Menu
Patrick Cruz
Patrick Cruz
Patrick Cruz é jornalista especializado em economia. Trabalhou nas redações de Exame, Veja, GQ, Valor Econômico, Gazeta Mercantil e iG
CONTEÚDO PATROCINADO POR daycoval

A anatomia de um fundo

Fizemos um exame minucioso na Daycoval Investe para entender como funcionam seus produtos e quais são os destaques da plataforma de investimentos

23 de agosto de 2019
15:49 - atualizado às 15:50
coracao
Imagem: Shutterstock

Se você acompanha o Seu Dinheiro, sabe que uma decisão sobre investimentos não segue uma fórmula única. Afinal, a escolha sobre onde, como e por quanto tempo aplicar os recursos depende diretamente do perfil de cada indivíduo. É claro que todo investidor quer colocar seu dinheiro em um papel ou fundo que dê um retorno elevadíssimo, mas rendimentos parrudos muitas vezes vêm acompanhados por altos e baixos do preço do ativo e nem todo mundo tem estômago para encarar isso.

Feita essa primeira triagem, na qual você identifica se seu perfil é o de um investidor conservador ou arrojado, é preciso escolher em qual instituição aplicar o dinheiro. Neste texto, eu explico quais critérios precisam ser observados para que, além do risco do ativo escolhido, você não corra o risco de optar por um banco ou plataforma de investimentos de pouca solidez.

Mas, mesmo após essas duas etapas, as opções são numerosas – e tantas que muitas vezes a indecisão prevalece. Por que o banco (ou plataforma) está me oferecendo tantas alternativas? Aliás, como eles chegaram a essa lista? Como cada fundo foi selecionado até chegar à minha tela? Há alguma curadoria do banco para colocar esses fundos na prateleira?

Hoje, nós faremos um mergulho para saber que critérios foram usados para a oferta dos cerca de 90 fundos disponíveis na Daycoval Investe. Além disso, vamos mostrar quais são os produtos mais interessantes da plataforma no atual cenário econômico, para diferentes perfis. Espero que possa te ajudar a decidir se algum deles vale para você.

Um check-up completo

De largada, Marcos Lyra, gestor do Daycoval Investimentos, explica: nesse universo, quantidade não é sinônimo de qualidade. “Nós não somos um supermercado de investimentos”, diz. Lyra atua no comitê que identifica, monitora e seleciona os fundos de outras instituições oferecidos na Daycoval Investe. A equipe monitora o retorno de diferentes produtos ao longo de três a quatro meses para checar se o desempenho da aplicação é de fato consistente.

Encerrada essa etapa, mais “quantitativa”, parte-se para a “qualitativa”, na qual se avalia a equipe, remuneração, processo de investimentos entre outras. Por fim, um comitê de quatro pessoas recebe um dossiê para decidir se o fundo entrará ou não na plataforma.

“Nós já resgatamos de um fundo porque as pessoas que estavam por trás dele haviam deixado a equipe. Era uma instituição boa, mas nosso comitê havia aprovado o produto por causa da qualidade dos profissionais. Se eles saíram, tínhamos que ser coerentes”, conta Lyra.

A partir de diferentes critérios – como o perfil do emissor, o retorno, a baixa volatilidade e outros –, Lyra nos ajuda a encontrar alguns destaques entre os fundos de terceiros disponíveis na Daycoval Investe:

AZ QUEST MULTI 15 FICFIM

  • Tipo: multimercado
  • Taxa de administração: 1,5% a.a.
  • Taxa de performance: 20% sobre o que exceder 100% do CDI
  • Aplicação mínima inicial: R$ 10 mil
  • Prazo de resgate: D+15
  • Retorno últimos 12 meses: 7,34%*
  • Retorno CDI últimos 12 meses: 115,69%*
  • Retorno CDI desde início: 112,34%* (início em 20/10/2017)

Comentário: O comitê de investimento do Daycoval acompanha de perto o trabalho da equipe do fundo há mais de uma década. Por ter uma carteira bem diversificada consegue ter retornos em vários cenários de mercado. Saiba mais.

*Até julho

MZK DIN MICO

  • Tipo: multimercado
  • Taxa de administração: 2% a.a.
  • Taxa de performance: 20% sobre o que exceder 100% do CDI
  • Aplicação mínima inicial: R$ 10 mil
  • Prazo de resgate: D+31
  • Retorno últimos 12 meses: 10,62%*
  • Retorno CDI últimos 12 meses: 167,39%
  • Retorno desde início: 10,82%*
  • Retorno CDI desde início: 134,73%* (início em 30/04/2018)

Comentário: Esse fundo vai buscar ser sempre dinâmico em suas posições, como o próprio nome diz. Para conseguir essa agilidade o gestor sempre trabalha em mercados líquidos como ações, dólar e juros para quem busca diversificação e uma ótima alternativa. Saiba mais

*Até julho

TRUXT I MACRO FIC FIM

  • Tipo: multimercado
  • Taxa de administração: 2% a.a.
  • Taxa de performance: 20% sobre o que exceder 100% do CDI
  • Aplicação mínima inicial: R$ 20 mil
  • Prazo de resgate: D+31
  • Retorno últimos 12 meses: 7,03%*
  • Retorno CDI últimos 12 meses: 110,80%*
  • Retorno últimos 24 meses: 18,46%*
  • Retorno CDI últimos 24 meses: 133,03%*

Comentário: Equipe com muito tempo trabalhando em conjunto e o retorno mostra a consistência dessa sintonia. O fundo opera mercados brasileiro e internacional em diversos ativos incluindo juros, moedas, índice de bolsa e estratégia de long short, sempre baseados em cenários macroeconômicos . É um caminho para diversificar um pouco mais a renda fixa com um produto consistente. Saiba mais

*Até julho

CANVAS VECTOR FC FI MULT

  • Tipo: multimercado
  • Taxa de administração: 1,40% a.a.
  • Taxa de performance: 15% sobre o que exceder 100% do CDI
  • Aplicação mínima inicial: R$ 20 mil
  • Prazo de resgate: D+30
  • Retorno últimos 12 meses: 24,9%*
  • Retorno CDI últimos 12 meses: 393,14%*
  • Retorno desde início: 29,90%
  • Retorno CDI desde início: 284,18% (data início 19/12/2017)

Comentário: Um dos fundos com os retornos mais altos do portfólio de produtos de terceiros da Daycoval Investe. Em 20 meses de existência, somou 16 de retornos positivos e apenas quatro de negativos. Saiba mais

*Até julho

Nos fundos do banco, o mote é consistência

Assim como avaliza ou veta os produtos de terceiros, o comitê de investimentos do Daycoval ajuda a definir as estratégias dos fundos criados pelo próprio banco. A lógica de oferta de produtos é a mesma: não sobrecarregar o investidor com um excesso de alternativas – e estar atento à demanda e ao perfil dos clientes da casa. “Nós temos conhecimento e experiência para criar produtos que podem render 500% do CDI, mas esse não é o perfil do banco – e nem o de quem investe com a gente”, diz Anand Kishore, gestor da Daycoval Asset Management.

Segundo Kishore, a taxa Selic no menor patamar histórico tem feito os clientes pedirem produtos mais arrojados no portfólio, mas é preciso ter comedimento na tomada de risco. “Nós não podemos jogar direto no mar um investidor que está aprendendo a nadar. Se fizermos isso, o cliente que queria diversificar acaba retornando para produtos de renda fixa como LCI e LCA, com os quais já estava habituado, e não volta mais [para a ideia de diversificação].”

Alguns dos fundos criados pelo Daycoval têm mais de uma década de existência. A longevidade, diz Kishore, atesta o acerto da estratégia de escolha dos ativos que compõem suas carteiras: papéis de retorno não apenas atrativo, mas consistente ao longo dos anos.
Abaixo, apresentamos três destaques desse portfólio disponíveis na Daycoval Investe:

DAYCOVAL CLASSIC FI RENDA FIXA CRÉDITO PRIVADO

  • Tipo: renda fixa
  • Taxa de administração: 0,4% a.a.
  • Taxa de performance: não há
  • Aplicação mínima inicial: R$ 500,00
  • Prazo de resgate: D+4/D+5
  • Retorno últimos 12 meses: 6,86%*
  • Retorno CDI últimos 12 meses: 108,13%*
  • Retorno últimos 24 meses: 15,04%*
  • Retorno CDI últimos 24 meses: 108,41%*

Comentário: É um dos carros-chefes do portfólio de produtos próprios do Daycoval, com patrimônio, hoje, de R$ 1,4 bilhão. Em seus 123 meses de existência, não teve retorno negativo em nenhum deles. Saiba mais

*Até julho

DAYCOVAL MULTIESTRATÉGIA FIM

  • Tipo: multimercado
  • Taxa de administração: 1% a.a.
  • Taxa de performance: 20% sobre o que exceder o CDI
  • Aplicação mínima inicial: R$ 500,00
  • Prazo de resgate: D+1
  • Retorno últimos 12 meses: 8,79%*
  • Retorno CDI últimos 12 meses: 138,45%*
  • Retorno últimos 24 meses: 16,12%*
  • Retorno CDI últimos 24 meses: 116,13%*

Comentário: O fundo já tem mais de dez anos, e em todo esse tempo ele teve uma entrega consistente [são 135 meses de retorno positivo e apenas um de retorno negativo ao longo desse período]. Esse retorno veio com uma volatilidade muito baixa, de apenas 0,81% em 12 meses. Saiba mais

*Até julho

DAYCOVAL IBOVESPA ATIVO FIA

  • Tipo: ações
  • Taxa de administração: 2,5% a.a.
  • Taxa de performance: 20% sobre o que exceder o Ibovespa
  • Aplicação mínima inicial: R$ 500,00
  • Prazo de resgate: D+12/D+2
  • Retorno últimos 12 meses: 32,97%*
  • Retorno Ibovespa últimos 12 meses: 28,52%*
  • Retorno últimos 24 meses: 54,40%*
  • Retorno Ibovespa últimos 24 meses: 54,45%*

Comentário: O histórico mostra retornos expressivos: em 24 meses, o fundo e o Ibovespa praticamente empatam em desempenho, mas o fundo ganha do indicador em 2019, em 12 meses e em 18 meses – e com volatilidade menor que a da bolsa. Saiba mais

*Até julho

E aí, gostou dos fundos acima? Me escreva para dizer o que achou ([email protected]). Se quiser conhecer mais opções, entre na Daycoval Investe para ver todos os fundos disponíveis.
Botão: Quero encontrar meu fundo

Na próxima semana, vamos trazer a avaliação do departamento de economia do Daycoval sobre a situação macroeconômica do Brasil e do mundo – e como ela vai afetar a vida dos investidores. Até lá!

Advertisements
Leia também:

Três ideias para diversificar seu portfólio

Esses produtos não costumam ser as primeiras opções de quem busca rearranjar o portfólio, mas deveriam entrar no seu radar.

Deixa quieto...

Deixe a renda fixa na carteira, mesmo em tempos de juro baixo

Ainda que rendam menos atualmente, os papéis como CDBs, LCAs e LCIs são importantes para se montar uma carteira equilibrada. Fique atento a algumas regras.

Para onde o vento sopra, afinal?

Com tantas forças simultâneas agindo sobre o mercado, consultei um especialista que me ajudou a entender o cenário para os investimentos

Assessoria de carne e osso, plataforma digital

Um pente-fino na Daycoval Investe, a plataforma de investimentos para pessoas físicas lançada pelo banco Daycoval em 2016

A arte de avaliar a solidez de um banco

Com tantos produtos financeiros e plataformas de investimento no mercado, é preciso um olhar apurado para escolher o destino de suas aplicações

Fechar
Menu