Menu
Marina Gazzoni
O melhor do Seu Dinheiro
Marina Gazzoni
2019-01-28T10:44:28+00:00
TUDO QUE VAI MEXER COM SEU DINHEIRO HOJE

A conta da tragédia

28 de janeiro de 2019
10:44
O Melhor do Seu Dinheiro
Imagem: Andrei Morais/Seu Dinheiro

Caro leitor,

É impossível começar a semana sem falar na tragédia da Vale, em Brumadinho, que dominou o noticiário por aqui e lá fora. Pelas últimas apurações, divulgadas na madrugada desta segunda-feira, o número de desaparecidos chegou a 305 e o de mortos, 58.

Se as primeiras informações apontavam que os danos ambientais não seriam tão grandes, a conversa muda quando se fala no número de mortos. Este deve ser o maior acidente trabalhista da história do Brasil, superando o desabamento de um pavilhão em construção também em Minas Gerais que matou 69 pessoas em 1971.

Essa tragédia não vai sair barato para a Vale. Por enquanto, ela tem R$ 11 bilhões bloqueados na Justiça - e essa conta muda toda hora a cada nova ação que a empresa sofre. Esses valores representam cerca de 45% do que a Vale tinha em caixa no fim do terceiro trimestre do ano passado, último dado disponível.

No curto prazo, não há muitas dúvidas do que vai acontecer com a ação da empresa. Os ADRs da Vale caíram 8% na bolsa americana na sexta-feira e o pré-market aponta para um novo tombo nesta segunda-feira. O investidor brasileiro ainda não reagiu à tragédia, já que a bolsa brasileira estava fechada na sexta-feira em função do feriado municipal em São Paulo. Mesmo quem não é acionista da Vale deve sentir o baque - o peso da ação da empresa é relevante no Ibovespa e sua queda deve puxar o índice para baixo. Consulte a Bula do Mercado para saber o que esperar da bolsa hoje.

Mas e como será o dia seguinte? Essa é a pergunta que deve ser feita e que ainda precisa de resposta. Como o mestre Ivan Sant’anna muito bem lembrou em sua coluna na Inversa Publicações, a Vale tem um tremendo passivo intangível para lidar nos próximos anos. Multas, processos judiciais e passivos trabalhistas, além de custos para ajustar a segurança de várias outras barragens da empresa espalhadas pelo mundo. A companhia anunciou nesta madrugada que vai suspender os pagamentos de dividendos. Sim, vai doer no seu bolso, acionista.

E ainda tem mais: as cenas de corpos retirados da lama e de famílias chorando (ou esbravejando contra a Vale) por seus parentes são capazes de fazer chorar até coraçõezinhos de pedra como o dessa que vos escreve. Veremos uma onda de comoção nacional que acompanha as tragédias nos próximos dias. E tudo isso ocorre em um contexto em que temos um governo novo no Brasil e no abalado Estado de Minas Gerais.

Como Jair Bolsonaro e Romeu Zema vão responder a essa tragédia? A população comovida também espera uma atitude de quem faz as leis. E, geralmente, ela aumenta ainda mais a conta.

Doe o seu lucro

Você deve ter visto comentários nas redes sociais de que quem estava vendido em Vale vai ganhar dinheiro com a tragédia de Brumadinho. O Felipe Miranda, CEO da Empiricus e colunista do Seu Dinheiro, recomendou a operação em um de seus relatórios no dia 16 de janeiro. Pois bem. Ele, em nome da Empiricus, decidiu fazer uma doação para as vítimas e recomendou que seus leitores que acataram a recomendação do Felipe façam o mesmo. Quer saber mais? O Felipe Miranda vai explicar tudo ao vivo no Seu Dinheiro às 11h30 neste link.

Não teve muro (ainda), mas a operação voltou

O governo norte-americano deve voltar a trabalhar 100% nesta segunda-feira (finalmente!) após o presidente norte-americano suspender a paralisação parcial (shutdown) do governo na última sexta-feira. Trump vem se utilizando da paralisação para pressionar os democratas a aprovar um orçamento de US$ 5,7 bilhões para construir seu muro na fronteira com o México.  Ele disse que vai conseguir esse valor de qualquer forma. Até agora, os prejuízos dessa brincadeira devem chegar a US$ 6 bilhões, atingindo diversos setores da economia dos EUA, segundo estimativas da Standard & Poor’s. Saiba mais.

Olha o balanço aí!

A temporada de balanços para encerrar de vez 2018 chegou! E, logo de cara, a gigante dos pagamentos Cielo apresentará seus números hoje. Mas a semana ainda será marcada pelo resultado de dois bancões, Santander e Bradesco. O repórter Fernando Pivetti levantou as expectativas dos analistas para as três instituições. Veja o que esperar dos balanços da semana.

Desacelerando

O mercado financeiro reduziu as estimativas de alta da inflação e do PIB para 2019. As estimativas são do boletim “Focus”, do Banco Central, divulgado hoje cedo. Os economistas acreditam em um avanço do PIB de 2,50% em 2019 ante 2,53% previstos anteriormente. Leia mais.

Um grande abraço e ótima segunda-feira!

Agenda

Índices 
- México divulga resultado de sua balança comercial em dezembro

Balanços 4º trimestre de 2018
- No Brasil: Cielo
- Lá fora: Caterpillar e Whirlpool

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

mais um que passou

Câmara aprova projeto que permite posse de arma em toda a propriedade rural

Projeto segue para Bolsonaro sancionar ou vetar; regra atual diz que posse só é permitida na sede da propriedade

Bolsa

Ação da Telebras dispara com privatização no radar, mas não deveria

Com a alta de mais de 60% ontem na bolsa, o valor de mercado da Telebras na bolsa passou para mais de R$ 1,9 bilhão, mas os resultados da estatal nem de longe justificam toda essa euforia. E os minoritários ainda correm o risco de diluição

O paraíso dos especuladores

Você prefere ser um abutre rico ou um argentino quebrado?

A Argentina jamais se soergueu ao governo peronista. Tornou-se a pátria da inflação, dos choques heterodoxos, das reformas monetárias e das moratórias – e o paraíso dos especuladores.

Mercado entre estatais e BCs

Mercado fez a festa com notícia “requentada” sobre privatização de empresas estatais, mas agora aguarda ata do BCE e discurso em Jackson Hole

Com acordo

Senado aprova MP da liberdade econômica sem previsão de trabalho aos domingos

Governo preferiu recuar e concordar com a retirada da autorização para trabalho aos domingos para garantir a votação da medida a tempo

Seu Dinheiro na sua noite

Temporada de caça às estatais

Uma das críticas mais recorrentes ao governo nesse começo de gestão Bolsonaro foi a aposta de todas as fichas na reforma da Previdência. Durante os longos meses de tramitação da proposta na Câmara, o país ficou praticamente parado. O saldo do projeto aprovado pelos deputados e que agora está no Senado revelou-se até melhor do […]

Dinheirinho na mão

Saque do FGTS terá impacto mais importante na renda de Norte e Nordeste

Saques médios a serem liberados representam 21,5% da renda habitual média da região Nordeste, e 20,1% da renda habitual média do Norte

Um pente-fino

Quais são e como atuam as empresas que o governo pretende privatizar

Equipe econômica de Bolsonaro anunciou nesta quarta-feira as empresas que serão os novos alvos do governo nas privatizações do segundo semestre

Assunto que interessa

Câmara instala comissão especial para analisar novo marco legal para saneamento

Proposta será relatada pelo deputado Geninho Zuliani (DEM-SP) e o presidente do colegiado será o deputado Evair de Melo (PP-ES)

Nada de sair do forno

Maia: governo deve enviar projeto de privatização da Eletrobras em 1 ou 2 semanas

Presidente da Câmara afirmou que trabalhará pela aprovação da privatização da estatal

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements