Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2022-01-18T11:07:52-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
A GUERRA DOS BANCOS

Com Nubank (NUBR33) em queda brusca, Itaú (ITUB4) volta a ser o banco mais valioso da América Latina; entenda

Os papéis do banco digital, que abriu capital na bolsa de Nova York em dezembro do ano passado, já anotam um recuo de 13,4% no início deste ano

14 de janeiro de 2022
20:46 - atualizado às 11:07
nubank destronado | Itaú
Imagem: Shutterstock/Game of Thrones/Nubank

Os efeitos de um possível aperto monetário mais agressivo nos Estados Unidos já começam a ser sentidos no mercado. Um deles é a queda nas ações de novas empresas de tecnologia, incluindo o Nubank (NUBR33).

Os papéis do banco digital, que abriu capital na Bolsa de Nova York (Nyse) em dezembro do ano passado, já anotam um tombo de 13,4% no início de 2022. Com isso, o valor de mercado do Nubank recuou para US$ 37,4 bilhões nesta sexta-feira (14) - contra US$ 42 bilhões no mês anterior - e o posto de instituição mais valiosa da América Latina voltou a ser ocupado pelo Itaú (ITUB4).

O maior banco privado do Brasil caminha na direção oposta do rival: seus ADRs, recibos de ações negociados na Bolsa de Valores de Nova York, avançam 13,3% no mesmo período, elevando seu valor de mercado para R$ 39,5 bilhões. O Bradesco, que também ocupa os primeiros lugares do ranking, sobe 10,2% e agora vale US$ 32,9 bilhões.

Por que o Fed assusta as techs?

E não é só o Nubank que sofre com a promessa do Federal Reserve. Entre outras fintechs listadas nos Estados Unidos, a corretora digital Robinhood cai 15%, a Toast perde 25% e a Affirm recua 31%. O próprio Nasdaq, índice que concentra as empresas de tecnologia, tem perdas de 5% este ano.

Segundo especialistas consultados pela Broadcast, um dos motivos por trás das quedas é que o aperto monetário a ser promovido pelo banco central norte-americano para conter a inflação encarece o custo para a tomada de capital. Vale lembrar que as empresas de tecnologia estão entre as que mais precisam de recursos para financiar suas operações.

Atualmente entre 0% e 0,25% ao ano, a taxa de juros dos EUA pode subir a 2% ou 2,5%, segundo os analistas. Além de elevar os custos para empresas, o percentual mais alto também aumenta a atratividade dos títulos públicos e pode provocar uma fuga dos investidores da bolsa para a renda fixa.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

Sinal amarelo

Marfrig (MRFG3) confirma participação em oferta da BRF (BRFS3), mas não poderá assumir o controle da empresa; entenda

Segundo um comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários hoje, as compras da Marfrig estarão limitadas a sua participação acionária atual

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Ibovespa no azul apesar da volatilidade, bitcoin no vermelho e imbróglios com FII e Oi: o que marcou o mercado nesta sexta

Numa semana marcada pela escalada das tensões entre Rússia e Ucrânia, decisão de juros nos Estados Unidos e um discurso mais hawkish (duro contra a inflação) por parte do presidente do banco central americano, Jerome Powell, o Ibovespa conseguiu, mais uma vez, acumular alta. E as bolsas americanas – pasme – também. A sexta-feira (28) […]

DESINVESTIMENTOS

Em negócio bilionário, Petrobras (PETR4) vende ativos na Bacia Potiguar para subsidiária da 3R Petroleum (RRRP3); saiba quanto entrou nos cofres da estatal

A bola da vez é um conjunto de 22 concessões de campos de produção terrestre e de águas rasas, juntamente à sua infraestrutura de processamento, refino, logística, armazenamento, transporte e escoamento

SACO DE PANCADAS PRESIDENCIAL

Petrobras (PETR4) recua quase 4% após críticas de Lula; petista condenou pagamento de dividendos e política de preços da estatal

Embalados pela alta do petróleo, os papéis operavam em alta mais cedo, mas, após a nova rajada de críticas, passaram a registrar uma queda brusca

Fechamento da semana

Ibovespa tem dia de realização de lucros e fecha em queda, mas acumula alta de 2,72% na semana; dólar fecha em R$ 5,39

Semana foi marcada pela volatilidade nas bolsas internacionais, mas estrangeiro continuou buscando ações brasileiras

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies