Menu
O melhor do Seu Dinheiro
Ivan Ryngelblum
Jornalista formado pela PUC-SP, com pós-graduação em Economia Brasileira e Globalização pela Fipe. Trabalhou como repórter no Valor Econômico, IstoÉ Dinheiro e Agência CMA.
2021-01-22T09:56:11-03:00
o melhor do seu dinheiro

A bolsa não é a Serra Pelada

22 de janeiro de 2021
9:56
Selo O Melhor do Seu Dinheiro; investimentos
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

Sebastião Salgado se consagrou no mundo da fotografia com uma série de retratos que fez sobre a Serra Pelada. Na década de 1980, milhares de pessoas invadiram a região de Curionópolis, no sudeste do Pará, em busca de enriquecimento rápido através do garimpo do ouro. 

Leia também:

Se você ainda não teve a chance de ver as fotografias de Salgado, vale a pena procurar. Em preto e branco, elas retratam milhares de homens enlameados, em condições precárias de trabalho, cavando a terra em busca da tão sonhada pepita de ouro que mudaria suas vidas.

Muitos dos que estiveram lá apostaram tudo na empreitada para ganhar dinheiro. Teve gente que conseguiu, mas muitos ficaram sem nada. 

Sempre que me deparo com essas fotografias, fico impressionado. Além de serem um retrato das duras condições que muitos brasileiros vivem, elas impactam justamente por revelar esse sentimento de tudo ou nada, das pessoas apostando grande na busca de serem milionários. 

O sonho da riqueza fácil, numa única tacada, é sempre um perigo. É muito raro aqueles que conseguem ganhar dinheiro assim. A maioria constrói sua fortuna, seu patrimônio, com anos de dedicação e trabalho duro. 

É bom fazer esse alerta, porque tem muita gente com essa mentalidade entrando na bolsa. Longe de mim querer comparar a corrida do ouro de Serra Pelada com as pessoas entrando no mercado acionário, muito longe disso. 

O que estou querendo dizer é que investir na bolsa requer muito estudo e dedicação. Dificilmente se ganha dinheiro especulando, apostando tudo que a ação “x” vai subir ou cair. 

Nosso colunista Ruy Hungria fala um pouco mais sobre os perigos do sentimento “tudo ou nada” e compartilha com você como os grandes gestores atuam. Não deixe de conferir.

O que você precisa saber hoje

MERCADOS

 As preocupações a respeito do rumo das contas públicas voltaram a assombrar os investidores ontem, fazendo o Ibovespa fechar o dia com queda de 1,10%, aos 118.328,99 pontos, na contramão dos mercados internacionais. O dólar registrou alta de 0,98%, a R$ 5,3641.

O que mexe com os mercados hoje? As bolsas europeias e Wall Street reagem mal ao avanço da covid-19 e a dados mais fracos da indústria, mas o mercado brasileiro pode se descolar depois do desempenho ruim dos últimos dias e com notícias positivas sobre a vacina.

EMPRESAS

 As ações da Vale estão se beneficiando da valorização do minério de ferro, mas a empresa ainda tem um passivo enorme para resolver envolvendo Brumadinho. Por enquanto, a situação está longe de ser solucionada, com a mais recente tentativa de acordo com as autoridades terminando frustrada.

 Depois de registrar, em 2020, o melhor ano em termos de lançamentos desde 2016, a Gafisa projeta dobrar este número em 2021.​​​​​​​

 A Wiz e a Caoa estão se unindo para oferecer seguros na rede de concessionárias da montadora, representante das marcas Chery e Hyundai no Brasil. Veja mais detalhes sobre o acordo.

ECONOMIA

O BNDES aprovou um empréstimo de R$ 3 bilhões para a operadora do Lote Piracicaba-Panorama (PiPa), a maior concessão rodoviária do País, localizada em São Paulo.

 As mortes diárias por covid-19 ficaram acima de 1,3 mil pelo segundo dia seguido, de acordo com o Ministério da Saúde. Confira os números da pandemia no País.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Azul da cor do céu

Azul encerra 2020 com prejuízo de R$ 4,6 bilhões, mas com dinheiro em caixa

Com quase R$ 4 bilhões em caixa, o CEO da empresa acredita que na retomada para 2021 com boas perspectivas

o futuro já começou

Em breve, BRF vai vender carne cultivada em laboratório

Empresa assina memorando de entendimentos com startup israelense que desenvolve e produz carne a partir de células de boi

Exile on Wall Street

Uma dica de leitura e um pedido de ajuda

Conforme falei no Puro Malte, tenho muita dificuldade de ler livros de não ficção, especialmente em se tratando de Economia e Finanças. Boa parte desses livros caberia em dez páginas, sem qualquer demérito. As melhores ideias – simples e impactantes – conseguem se fazer entender em dez páginas. No entanto, por pressão do editor ou vaidade do […]

MERCADOS HOJE

Ibovespa sobe mais de 2% com avanço da PEC emergencial e votação do 2º turno ainda hoje; dólar recua

A queda no rendimento dos Treasuries no exterior também provoca uma reação positiva nos mercados emergentes. Lá fora, o mercado aguarda a fala de Jerome Powell na parte da tarde

óleo quente

Na frigideira, André Brandão deve deixar comando do Banco do Brasil

Notícias na mídia apontam nomes que podem substituir atual presidente do banco, que entrou em rota de colisão com Bolsonaro

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies