Menu
Vinícius Pinheiro
O melhor do Seu Dinheiro
Vinícius Pinheiro
2021-03-08T09:03:30-03:00
O melhor do Seu Dinheiro

Papel, celulose e tesoura

8 de março de 2021
9:03
Selo O Melhor do Seu Dinheiro; investimentos
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

O que você diria de uma empresa que teve um prejuízo anual de quase R$ 11 bilhões e ainda assim conseguiu melhorar praticamente em todas as frentes operacionais?

Esse é o curioso caso da produtora de papel e celulose Suzano. Com quase toda a receita em dólar, a companhia teve um forte avanço na geração de caixa mesmo com os preços dos seus produtos em queda durante a maior parte do ano.

Só que esse mesmo dólar acaba afetando a última linha do resultado em razão do alto endividamento, quase todo na moeda norte-americana.

Isso porque a cada trimestre a empresa é obrigada pelas normas contábeis a corrigir toda a dívida pela cotação do câmbio no período, o que provoca o prejuízo no balanço mesmo que nenhum real (ou dólar) tenha saído do caixa.

O diretor financeiro da Suzano, Marcelo Bacci, passou boa parte do ano passado explicando ao mercado — incluindo uma entrevista para o Seu Dinheiro — que o dólar alto, na verdade, é favorável à companhia.

Agora, com a recuperação das cotações da celulose no mercado internacional, podemos dizer que a Suzano tem a faca e o queijo na mão — ou melhor, o papel e a celulose — para ter um 2021 mais favorável.

A empresa também afiou a tesoura do corte de custos e acionou um programa de venda de ativos para diminuir o peso da dívida, o que tende a reduzir a flutuação dos resultados no futuro.

O diretor da Suzano voltou a falar com o Seu Dinheiro para falar dos planos da companhia e mostrar como o ESG — siga em inglês para práticas ambientais, sociais e de governança — já se reflete em resultados materiais para a companhia. Vale a pena conferir a entrevista concedida ao repórter Ivan Ryngelblum.

O que você precisa saber hoje

MERCADOS

O mercado financeiro começa em alerta para o forte avanço de casos de covid-19 no Brasil. O descontrole da pandemia deve pesar nos negócios ao longo da semana, que também conta com a divulgação de dados importantes de inflação. Saiba tudo o que os investidores vão acompanhar ao longo dos próximos dias na coluna Segredos da Bolsa.

Elon Musk perdeu o posto de homem mais rico do mundo na semana passada, após as ações da Tesla acumularem queda de mais de 16%. O impacto no patrimônio dele foi da ordem de US$ 27 bilhões.

ECONOMIA

A PEC Emergencial corre o risco de ser desvirtuada na Câmara. O texto sofre resistência até mesmo da base do governo, que fala em afrouxar as medidas de ajuste fiscal.

Em mais uma reportagem da nossa série especial sobre imposto de renda 2021, explicamos como deve ser feita a declaração de aposentadorias e pensões, porque há detalhes que exigem cuidado.

Em uma sessão que durou mais de 27 horas, o tão aguardado pacote fiscal americano de US$ 1,9 trilhão foi aprovado pelo Senado dos Estados Unidos no sábado. Confira os detalhes da votação e os próximos passos do programa de estímulos.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

entrevista

‘Orçamento está falido e não deveria ser sancionado’, diz Rodrigo Maia

Para ex-presidente da Câmara, governo e Congresso tem responsabilidade por esse Orçamento em que as emendas parlamentares são maiores do que os gastos discricionários

ESTRADA DO FUTURO

O que o mercado está tentando te dizer sobre as ações do Banco Inter (BIDI11)

Como analistas, gastamos cada vez mais tempo avaliando histórias. E se você quer investir bem o seu dinheiro, também deveria fazê-lo

termômetro

Tesla, Robinhood e GM: as apostas do bilionário Jorge Paulo Lemann

Empresário brasileiro respondeu quais seriam os investimentos de curto e longo prazo, em uma espécie de termômetro sobre a confiança em torno do negócio

escolha da CEO

Criptomeme bilionário, $moda$ de Hering e Arezzo, aposta contra o BC… veja o que bombou na semana no Seu Dinheiro

Você apostaria contra o Banco Central do Brasil?  Não falo de apostas mequetrefes com a turma do escritório, do tipo “quem perder paga uma rodada”.  Estou falando de colocar o seu patrimônio em investimentos que podem dar retornos altos se o BC estiver errado. Pois é justamente o que defende Rogério Xavier, da SPX Capital, um […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies