2022-04-24T15:12:55-03:00
Larissa Vitória
Larissa Vitória
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pelo portal SpaceMoney e pelo departamento de imprensa do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT).
AGENDA SENSÍVEL

Autoridades dos Estados Unidos desembarcam na Ucrânia dois meses após o início da guerra; o que esperar da visita do primeiro escalão norte-americano?

O líder da Ucrânia espera que o presidente dos EUA, Joe Biden, também vá ao país e mostre seu apoio em breve

24 de abril de 2022
13:07 - atualizado às 15:12
Mulher segura placa com os dizeres "Fim da Guerra. Ajude a Ucrânia" - Imagem: Katie Godowski/Pexels

No dia em que a guerra entre Ucrânia e Rússia completa dois meses, autoridades do primeiro escalão dos Estados Unidos visitam o território invadido por Vladimir Putin pela primeira desde o início do conflito.

Os secretários de Estado, Antony Blinken, e da Defesa, Lloyd Austin, desembarcam em Kiev neste domingo (24) para se encontrar com o presidente Volodymyr Zelensky.

Um dos tópicos a ser discutido pelos líderes é o pedido de armas mais poderosas para a resistência ucraniana. Não há mais detalhes sobre a agenda da viagem, que é considerada "altamente sensível" pelo Pentágono.

Zelensky revelou que espera que o presidente dos EUA, Joe Biden, também vá ao país e mostre seu apoio aos ucranianos "quando a segurança permitir".

A chegada de dois dos principais membros do governo Biden ao país do leste europeu também ocorre no mesmo dia em que é celebrada a Páscoa no território ortodoxo.

Em comunicado especial para o feriado, o presidente da Ucrânia declarou que as "almas" dos cidadãos estão cheias de um ódio feroz" pela invasão e ações de soldados e autoridades russas. "Não vamos deixar a raiva nos destruir por dentro", afirmou Zelensky.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente

A guerra na Ucrânia até agora

Os ucranianos têm poucos motivos para comemorar o feriado, pois a invasão do território completa dois meses sem perspectivas de um acordo para o fim do conflito.

Os embates entre soldades russos e ucranianos deixam um rastro de destruição e morte no país e já obrigaram milhões de cidadãos a deixarem suas casas.

As sanções não parecem amedrontar o presidente da Rússia. Putin mantém os bombardeios de longa distância e ordena a abertura de novas frentes de conflito em cidades estratégicas do leste europeu.

O último alvo de Putin foi o sul do país. Um míssil enviado a Odessa matou oito civis, incluindo um bebê, segundo informações da Ucrânia.

"Entre os mortos está uma bebê de três meses. Como ela ameaçou a Rússia? Parece que matar crianças é uma nova ideia nacional da Federação Russa", declarou Zelensky.

Outro palco dos ataques mais recentes, Mariupol abriga cerca de 100 mil civis ameaçados pelos bombardeios. A tomada da cidade portuária é essencial para os planos de Putin pois estabeleceria uma ligação terrestre entre a Crimeia, anexada pelos russos em 2014, e o leste ucraniano.

*Com informações da AFP

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente
Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

AGRO EM ALTA

Governo oferecerá mais de R$ 340 bilhões para produtores rurais no novo Plano Safra; valores entram em vigor em julho

O programa do governo federal prevê o direcionamento de recursos públicos para financiar e apoiar a agropecuária nacional

O SOL HÁ DE BRILHAR MAIS UMA VEZ

Cemig (CMIG4) amplia presença em energia solar em negócio milionário; confira os detalhes do negócio

A transação envolve três usinas fotovoltaicas e reforça a estratégia da companhia de crescimento sustentável no mercado de geração distribuída

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Ibovespa abaixo dos 100 mil novamente, presidente da Caixa pede demissão e o salvador do mundo cripto; confira os destaques do dia

As últimas semanas parecem ter inaugurado um novo modus operandi no mercado financeiro: não há boa notícia ao amanhecer que perdure até o anoitecer.  Alta de commodities, alívio no cenário fiscal, retomada econômica chinesa. Pode escolher a sua arma, nada parece forte o suficiente para enfrentar o temor de uma recessão global e de um […]

Nova aquisição

Ambipar (AMBP3) volta às compras e adquire a Bioenv, que desenvolve projetos de monitoramento do meio ambiente

Como a compra foi feita por meio da controlada Ambipar Response ES S.A., não precisará ser aprovada pelos acionistas da empresa mãe

FECHAMENTO DO DIA

Temor de recessão segue forte e Ibovespa volta a perder os 100 mil pontos; dólar cai com PEC melhor que o esperado

O Ibovespa chegou a amanhecer no azul, mas os temores que rondam o mercado falaram mais alto