Menu
Vinícius Pinheiro
O melhor do Seu Dinheiro
Vinícius Pinheiro
Dados da Bolsa por TradingView
2021-10-25T08:45:36-03:00
O melhor do Seu Dinheiro

O Tesouro Direto virou tesouro de tolo? O que mexe com os mercados na semana e outros destaques

25 de outubro de 2021
8:44 - atualizado às 8:45
Foto mostrando barras de ouro; a Aura (AURA33) é uma mineradora focada nessa commodity
Investir no tesouro direto pode ser uma alternativa em momentos de turbulência, mas será que o Tesouro Direto virou ouro de tolo? - Imagem: Jingming Pan/Unsplash

O investidor devia estar contente no começo deste ano com o que parecia uma grande oportunidade: investir no Tesouro Direto com um retorno garantido de quase 3,5% ao ano mais a variação da inflação.

Naquele momento, as aplicações mais conservadoras de renda fixa estavam com rentabilidade real negativa e o Banco Central indicava que os juros ficariam nas mínimas históricas por um longo período.

Como sabemos, deu tudo errado. A Selic subiu de 2% para 6,25% e deve ter uma nova alta de pelo menos 1 ponto percentual nesta quarta-feira. O mercado já trabalha com taxas de dois dígitos no fim do ciclo de aperto monetário.

Os juros em alta e a piora fiscal do país — agravada pelo furo no teto de gastos com o aval de Paulo Guedes — fizeram com que as taxas dos títulos públicos negociados no Tesouro Direto disparassem.

Quanto mais as taxas sobem, pior para o investidor que achou estar fazendo um bom negócio lá no começo do ano. Ou, como diria Raul Seixas, o Tesouro Direto virou tesouro de tolo.

A perda no valor dos títulos de prazo mais longo chega à casa dos 30% no acumulado desde janeiro — desempenho pior que o de muita ação na B3.

Quem investe na bolsa em geral sabe que está sujeito a perdas dessa magnitude, mas o que dizer do investimento que deveria ser sinônimo de renda fixa?

O problema é que a rentabilidade do Tesouro Direto só é garantida na data do vencimento dos títulos. Quem precisa resgatar o dinheiro antes tem de aceitar a taxa que está sendo negociada no momento da venda.

E agora, o que fazer? Longe das cercas embandeiradas que separam o fato do ruído, a Julia Wiltgen explica para você o que está acontecendo com o Tesouro Direto — e também se vale a pena ou não aproveitar a alta das taxas para investir.

O que você precisa saber hoje

SEGREDOS DA BOLSA
Risco fiscal é pano de fundo para semana de Copom, IPCA-15 e balanços domésticos e no exterior. Os próximos dias serão tensos para os investidores, que devem ficar de olho na votação da PEC dos precatórios e medidas do Banco Central contra a inflação.

JUROS PARA CIMA
Prepare-se para crescimento baixo e inflação alta em 2022: manobra no teto reforça cenário de estagflação. Drible no teto de gastos pode pressionar ainda mais os preços e obrigar a uma alta de juros mais intensa, dizem especialistas.

REFORÇANDO O CAIXA
Depois de anunciar emissão de debêntures, 3R Petroleum lança oferta de ações. Empresa de óleo e gás fará oferta primária e secundária. Entenda o que a companhia pretende fazer com os mais de R$ 4 bilhões que pretende levantar no mercado.

PETRÓLEO NA AMAZÔNIA
Petrobras quer operar na foz do Rio Amazonas. Estatal apresentou ao Ibama pedido de licença para explorar petróleo na região, que é uma área de sensibilidade ambiental.

ORA, POIS
Bradesco deve abrir base em Portugal para ‘seguir’ milionários brasileiros. Movimento de migração de famílias clientes do segmento private do banco após a pandemia levou à retomada dos estudos para entrar no mercado lusitano.

SETOR IMOBILIÁRIO NA MIRA
China testará imposto imobiliário em parte do país para conter especulação. Projeto-piloto será conduzido por cinco anos em algumas regiões do país. Objetivo é distribuir riqueza de modo menos desigual.

CARREIRAS
Magazine Luiza é eleito melhor empregador do país em 2021; veja ranking completo. Consultoria Great Places to Work Brasil realizou, na última semana, a 25ª premiação das melhores empresas para se trabalhar no país.

A BOLSA COMO ELA É
Onde as fake techs não têm vez: mercado não perdoa mais quem não gera valor de verdade. Com alta dos juros, quem não gerar caixa suficiente para remunerar o investidor em 16% ao ano está, em bom português, no sal, escreve a colunista Larissa Quaresma.

Uma ótima semana para você!

Este artigo foi publicado primeiramente no "Seu Dinheiro na sua manhã". Para receber esse conteúdo no seu e-mail, cadastre-se gratuitamente neste link.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

NOVATA NA FINAL

Não estranhe: patrocinadora da final entre Palmeiras e Flamengo é a nova corretora de criptomoedas do Brasil; conheça Crypto.bom

A exchange resolveu investir no segmento de esportes e patrocina Fórmula 1, NBA e até o campeonato europeu

Raio-X

Análise: Por que a alta da inflação pode ameaçar o pacote de infraestrutura de Joe Biden?

O presidente americano tem ambiciosos planos pela frente, mas a alta da inflação e gargalos estruturais da economia podem alterar o rumo

A SEMANA EM GRÁFICOS

Covid-19 pressiona aéreas, turismo, Ibovespa e bitcoin, mas inflação avança no mundo: entenda a última semana com estes gráficos

As companhias aéreas sofreram perdas significativas na bolsa esta semana e nem o bitcoin (BTC) conseguiu se salvar

O MELHOR DA SEMANA

Piora da covid no mundo e criptomoedas além do bitcoin (BTC): 5 assuntos mais lidos no Seu Dinheiro esta semana

O mercado já trabalhava amplamente com a visão do verdadeiro normal. Mas os mercados globais voltaram a entrar em pânico com a covid-19

PAPO CRIPTO #007

Tecnologia que criou o bitcoin (BTC) pode reduzir custo de captação de recursos em quase 70%, diz chefe de ativos digitais do BTG

“Empresas pequenas e médias têm menor possibilidade de acesso ao mercado de capitais, muito por causa dos custos envolvidos”, comenta

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies