Menu
2019-12-01T13:27:56-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
de olho na maçã

5 produtos que a Apple pode lançar em 2020

Apple está num bom momento, com os lançamentos do ano e números trimestrais fortes do terceiro trimestre. Será que ela vai conseguir manter o ritmo? Veja os produtos que a empresa pode vender em 2020

1 de dezembro de 2019
13:25 - atualizado às 13:27
Loja da Apple em Nova York
Imagem: Shutterstock

Apple está num bom momento. 2019 foi um ano intenso para a companhia, com o lançamento da nova geração do iPhone e do seu serviço de streaming nos Estados Unidos - para ficar em apenas alguns produtos.

Ao que tudo indica, 2020 deve ser tão intenso quanto o ano que chega ao fim. Basta olhar para a lista de possíveis lançamentos que a imprensa americana já começa a relatar.

Confira o que deve ser destaque no catálogo da empresa em 2020:

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

1. iPad Pro com câmera 3D

A Apple planeja lançar um novo iPad Pro no próximo ano, que terá dois sensores de câmera e um sensor 3D.

As ferramentas devem permitir criar reconstruções digitais do mundo real - um avanço importante da companhia sobre a realidade aumentada, ao que tudo indica.

2. Sucessor do iPhone SE

Outra possível novidade da gigante americana seria uma nova versão do iPhone SE. Semelhante ao iPhone 5S, o modelo lançado originalmente em 2016 era significativamente mais barato que os principais smartphones da Apple: custava US$ 400.

A nova versão pode ter uma tela de 4,7 polegadas, como o iPhone 8, e o mesmo processador que o iPhone 11.

Foto de um iPhone da Apple

3. iPhone 12 com 5G e novas opções de tamanho

Espera-se que os iPhones de próxima geração da Apple sejam compatíveis com redes 5G, tenham novas câmeras 3D e tamanhos de tela atualizados.

A imprensa americana relata que os novos modelos poderiam reproduzir digitalmente o ambiente ao seu redor usando lasers.

A Apple também pode implementar o maior redesenho para o iPhone: tamanhos de tela de 5,4 polegadas, 6,1 polegadas e 6,7 polegadas.

4. Apple Watch com monitoramento de sono

A Apple tradicionalmente lança seu Apple Watch com os iPhones em setembro, então há uma boa chance de vermos a empresa seguir o mesmo padrão em 2020.

E a maior atualização do Apple Watch no próximo ano pode ser a implantação da tecnologia de monitoramento do sono. O recurso já está disponível em rivais como o Fitbit - adquirido pelo Google recentemente.

Outras possíveis novidades do produto incluem desempenho mais rápido do processador e resistência à água aprimorada.

Apresentação do Apple Watch em 2019. - Imagem: Divulgação

5. Um acessório para encontrar itens perdidos

A Apple está trabalhando em um acessório que pode ajudar o usuário de iPhone a encontrar itens perdidos. O dispositivo seria uma pequena etiqueta para ser colocada em itens que são facilmente extraviados - um molho de chaves, por exemplo.

O dispositivo teria o nome de AirTags e deve usar realidade aumentada para apontar aos usuários, na tela do iPhone, a localização do item perdido.

Números da Apple

No terceiro trimestre de 2019, no balanço mais recente disponível, a Apple reportou um lucro líquido de US$ 13,7 bilhões, cifra 3,1% menor que a registrada no mesmo intervalo de 2018. No entanto, o lucro por ação — uma métrica muito observada por analistas e investidores estrangeiros — subiu de US$ 2,94 para US$ 3,03.

O resultado superou as expectativas dos analistas consultados pela Bloomberg: a média das projeções apontava para um lucro por ação de US$ 2,83 no período. A receita líquida chegou a US$ 64,04 bilhões, um aumento de 1,8% em um ano — também acima das estimativas do mercado, de US$ 63 bilhões.

Entre outubro e dezembro, a companhia prevê uma receita líquida entre US$ 85,5 bilhões e US$ 89,5 bilhões. Além de uma margem bruta entre 37,5% e 38,5% — o indicador ficou em 37,9% no trimestre encerrado em setembro.

"Com os consumidores animados com a nova geração de iPhones, o lançamento dos novos AirPods Pro e a chegada da Apple TV Plus, além do melhor portfólio de produtos e serviços já oferecido [pela empresa], estamos muito otimistas com o próximo trimestre", disse o executivo na época da divulgação dos números.

*Com informações da Business Insider 

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

UM DOS IPOs DO ANO

Presidente da XP diz que não descarta listar a companhia na bolsa brasileira

O executivo disse que a ideia sempre foi fazer uma listagem no Brasil, visto que a empresa sempre se posicionou “como disruptora do mercado local, democratizando investimentos”

POLÍTICA

Justiça derruba suspensão de deputados do PSL; Joice pode perder liderança

Nesta quarta-feira, Joice foi confirmada líder do PSL na Câmara e em sua primeira coletiva no cargo afirmou que vai buscar uma pacificação na bancada

Até que enfim!

Agência de risco S&P eleva perspectiva para nota do Brasil para “positiva”

Embora atrasada, a decisão da S&P abre caminho para a recuperação no selo de bom pagador do país, perdido em setembro de 2015

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

A última superquarta do ano

Nesta última superquarta de 2019, o mercado ficou em compasso de espera pelas decisões de política monetária do Federal Reserve (Fed), o banco central americano, e do Banco Central brasileiro. No meio da tarde, o Fed anunciou a manutenção das taxas de juros, interrompendo um ciclo de três reduções consecutivas. Mas como o resultado já […]

Sessão tranquila

Sem surpresas com o Fed, dólar cai a R$ 4,11 e Ibovespa fecha em leve alta

A primeira parte do script imaginado pelos mercados foi cumprida à risca: o Federal Reserve (Fed, o banco central americano) manteve a taxa de juros no país na faixa de 1,50% e 1,75% ao ano, conforme era esperado pelos agentes financeiros. E, sem nenhuma surpresa, o dólar à vista encontrou espaço para continuar caindo, enquanto […]

Menor juro da história

Como ficam os seus investimentos em renda fixa com a Selic em 4,5% ao ano

Veja como fica o retorno das aplicações conservadoras de renda fixa agora que o Banco Central cortou a Selic mais uma vez

Juros

Banco Central reduz juros para 4,5% ao ano, mas não garante novos cortes

Com a nova redução de 0,5 ponto percentual em decisão unânime tomada pelo Copom, a Selic renova a mínima histórica

Antes tarde do que nunca?

No dia do IPO da XP, CVM lança proposta para facilitar listagem de BDR

Se já estivesse em vigor, a regra permitiria a listagem de recibos de ações da XP na bolsa brasileira. CVM também pretende liberar investimento em BDR para o varejo

SEM BUROCRACIAS

Em evento na CNI, Bolsonaro faz acenos ao empresariado ao criticar “burocracias”

“Cada instrução normativa deve ser muito bem pensada. Deve atender ao interesse do Brasil. Não de grupos”, disse o presidente

MAIS MAGRINHA

Venda de 51% da Gaspetro com 20 distribuidoras deverá ser por IPO, diz Petrobras

“As conversas continuam com a Mitsui e a nossa expectativa é realizar a transação no mercado de capitais. Em 2015 a Petrobras vendeu 49% da empresa para a Mitsui e agora vamos vender nossa parte em bolsa”, disse Castello Branco

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements