2021-09-21T14:46:41-03:00
Rafaella Bertolini
De volta aos holofotes

Gravadora Universal, de Taylor Swift, Drake e Lady Gaga, dispara em estreia na Bolsa

Ações da empresa fonográfica subiam mais de 30% em relação ao preço de estreia, estabelecido em 18,50 euros. O grupo é responsável por nomes como Taylor Swift e Lady Gaga

21 de setembro de 2021
12:52 - atualizado às 14:46
Taylor Swift
Além de Taylor Swift, empresa está por trás de nomes como Ariana Grande, Queen, Bob Dylan e os Beatles / Imagem: Divulgação

A gravadora Universal Music Group (UMG) está estreando hoje na bolsa com direito a flashes e tapete vermelho.

Mal havia começado o pregão e os papéis da companhia já eram negociados em alta de 38%, a 25 euros por ação.

Mantendo sob seu guarda-chuva grandes nomes do mundo pop, como Taylor Swift, Drake e Lady Gaga, a Universal despertou o otimismo dos investidores, recolocando a indústria fonográfica sob os holofotes depois de aproximadamente duas décadas de incertezas.

Negociada na bolsa de Amsterdã (Euronext Amsterdã), a alta dos papéis atribui à gravadora um valor de mercado de 45 bilhões de euros, ou US$ 52,75 bilhões.

The Big 3

A Universal é uma das maiores empresas musicais do mundo e domina a indústria fonográfica como parte das “Três Grandes” gravadoras, ao lado do Warner Music Group e da Sony Music. 

A companhia mantém negócios em mais de 60 países, e está por trás de vários nomes influentes da música, incluindo Ariana Grande, Queen, Bob Dylan e os Beatles — responsáveis pelo “voto de confiança” por parte dos investidores. 

Novos tempos 

Os últimos anos foram penosos para grandes gravadoras como a Universal, com a consolidação dos serviços de streamings e a acentuada redução do consumo de música em mídias físicas, principalmente CDs.

A constante mudança na forma de se consumir música impactou diretamente nas vendas dos produtos, o que levou as gravadoras a repensarem suas atuações. 

A Universal Music passou a concentrar sua estratégia na presença cada vez maior de seus artistas sob contrato nas plataformas digitais, potencializando o recebimento de royalties com o objetivo de aumentar tanto a receita quanto os lucros da companhia.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente
Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

SELEÇÃO DE ATIVOS

13º salário de 2021 cai na conta até amanhã! Veja onde investir se você tem perfil conservador

Consultamos especialistas e o veredito é unânime: no cenário atual o que não faltam são oportunidades, mesmo para os investidores menos inclinados ao risco

ECONOMIA X COVID

Economia monitora variante ômicron da covid-19, mas programas de auxílio dependem da PEC dos Precatórios; pasta evita falar em gastos fora do teto

Ministério da Economia evita falar em crédito extraordinário, como acontece nos casos de guerras ou calamidades públicas

Black Friday em números

Varejo cresce 6,3% na Black Friday e vê crescimento de lojas virtuais com e-commerce aquecido; confira dados

Apesar do aumento em relação à Black Friday de 2020, o patamar de faturamento do varejo foi 9,1% inferior ao registrado em 2019

Desdobramentos da crise

Presidente da Latam, Roberto Alvo diz que recusou oferta ‘incompleta’ e ‘insuficiente’ da Azul

O conteúdo dela é confidencial”, afirmou, em entrevista coletiva. Procurada, a Azul não quis comentar

Solana no MB

Exclusivo: Solana (SOL), 5ª maior criptomoeda do mundo, chega Mercado Bitcoin com alta de mais de 12.000% no ano

A quinta maior criptomoeda do mundo vem conquistando o mercado porque se coloca como uma blockchain alternativa ao ethereum (ETH)