O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2021-05-12T17:10:24-03:00
Estadão Conteúdo
Mercado externo aquecido

Petrobras e Açu Petróleo firmam acordo para aumentar exportação de petróleo

O novo acordo permitirá que a estatal escoe 240 milhões de barris da commodity pelo Porto do Açu em até dois anos

12 de maio de 2021
17:10
Petrobras Açu
Imagem: Divulgação

A Petrobras assinou com a Açu Petróleo — parceria da Prumo Logística com a alemã Oiltanking — um aditivo ao contrato firmado em 2019 para aumento de 140% da exportação de petróleo.

Isso permitirá à estatal escoar 240 milhões de barris da commodity - aproximadamente 300 mil por dia - pelo Porto do Açu em até dois anos, informou a empresa.

Para atender o aumento das exportações, a Açu Petróleo prevê a construção de um Parque de Tancagem e conexão dutoviária à malha existente.

Esta é a segunda vez que a Petrobras pede para ampliar o volume exportado, motivada pela crescente produção de petróleo e pelo aumento da demanda no mercado externo.

Até então o contrato previa a exportação de 100 milhões de barris. Durante a pandemia, em abril do ano passado, a Petrobras bateu recorde de movimentação, informou a Açu Petróleo, que foi responsável pelo escoamento de cerca de 19% do volume total.

Líder no setor

Recentemente a Açu Petróleo foi reconhecida pela Agência Nacional de Transporte Aquaviário — Antaq como o terminal de granéis líquidos que mais cresceu em movimentação.

Em 2020, foram movimentadas 29,6 milhões de toneladas, o que representa um crescimento de 53,2% em relação a 2019.

De acordo com a empresa, a Açu Petróleo é responsável por 25% da exportação de petróleo nacional e atende a todas as operadoras que atuam no Brasil.

Desde 2016, a companhia realizou mais de 270 operações de transbordo de petróleo, o que representa cerca de 260 milhões de barris movimentados.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

PORTFÓLIO DE BILHÕES

Aposta contra a Apple (AAPL34)? Veja as mudanças que Warren Buffett, Michael Burry e investidores de elite fizeram nas carteiras

Esses pesos-pesados do mercado financeiros tomaram decisões surpreendentes no primeiro trimestre; confira as mudanças mais significativas que eles fizeram no período

DO BRASIL PRO MUNDO

Guedes tem encontro com Escobari, da General Atlantic, e vai a jantar do BTG; confira a agenda do ministro em Davos

O banqueiro André Esteves, que em abril voltou ao comando do conselho do BTG Pactual, está participando do evento na Suíça

UMA TECH ATRAENTE

É hora da Locaweb? Saiba por que o Deutsche Bank vê ponto de entrada para as ações LWSA3

Banco alemão atualizou a recomendação para a empresa de neutra para compra e vê potencial de valorização de mais de 50% para os papéis

O QUE VEM POR AÍ

Ata do Fed e IPCA-15: confira a agenda de indicadores da semana aqui e lá fora

Nos Estados Unidos, a segunda prévia do PIB no primeiro trimestre também é destaque; na Europa, o PIB da Alemanha é o principal dado

CAMINHO DO MEIO

Menor rejeição e apoio interno no MDB dão vantagem a Simone Tebet; veja os rumos da senadora da terceira via

Maior desafio, segundo marqueteiros, é torná-la popular: 46% do eleitorado desconhece Simone Tebet, segundo pesquisas recentes

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies