Menu
Julia Wiltgen
O melhor do Seu Dinheiro
Julia Wiltgen
Dados da Bolsa por TradingView
2021-02-10T20:14:20-03:00
seu dinheiro na sua noite

A bolsa é pop

10 de fevereiro de 2021
20:14
Selo O Melhor do Seu Dinheiro; investimentos
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

Mesmo com toda a volatilidade dos ativos de risco em 2020 devido a uma crise sem precedentes, o Brasil assistiu à entrada massiva de investidores pessoas físicas na bolsa de valores.

O número de “sardinhas” quase duplicou no ano do coronavírus, algo que era difícil de imaginar um ano atrás, quando as bolsas mundiais derretiam por conta da pandemia.

O mau desempenho do Ibovespa costuma afastar as pessoas físicas da bolsa. Tanto que, em janeiro, quando o índice caiu mais de 3%, a alta no número de CPFs na B3 foi muito modesta.

Porém, não só a bolsa brasileira assistiu a uma recuperação estrondosa de março até dezembro do ano passado, como o país também já passava por um fenômeno com uma força arrebatadora no sentido de empurrar o brasileiro para os ativos de risco: a menor taxa de juros da história.

O que mudou no perfil da pessoa física que investe em bolsa de 2019 para cá? E o que permanece mais ou menos igual? Nesta matéria, o Renan Sousa traz o perfil desses mais de 3 milhões de investidores.

MERCADOS

 O Ibovespa terminou o dia em queda de 0,87%, pesando o desaquecimento da economia evidenciado pelos dados do varejo e ainda em meio a uma indefinição quanto ao financiamento do auxílio emergencial. O dólar recuou 0,22% em um pregão marcado pela instabilidade, para R$ 5,37.

 As ações da Ultrapar recuaram depois que o Credit Suisse afirmou que os papéis da dona dos postos Ipiranga “não estão tão atraentes” e rebaixou sua recomendação para neutro. Veja o que dizem os analistas do banco

 Já os papéis da Totvs tiveram uma das maiores altas do Ibovespa no dia, na expectativa da divulgação do balanço após o fechamento e com relatório do BTG Pactual, que aumentou o preço-alvo para as ações da empresa de R$ 28 para R$ 38. Saiba por quê.

EMPRESAS

 O receio de interferência do governo nos preços dos combustíveis da Petrobras pode levar investidores a pagar menos pelas refinarias postas à venda pela estatal, segundo analistas ouvidos nesta reportagem

 A gestora Vitreo e a Inter Invest fecharam uma parceria para distribuir produtos antes exclusivos para seus próprios clientes, em um movimento que reforça a área de investimentos do banco Inter. Dois fundos de criptomoedas foram disponibilizados na plataforma do Inter hoje.

 A Klabin, maior produtora de embalagens do País, dobrou seu lucro líquido no quarto trimestre, mas fechou 2020 com prejuízo. O dólar foi herói e vilão dos resultados da companhia. Veja os principais números do balanço na matéria do Ivan Ryngelblum.

ECONOMIA

• A Câmara aprovou o projeto de autonomia do Banco Central, definindo mandatos do presidente e dos diretores da instituição com vigência não coincidente com o mandato do presidente da República. Falta ainda analisar os destaques propondo mudanças no texto.

 A economista-chefe do FMI, Gita Gopinath, afirmou nesta quarta que acredita que os ativos de risco estão sobrevalorizados com os mercados muito confiantes. Entenda a preocupação dela.

OPINIÃO

 Quanto o juro precisaria subir para você abandonar os ativos de risco e voltar correndo para a renda fixa conservadora? E quanto de volatilidade você tolera para ter uma rentabilidade maior num cenário de juro baixo? Na sua coluna de hoje, Felipe Miranda fala sobre como ele acredita que a tolerância do investidor pessoa física mudou de forma quase irreversível.

Este artigo foi publicado primeiramente no "Seu Dinheiro na sua noite", a newsletter diária do Seu Dinheiro. Para receber esse conteúdo no seu e-mail, cadastre-se gratuitamente neste link.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

RIQUEZA DIGITAL

Dancinha milionária: estrelas do TikTok já ganham mais do que grandes executivos nos Estados Unidos; veja quanto elas faturam

Os milhões de seguidores de alguns tiktokers são irresistíveis para as marcas, que acabam gastando muito dinheiro não só em anúncios como em suas linhas de produtos

DA REALIDADE PARA O NOVO DIGITAL

Walmart no metaverso: gigante do varejo dos EUA vai fabricar e vender no mundo virtual; entenda

Para ter um pé nesse universo, Nike e marcas de vestuário como Urban Outfitters, Ralph Lauren e Abercrombie & Fitch também entram com pedidos de marca registrada

PEGA LADRÃO!

Fechada na economia e aberta ao cibercrime: Coreia do Norte desvia milhões de dólares com ataques a plataformas de criptomoedas em 2021

Norte-coreano Lazarus ganhou notoriedade com invasões cibernéticas à Sony Pictures e à WannaCry. Grupo já foi sancionado pelos Estados Unidos e pela ONU

EFEITOS DO CLIMA

Usiminas (USIM5) retoma gradualmente atividades de mineração afetadas por chuvas em Minas Gerais

Segundo o grupo, os problemas ainda afetam empresas responsáveis pela cadeia de escoamento de minério

Conteúdo Empiricus

Dos R$2 mil aos R$100 mil em 12 meses com esta criptomoeda? Criptoativo criado por sócio de Steve Jobs faz parte do segmento que pode decolar e deixar o Bitcoin no chinelo após evento do dia 24 de janeiro

Ele fundou a Apple junto de Steve Jobs e agora criou uma nova criptomoeda que custa centavos e pertence ao ecossistema que pode saltar 5.000% em 2022 e enriquecer os seus investidores

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies