Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-05-12T17:10:24-03:00
Estadão Conteúdo
Mercado externo aquecido

Petrobras e Açu Petróleo firmam acordo para aumentar exportação de petróleo

O novo acordo permitirá que a estatal escoe 240 milhões de barris da commodity pelo Porto do Açu em até dois anos

12 de maio de 2021
17:10
Petrobras Açu
Imagem: Divulgação

A Petrobras assinou com a Açu Petróleo — parceria da Prumo Logística com a alemã Oiltanking — um aditivo ao contrato firmado em 2019 para aumento de 140% da exportação de petróleo.

Isso permitirá à estatal escoar 240 milhões de barris da commodity - aproximadamente 300 mil por dia - pelo Porto do Açu em até dois anos, informou a empresa.

Para atender o aumento das exportações, a Açu Petróleo prevê a construção de um Parque de Tancagem e conexão dutoviária à malha existente.

Esta é a segunda vez que a Petrobras pede para ampliar o volume exportado, motivada pela crescente produção de petróleo e pelo aumento da demanda no mercado externo.

Até então o contrato previa a exportação de 100 milhões de barris. Durante a pandemia, em abril do ano passado, a Petrobras bateu recorde de movimentação, informou a Açu Petróleo, que foi responsável pelo escoamento de cerca de 19% do volume total.

Líder no setor

Recentemente a Açu Petróleo foi reconhecida pela Agência Nacional de Transporte Aquaviário — Antaq como o terminal de granéis líquidos que mais cresceu em movimentação.

Em 2020, foram movimentadas 29,6 milhões de toneladas, o que representa um crescimento de 53,2% em relação a 2019.

De acordo com a empresa, a Açu Petróleo é responsável por 25% da exportação de petróleo nacional e atende a todas as operadoras que atuam no Brasil.

Desde 2016, a companhia realizou mais de 270 operações de transbordo de petróleo, o que representa cerca de 260 milhões de barris movimentados.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

O Ibovespa na contramão do mundo, o impulso das commodities, a pressão dos servidores públicos e tudo o que agitou os mercados nesta terça

Nada como uma perspectiva de aperto monetário para segurar o desempenho dos ativos de risco. E nesta terça-feira (18), os mercados financeiros americanos voltaram do feriado colocando nos preços a expectativa dos investidores com a alta dos juros e a redução dos estímulos monetários nos Estados Unidos. O resultado foi uma disparada nos juros futuros, […]

Fechamento Hoje

Ibovespa sobrevive a mar vermelho no exterior e consegue fechar em alta; avanço nos retornos dos Treasuries pesa nos juros e no câmbio

Principal índice da B3 lutou para se manter no lado positivo ao longo de todo o pregão, com ajuda das commodities; dólar, porém, também fechou em alta

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies