2021-10-23T12:24:33-03:00
Estadão Conteúdo
Novas frentes

Sinqia (SQIA3) compra 51% do controle da QuiteJá, empresa de recuperação de créditos, por R$ 38 milhões

Com a transação, empresa ingressa em novo mercado; a partir de 2024, poderá comprar até 100% da adquirida

23 de outubro de 2021
12:22 - atualizado às 12:24
Imagem com a palavra 'Sinqia' escrita em letras laranjas. Ao fundo, uma parede de tijolos
A Sinqia é uma empresa de tecnologia com foco no mercado financeiro. Imagem: Divulgação

A Sinqia (SQIA3), empresa de tecnologia com foco no mercado financeiro, anunciou a aquisição de 51% do capital social da QuiteJá, no valor de R$ 38,2 milhões. A companhia poderá adquirir os 49% remanescentes a partir de 2024.

A QuiteJá se diz especialista em recuperação de crédito de terceiros. Como contrapartida pela aquisição, na data de fechamento a Sinqia pagará R$ 19,125 milhões em dinheiro e R$ 19,125 milhões ações, entregando 1.016.638 ações próprias adquiridas no 6º Programa de Recompra de Ações.

Com a transação, a Sinqia passa a atuar em um novo mercado, o de renegociações de dívidas. Segundo comunicado, o segmento "movimenta bilhões de reais por ano e reforça o portfólio de produtos da unidade Sinqia Digital".

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente
Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

BITCOIN (BTC) HOJE

Bitcoin (BTC) cai hoje, mas projeções para mercado de criptomoedas permanecem otimistas, segundo analistas; Cardano (ADA) dispara mais de 8%

Qualquer gatilho neste momento pode desencadear uma alta de preços e um novo bull market das criptomoedas

EXILE ON WALL STREET

Você quer ser reconhecido ou quer ganhar dinheiro? Entenda por que estar na moda nem sempre significa lucrar

O objetivo do investidor não deveria ser estar na moda nem ser reconhecido em conversas pseudointeligentes, uma vez que os ciclos não necessariamente se repetem à frente

Insights para lucrar

VOTAÇÃO: Qual o investimento mais atrativo para o seu patrimônio em 2022?

Seu Dinheiro abre espaço de diálogo entre investidores para cada um saber o que o outro pensa sobre bolsa, criptomoedas, renda fixa e muito mais; vote

BRASILEIRO NÃO DESISTE NUNCA

Longe do fim: Aliansce Sonae (ALSO3) avisa que vai insistir na fusão com a brMalls (BRML3)

Negócio bilionário entre as gigantes rivais daria origem à maior administradora de shoppings da América Latina

TRÉGUA CLIMÁTICA

Depois da Usiminas, Vale anuncia retomada gradual das atividades após chuvas devastadoras em MG

Retorno parcial das operações coincide com trégua nos temporais que deixaram dezenas de mortos e milhares de desabrigados no Estado