O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

Dirceu Gardel
Seu Dinheiro Convida
Dirceu Gardel
CEO da Boa Vista
2022-05-06T06:15:19-03:00
SEU DINHEIRO CONVIDA

Colhendo os frutos da diversificação: a influência das aquisições no resultado recorde da Boa Vista em 2021

Dirceu Gardel, CEO da Boa Vista, detalha as contribuições da Acordo Certo e da Konduto para o recorde de receita líquida da companhia

6 de maio de 2022
6:03 - atualizado às 6:15
Cartão com a logo do Boa Vista
Aquisições adicionaram R$ 36,6 milhões à receita líquida da Boa Vista em 2021. Imagem: Divulgação / Boa Vista

Em setembro de 2020, a Boa Vista tornava-se a primeira empresa do segmento brasileiro de inteligência analítica aplicada à gestão de base de dados a se tornar uma empresa de capital aberto.

Ao realizar nosso IPO, informamos que nossa meta era crescer de maneira sustentável e diversificar o nosso negócio por meio de investimentos orgânicos e inorgânicos.

E o nosso crescimento inorgânico começou três meses após a nossa entrada na B3, com a aquisição da Acordo Certo, em dezembro de 2020.

Acordo Certo, a primeira aquisição pós-IPO da Boa Vista

Com a Acordo Certo, ampliávamos os nossos serviços ao consumidor – até então focados principalmente em orientações de Educação Financeira e à facilidade de consulta do histórico de débitos e score no Cadastro Positivo, por meio de nosso site e app Consumidor Positivo.

A Acordo Certo é uma plataforma totalmente online que permite ao consumidor renegociar seus débitos diretamente com as empresas credoras cadastradas, de forma fácil, discreta e humanizada.

A Konduto e o combate às fraudes

Passados mais três meses, fizemos, em março de 2021, a nossa segunda aquisição.

Com a compra da Konduto, era a vez de entrarmos no mercado de antifraude especializado em e-commerce, no qual atuávamos até então com uma solução de caráter de checagem de dados cadastrais.

A Konduto combina tecnologia com inteligência analítica para apoiar lojas virtuais, fintechs e empresas de meios de pagamento em suas estratégias de prevenção às fraudes.

Resultado trimestral dimensiona o impacto da diversificação

Pois bem, no mês passado, divulgamos os nossos resultados do quarto trimestre de 2021, que consolidam também o balanço anual.

E os resultados mostram que, além de cumprir o objetivo de diversificar a atuação da Boa Vista (BOAS3), as aquisições já produzem resultados financeiros muito positivos.

Juntas, a Acordo Certo (pela primeira vez somando 12 meses completos de resultados aos nossos) e a Konduto (que integrou cinco meses completos), já contribuíram com R$ 36,6 milhões à nossa receita liquida.

E foi a maior receita líquida anual que já alcançamos em nossos 12 anos de história: R$ 751,3 milhões, 19,2% superior à registrada em de 2020.

Sinergias impulsionam resultado da Boa Vista

Aos resultados alcançados em termos financeiros e de diversificação de negócios, soma-se outro objetivo de nosso crescimento inorgânico: alcançar sinergias. E para isso, a nossa outra vertente de crescimento, o orgânico, também contribuiu.

Em abril de 2021, inauguramos nosso Centro de Excelência em Analytics (CEA), no qual a Boa Vista reúne uma centena de matemáticos e cientistas de dados visando aprimorar e acelerar o desenvolvimento de novas soluções criadas, com a utilização de algoritmos, machine learning e inteligência artificial na análise de nossa imensa e qualificada base de dados.

Assim, em serviços ao Consumidor, somando as nossas forças às da Acordo Certo, não apenas fortalecemos e enriquecemos as nossas bases de dados.

As sinergias nos permitiram também alavancar a plataforma de acordos com a utilização da inteligência analítica desenvolvida no CEA para sermos mais assertivos na busca por consumidores aptos a realizar novos acordos.

Além disso, o reconhecimento da Boa Vista pelo mercado como um grande player de recuperação de créditos contribuiu fortemente para atrairmos novas empresas parceiras para a nossa plataforma de renegociação com o consumidor, a plataforma Acordo Certo.

O mesmo ocorreu com a Konduto, que já foi incorporada como uma vertical de negócios da Boa Vista – o que, no caso da Acordo Certo só deve ocorrer inteiramente, pelas características do acordo de aquisição, em 2023.

Com as sinergias Boa Vista-Konduto, aceleramos o crescimento de soluções de antifraude para os três produtos da Konduto: o Performance (decisão automática em tempo real sobre a autenticidade do pretendente à compra online); o Completo (algoritmo mais revisão humana detalhada por um time experiente em antifraude); e o Safe Banking, uma solução antifraude que monitora transações e que chega para atender a todas as demandas de carteiras digitais, transferências P2P e especialmente o PIX.

Solução completa em antifraude

A expertise em machine learning da Boa Vista permite a automatização da construção de modelos analíticos de antifraude, utilizando a inteligência artificial que cultivamos no CEA para desenvolver soluções que identificam padrões e permitem a tomada de decisões de forma ágil, assertiva e customizada ao negócio de nossos clientes. E também reduzindo a necessidade de interação humana nas decisões, o que reduz os custos do serviço antifraude.

Além disso, a junção de forças de Konduto e Boa Vista garante uma solução completa, única no mercado.

O cliente do mundo digital pode contratar desde as nossas soluções de inteligência analítica em análise de crédito, passando pelo antifraude Konduto e chegando até (sempre esperamos que não se precise chegar a este ponto) à solução de recuperação de crédito Boa Vista.

A Boa Vista prosseguirá em sua política de crescimento inorgânico (seja por novas aquisições, seja por meio de parcerias) e diversificação de suas áreas de atuação.

A empresa dispõe de recursos – tanto graças à sua boa geração de caixa, quanto a recursos remanescentes do IPO – e ainda possui baixo endividamento, o que, se for o caso, permite a tomada de recursos se uma aquisição de maior porte gerar esta necessidade.

Investindo sem perder eficiência

Os focos principais nessa política de crescimento inorgânico são, além da diversificação das nossas áreas de atuação, empresas que tenham forte componente de inteligência analítica e soluções tecnológicas inovadoras.

Prosseguiremos também em nosso crescimento orgânico. Além do CEA, fizemos um forte investimento em transformação digital.

A Boa Vista é a única empresa do seu segmento a estar muito perto de ter 100% de suas informações e sistemas na nuvem, o que atingimos por meio de uma parceria virtuosa com o Google Cloud.

Fizemos estes investimentos e seguiremos investindo, mas sempre preservando a nossa eficiência. Nosso principal indicador neste sentido, a relação EBTIDA menos CAPEX cresceu 38,2% em 2021, quando comparado a 2020, apesar dos fortes investimentos que fizemos ao longo do ano em inovação. Em inovação e em gente.

Além da criação do CEA, ampliamos significativamente o número de colaboradores desde o IPO, chegando a uma equipe de 1.100 pessoas. E são essas pessoas, talentosas, que desenvolvem a nossa inteligência analítica, fazem a nossa transformação digital e garantem o nosso crescimento sustentável.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

pressão vendedora

Nubank derrete 21% na semana após fim do lock-up, que restringia venda das ações pelos “tubarões”

Desde o IPO, o Nubank já perdeu US$ 23,9 bilhões em valor de mercado, e a fintech que antes valia mais que o Itaú hoje vale quase um terço dele

INTERNET DO MUSK

O que faz a Starlink, empresa que trouxe Elon Musk ao Brasil e deve operar na Amazônia

A empresa do bilionário promete internet ultrarrápida e deve começar as suas operações ainda neste ano; Anatel já deu aval

FECHAMENTO DO DIA

Escapou do urso: S&P 500 consegue fechar no azul em recuperação dramática; saiba o que aconteceu com as bolsas nos EUA

Dois fatores são centrais para entender o comportamento do S&P 500, do Nasdaq e do Dow Jones nas últimas semanas; entenda

FECHAMENTO DO CÂMBIO

Dólar recua 0,87% e vale R$ 4,87. Euro também cai e vale R$ 5,13; confira o que movimentou o câmbio nesta sexta-feira

Apesar do predomínio de um certo humor pessimista pelo mundo, o real conseguiu ter mais um dia de ganhos em relação ao dólar

VISÃO MACRO

Por que o mercado exagera ao temer uma recessão nos Estados Unidos e na China

Os sinais de uma possível recessão nas grandes economias, como EUA e China, e o aumento de um pessimismo generalizado parecem ter tomado conta dos mercados

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies