Menu
Eduardo Campos
Diário dos 100 dias
Eduardo Campos conta os bastidores do início do governo
2019-04-05T10:44:17+00:00
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.
dia 80

À sombra do ex

Prisão de Michel Temer é evento político do dia, mas não deve ser novo “Joesley Day” para a Previdência

21 de março de 2019
18:01 - atualizado às 10:44

O noticiário do dia girou em torno não do presidente Jair Bolsonaro, que aliás está de aniversário, mas sim do ex-presidente Michel Temer, preso no âmbito da operação Lava-Jato. Como não poderia ser diferente, a repercussão política foi grande, ainda mais que outro preso, o ex-ministro Moreira Franco, é sogro do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Mas ainda é cedo para avaliar algum resultado prático sobre como isso pode vir a afetar a agenda do atual governo. Ainda hoje, Bolsonaro embarca para o Chile e quem assume interinamente é o seu vice, general Hamilton Mourão.

O que parece pouco provável é que os problemas de Temer com a Justiça venham a impedir a realização da reforma da Previdência, como aconteceu no fatídico dia 17 de maio de 2017, o “Joesley Day”, quando foi divulgada gravação de conversa de Temer com o empresário Joesley Batista, evento que se mostrou decisivo para o desgaste do governo e o abandono da reforma de então.

No lado das reformas de agora, os congressistas continuam digerindo e criticando o texto da previdência dos militares, que incorporou uma reestruturação de carreiras. O governo terá de reforçar a articulação para que isso não seja motivo para desidratar o texto da reforma geral.

Ainda ontem, o Congresso enviou um sinal positivo sobre a ampla pauta liberal defendida pela equipe econômica do governo. Por 329 votos foi finalmente aprovada a entrada de até 100% de capital estrangeiro em empresas áreas, algo que o governo tentava aprovar ao menos desde 2010.

É uma legislação mais liberal que o padrão internacional, pois a maioria dos mercados impõe algum limite para estrangeiros atuarem no setor. Apesar de ser um resultado positivo está de longe de sinalizar a base de votos para a reforma, mas mostra um Congresso menos refratário a temas que antes eram tabu dentro no nosso nacionalismo tupiniquim.

Leia aqui todo o Diário dos 100 Dias.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Seu Dinheiro na sua noite

Insiste em zero a zero e eu quero um a um

Você disse que não sabe se não. Mas também não tem certeza que sim. Se Djavan fosse um analista de mercado, representaria o sentimento dos investidores sobre o que vai acontecer com as taxas de juros no país. Para muita gente, não é mais uma questão de “se”, mas de “quando” a Selic vai cair. […]

Tá liberado!

Governo amplia setores autorizados a trabalhar aos domingos e feriados

A partir de hoje, 78 setores estão autorizados a funcionar nesses dias. Entre os novos segmentos está o comércio em geral

Agora vai?

Leilão de ativos da Avianca Brasil acontecerá no dia 10 de julho

Colegiado de desembargadores do Tribunal de Justiça de São Paulo liberou a decisão sobre a na manhã de ontem

Preenchendo a vaga

À espera de aprovação do nome de Montezano, BNDES nomeia presidente interino

Nome do atual diretor de finanças da instituição, José Flávio Ferreira Ramos, foi indicado para ocupar o posto provisoriamente

O rombo em forma de dados

Mansueto: dos 26 Estados mais DF, 14 gastam acima do limite de 60% com pessoal

Percentual abordado pelo secretário o Tesouro Nacional foi estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal

Olha eles aí outra vez

Deputados favoráveis à reforma da Previdência defendem volta da capitalização e de Estados

Sessão para debates sobre o relatório na comissão especial da reforma da Previdência na Câmara contou com várias defesas dos pontos retirados

negócio fechado

Embraer assina cooperação estratégica com a Elta para desenvolver P600 AEW

Com o acordo, as duas empresas criam um novo segmento de mercado, o de AEW; aeronave de última geração foi concebida para atuar em um novo segmento do mercado

acelerou! (um pouquinho)

Preço médio dos imóveis residenciais sobe 0,29% em maio em 10 capitais, diz associação

A Abecip avaliou, em nota, que as altas nos preços dos imóveis residenciais na maioria das capitais ainda não resultam em uma recomposição dos valores dos imóveis em termos reais.

temos um impasse

Virtualmente demitido, presidente dos Correios diz que só deixa o cargo com pedido formal

Bolsonaro disse na última sexta-feira que demitiria o presidente dos Correios pelo comportamento “sindicalista”; mas ele não deixou o cargo: ontem foi trabalhar normalmente e disse, em palestra, que só sai com formalização da demissão

Blog da Angela

Nativos e gringos soltam o verbo e mercados comemoram

Discurso afinado de relator sobre capitalização na Previdência anima; Draghi levanta a bola e Trump corta com categoria – para o Federal Reserve

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements