2021-10-07T17:13:56-03:00
Larissa Vitória
Larissa Vitória
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pelo portal SpaceMoney e pelo departamento de imprensa do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT).
Corrida financeira

Na disputa contra os bancões, fintechs perdem gás e têm primeira queda no número de usuários ativos desde 2015

Um levantamento do BofA também indica que o número de downloads de aplicativos de bancos e carteiras digitais desacelerou em setembro

7 de outubro de 2021
17:13
Nubank, Inter e C6 Bank somam mais de 61 milhões de clientes. Imagem: Shutterstock

Desde que entraram na corrida pela preferência financeira dos brasileiros, as fintechs — como são conhecidas as novas empresas de tecnologia financeira — têm tirado o sono dos bancos tradicionais. 

Nubank, Inter e C6 Bank, por exemplo, já somam mais de 61 milhões de clientes. Porém, um relatório do Bank of America aponta que o gás para que as fintechs sigam avançando na disputa pode estar diminuindo.

Uma pesquisa mensal realizada pelo banco de investimentos mostra que o setor registrou, em setembro, a primeira contração no número mensal de usuários ativos desde o início do levantamento, em janeiro de 2015, com queda de 1,08% na comparação com agosto.

No período, Nubank, Inter e C6 foram as únicas fintechs entre as 10 maiores do país a anotarem crescimento na média mensal de usuários ativos (MAU, na sigla em inglês). 

Cai o download de aplicativos

O levantamento também indica que o número de downloads de aplicativos de bancos e carteiras digitais, as chamadas e-wallets, desacelerou para 17,9 milhões em setembro, contra 20,3 milhões no mês anterior.

Com o resultado, a média de downloads dos últimos três meses chegou ao menor valor desde dezembro do ano passado, com 18,7 milhões. No período, Nubank liderou os downloads entre os bancos digitais, enquanto PicPay puxou a fila de e-wallets. Veja os números:

  • Nubank: 2,928 milhões;
  • PicPay: 1,562 milhão;
  • Banco Pan: 1,368 milhão;
  • C6 Bank: 1,242 milhão;
  • PagBank: 1,204 milhão.

Vale destacar que o movimento de queda não afeta apenas as fintechs. O número também caiu 11% entre os bancos tradicionais, com 6,520 milhões de downloads em setembro.

Vale destacar a situação do Caixa Tem, que é separado da Caixa pela pesquisa do BofA e especialmente afetado pelo fim do auxílio emergencial. O banco público tem planos de abrir o capital na bolsa do banco digital.

Plataformas de investimentos e corretoras digitais também enfrentam queda

E não só no universo bancário as empresas com pegada digital enfrentam a desaceleração. Ainda segundo o levantamento do BofA, o download de aplicativos de corretoras digitais e plataformas de investimentos também recuou na comparação mensal.

O número passou de 2,7 milhões em agosto para 2,1 milhões em setembro. Porém, ao contrário do que ocorre com as fintechs, a média dos últimos três meses permaneceu estável e próxima das máximas históricas, em 2,5 milhões.

Os destaques negativos foram as duas gigantes do setor. O BTG+, do BTG Pactual (BPAC11) adicionou menos de 200 mil downloads no mês — contra uma média de 1 milhão desde junho. A XP viu o indicador, que girava em torno dos 700 mil no mesmo período, cair para 400 mil.

Já a ponta positiva foi ocupada por Modalmais e Nu Invest (ex-Easynvest, antes da aquisição pelo Nubank). As plataformas foram baixadas por 500 mil usuários, liderando os downloads do segmento em setembro.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente
Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

PROVENTO EM DÓLAR

Aura Minerals (AURA33) anuncia dividendos e programa de recompra de BDRs — veja o que muda para os acionistas

O pagamento chegará bem a tempo para o Natal dos investidores nacionais, mas para ter direito é preciso possuir os ativos em 9 de dezembro

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Ibovespa perto de perder os 100 mil pontos, Petrobras na mira de Paulo Guedes e outros destaques do dia

A dinâmica dos mercados globais nos últimos dias lembra muito os primeiros momentos de incerteza que marcaram o início da pandemia do coronavírus, no início de 2020. A covid-19 não é mais uma doença desconhecida e as vacinas já estão disponíveis no mercado, mas a desigualdade na distribuição de imunizantes e a recusa de muitos […]

FECHAMENTO DO DIA

Racha no Senado e chegada de ômicron aos Estados Unidos levam o Ibovespa a renovar as mínimas do ano (mais uma vez); dólar sobe

Embora o dia tenha começado positivo para o Ibovespa e as demais bolsas globais, a variante ômicron e a dificuldade de aprovar a PEC dos precatórios azedaram os negócios

CRYPTO NEWS

Aprenda com o bitcoin: não perca o timing com a próxima promessa cripto

O mercado de criptomoedas tem colocado alguns sorrisos nos rostos de quem vem investindo nessa classe de ativos

RECEITAS EM ALTA

Acredite se quiser! Governo pode ter primeiro superávit primário desde 2013 ainda neste ano

A notícia surpreende num momento em que um dos maiores temores do mercado financeiro é justamente o descontrole das contas públicas