Menu
Vinícius Pinheiro
O melhor do Seu Dinheiro
Vinícius Pinheiro
2019-11-06T20:15:40+00:00
Seu Dinheiro na sua noite

A vida da Petrobras depois do pré-sal

6 de novembro de 2019
20:15
O Melhor do Seu Dinheiro; investimentos
Imagem: Andrei Morais/Seu Dinheiro

O mercado gosta de risco, mas não gosta de incerteza. Quem me disse essa frase foi um experiente operador da bolsa logo que eu comecei a cobrir o sobe e desce das ações.

O jovem repórter (bons tempos…) custou um pouco a entender a diferença. Ambos os conceitos estão intrinsecamente ligados: quanto menor a incerteza, maior a propensão dos investidores a tomar riscos.

As ações da Petrobras demonstraram ao vivo no pregão de hoje da B3 como funciona essa calibragem entre risco e incerteza na bolsa.

A estatal era a favorita para arrematar as áreas do pré-sal no megaleilão de hoje. Inclusive porque já opera no local e havia indicado a intenção de participar dos campos de Búzios e Itapu com uma participação mínima de 30% no consórcio vencedor.

A incerteza aumentou subitamente, porém, quando saiu o resultado dos dois primeiros campos. Quase todas as empresas estrangeiras deram um bolo no leilão e a Petrobras não ficou com 30%, mas com 90% da área de Búzios e com 100% de Itapu.

Trocando em números, a empresa se comprometeu a assinar um cheque de R$ 63,1 bilhões para explorar as áreas.

Sem saber o que aconteceria com os outros dois blocos em disputa, os investidores correram para vender as ações da Petrobras, que chegaram a cair mais de 5% na mínima do dia.

Minutos mais tarde, porém, quando saiu a confirmação de que a companhia não fez proposta pelas demais áreas, houve uma nova recalibragem entre risco e incerteza. Resultado: as ações voltaram a ser negociadas perto da estabilidade.

Passado o susto do pregão, você deve estar se perguntando: e agora, como fica a vida da Petrobras depois do leilão do pré-sal? Quem traz a resposta é o Victor Aguiar nesta análise que vale a pena a leitura.

A falta que ele faz

O leilão da cessão onerosa representava muito mais do que a nova era do pré-sal ou até mesmo os bilhões embolsados pelo governo. Para os investidores, o processo poderia escancarar de vez as portas para os estrangeiros voltarem para a economia brasileira. Foi justamente a quebra dessa expectativa que fez o dólar disparar no pregão de hoje. A moeda americana fechou o dia cotada a R$ 4,08, em alta de 2,23%. Confira na nossa cobertura como o leilão do pré-sal mexeu com o mercado.

A falta que ele faz (2)

O leilão do pré-sal marcou mais uma frustração com a entrada do capital estrangeiro no país. Ao que tudo indica, essa história de fuga dos gringos é algo mais estrutural do que se imagina. Basta olharmos para os resultados do fluxo cambial deste ano. Mês após mês, 2019 vai confirmando a maior saída anual de dólares desde 1982. O Eduardo Campos trouxe os dados completos e faz uma análise especial sobre a situação do entra e sai de dólares no país.

Enquanto isso, em Brasília…

Foi no Senado Federal que as notícias positivas da quarta-feira se concentraram. A Comissão de Constituição e Justiça da Casa aprovou o parecer da chamada PEC paralela, que faz adendos à reforma da Previdência. Na prática, o projeto abre espaço para a inclusão dos funcionários de Estados e municípios, que foram retirados durante a tramitação na Câmara. A proposta agora vai ao plenário e pode ser votada em primeiro turno ainda hoje. Confira os detalhes de como ficou o texto.

Uma ação para comprar

A indicação é do Santander e vale para quem está em busca de diversificação da carteira. Analistas do banco apostam as suas fichas nas ações da JSL, que ostentam uma alta de mais de 200% neste ano. Na conta do otimismo jogam a favor os detalhes da reestruturação recente promovida pela empresa, o que permite aos analistas acreditarem em uma valorização ainda maior dos papéis na bolsa. Confira tudo o que o Santander tem a dizer sobre a JSL nesta matéria.

É bolsa que eu quero

O gringo pode até não vir para a bolsa, mas o gestor brasileiro está mergulhando cada vez mais fundo no mar da renda variável. Prova disso é os resultados de um estudo feito pela Economatica que mostram um volume recorde de posicionamento de fundos brasileiros em bolsa. Para você ter uma ideia, somente em 2019 foram aplicados quase R$ 90 bilhões em ações. Nesta matéria você confere todos os dados do levantamento.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Tensão nos ares

Crise na Boeing: sindicatos de companhias aéreas temem a liberação do 737 Max

Com a possibilidade de as aeronaves 737 Max da Boeing serem liberadas novamente para voar, os sindicatos das companhias aéreas mostram-se preocupados

Protestos no país

Banco Central do Chile anuncia novas medidas para conter a queda do peso

A autoridade monetária do Chile irá adotar mais ferramentas para frear a trajetória de desvalorização da moeda do país, em meio à onda de protestos sociais vistos nos últimos dias

Renda fixa

CDB com remuneração de até 124% do CDI? É a oferta do C6 Bank

O C6 Bank oferece novas opções de investimento em CDB com resgates mais longos. A rentabilidade pode chegar a 124% do CDI

Expansão no país

Carrefour Brasil investe R$ 2 bilhões e quer mais parcerias

O Carrefour Brasil mostra-se otimista em relação às perspectivas para o país em 2020. Como resultado, o grupo continuará investindo e abrindo novas unidades

Tudo que vai mexer com o seu dinheiro hoje

Inflação e terno preto nunca saem de moda

Um certo frenesi sempre tomou conta das redações do país no dia de divulgação do índice de preços. A inflação brasileira é um número a acompanhar com lupa no noticiário econômico. Em um passado não tão distante, todo o mês os economistas apontavam o vilão dos custos do consumidor. O tomate virou uma espécie de […]

Agora vai?

Declarações de autoridades dos EUA mostram otimismo nas negociações com a China

O tom mais ameno assumido por duas autoridades dos EUA em relação às conversas com a China renova a esperança dos mercados quanto ao fechamento de um acordo

Siga o mestre

Warren Buffett fez novas apostas na bolsa e vendeu parte de suas ações da Apple

Um frenesi toma conta dos mercados americanos nesta sexta-feira: o lendário Warren Buffett comprou ações de duas empresas — o que faz esses papéis dispararem hoje

Feriado? Que feriado?

Os mercados estão abertos lá fora — e as bolsas dos EUA estão nas máximas

Uma sinalização animadora das autoridades americanas quanto às negociações com a China dá força aos mercados globais nesta sexta-feira

Sem crise

Sabesp tem lucro líquido de R$ 1,209 bilhão no 3º trimestre, alta de 113,9%

A Sabesp reportou forte expansão no lucro líquido e no Ebitda no terceiro trimestre deste ano, impulsionada pelo início das operações em Santo André e Guarulhos

Más notícias

A Braskem fechou o trimestre no vermelho e viu sua receita cair 18% em um ano

Empresa cujas ações têm o pior desempenho do Ibovespa no ano, a Braskem reportou um prejuízo líquido de mais de R$ 800 milhões no terceiro trimestre

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements