A AÇÃO QUE ESTÁ REVOLUCIONANDO A INFRAESTRUTURA DO BRASIL E PODE SUBIR 50%. BAIXE UM MATERIAL GRATUITO

Vinícius Pinheiro
O melhor do Seu Dinheiro
Vinícius Pinheiro
2021-02-25T09:13:05-03:00
O melhor do Seu Dinheiro

O futuro dos fundos imobiliários e uma estreia no Seu Dinheiro

25 de fevereiro de 2021
9:13
Selo O Melhor do Seu Dinheiro; investimentos
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

Em janeiro do ano passado, a redação do Seu Dinheiro havia acabado de deixar o “coworking” onde ficou praticamente desde a estreia do site para alugar um espaço em um prédio comercial.

Mas nem deu tempo de curtir o “sonho da sala própria”. Com a pandemia da covid-19, dois meses depois já estávamos todos em esquema de home office.

Nesse meio tempo, a nossa CEO Marina Gazzoni recebeu uma proposta irrecusável: ocupar um espaço ainda melhor e pagando menos em um dos edifícios mais bacanas da Avenida Faria Lima.

Atualmente, os jornalistas da "firma" trabalham em um esquema alternando dois dias de trabalho presencial e os outros em casa.

Assim como o Seu Dinheiro, praticamente todas as empresas tiveram de reavaliar em algum momento o tamanho e a função dos escritórios diante do “novo normal” imposto pela pandemia.

Essa transformação afetou diretamente o mercado de fundos imobiliários, em especial aqueles que são donos de lajes corporativas. Não por acaso, as cotas desses FIIs sofreram bastante na bolsa em 2020.

Mas e agora, com a chegada das vacinas, existem oportunidades entre os fundos que investem em edifícios comerciais? Quem vai responder a essa questão é o Caio Araujo, o mais novo colunista do Seu Dinheiro.
 Especialista da Empiricus responsável pela cobertura dos FII, o Caio vai trazer todos os meses as melhores ideias de investimento no mercado imobiliário. Então eu recomendo muito que você confira a indicação de estreia da coluna Décimo Andar.

O que você precisa saber hoje

MERCADOS

Foi mais um pregão instável e com direito a susto no final, mas o Ibovespa fechou ontem em alta de 0,38%, aos 115.667 pontos. O aceno do governo à pauta liberal, depois do estrago provocado pela troca no comando da Petrobras, ajudou a acalmar os ânimos. O dólar recuou 0,40%, para R$ 5,42.

O que mexe com os mercados hoje? O bom balanço da Petrobras e o envio ao Congresso do projeto de privatização dos Correios mantêm o clima interno positivo. Mas o tom da bolsa vai depender também dos dados da economia norte-americana com os temores de volta da inflação.

EMPRESAS

Em meio às discussões sobre a interferência do governo no comando da Petrobras e as consequências para a política de preços, a estatal fechou o quarto trimestre com um lucro líquido de R$ 59,9 bilhões e anunciou que pagará R$ 10 bilhões em dividendos.

Apesar da pandemia, a Ambev conseguiu registrar aumento das vendas no quarto trimestre, mas alertou para um aumento dos custos de produção de cerveja no Brasil em 2021, o que pressionará sua margem Ebitda.

Com quase 27 mil unidades vendidas no ano passado, o Brasil voltou a ser o maior mercado de caminhões da Mercedes-Benz no mundo. Para manter a liderança, a empresa alemã reafirmou o plano de investimentos no país. Veja os números.

ECONOMIA

Em mais uma investida para demonstrar que a agenda liberal do governo está de pé, o presidente Jair Bolsonaro foi ontem à Câmara dos Deputados para entregar pessoalmente o projeto de lei que abre caminho para a privatização dos Correios.

O dragão da inflação continua cuspindo fogo nesse início de ano, como mostra o IGP-M, que registrou alta de 2,53% em fevereiro, avançando 5,17% no acumulado de 2021.

Este artigo foi publicado primeiramente no "Seu Dinheiro na sua manhã", a newsletter diária do Seu Dinheiro. Para receber esse conteúdo no seu e-mail, cadastre-se gratuitamente neste link.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Investidores gostaram

Nubank (NU; NUBR33) sobe 20% após balanço, mas visão dos analistas é mista e inadimplência preocupa

16 de agosto de 2022 - 12:03

Investidores gostaram de resultados operacionais, mas analistas seguem atentos ao crescimento da inadimplência; Itaú BBA acha que banco digital pode ter subestimado o risco do crédito pessoal

RESQUÍCIOS DO IMPÉRIO

Limpando o nome: Entenda o leilão bilionário que pode acabar com as dívidas de Eike Batista

16 de agosto de 2022 - 11:35

Nesta terça-feira (16), devem ser conhecidas as propostas por um lote de debêntures da Anglo American; o lance mínimo é de R$ 1,25 bilhão

DE OLHO NAS REDES

Enquanto Nubank (NUBR33) deu prejuízo de quase US$30 mi, este ‘bancão’ teve lucro bem acima do esperado, é uma das ações mais baratas da bolsa e está prestes a depositar dinheiro na conta dos acionistas

16 de agosto de 2022 - 11:26

Nubank reportou mais um prejuízo no segundo trimestre deste ano e analista revela qual é a ação do bancão que superou as expectativas do mercado e está prestes a depositar uma bolada na conta dos acionistas; descubra

SÉRIE A DA B3

Ibovespa: 2ª prévia confirma três novas ações na carteira a partir de setembro; confira

16 de agosto de 2022 - 9:47

Os papéis da Arezzo CO (ARZZ3), Raízen (RAIZ4) e São Martinho (SMTO3) são confirmados na segunda prévia; JHSF (JHSF3) deve deixar o Ibovespa

MARKET MAKERS

O dilema da empresa XYZ: Entenda como o Magazine Luiza e a Via competem com novos concorrentes no e-commerce

16 de agosto de 2022 - 9:12

Barreiras de entrada são a força competitiva mais importante em um negócio. Na busca pela criação de barreiras, empresas como Magazine Luiza, Via Varejo, Americanas e Mercado Livre têm acirrado a disputa no setor

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies