou com uma dívida de US$ 320,612 bilhões

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements