Menu
André Franco
Crypto News
André Franco
É engenheiro e especialista em criptomoedas da Empiricus
Dados da Bolsa por TradingView
2021-06-16T17:39:40-03:00
CRYPTO NEWS

Calibre as probabilidades antes de lançar os dados e investir em bitcoin

Vivemos em um mudo probabilístico até que alguns dos fatos se concretizem e a moeda (ou bitcoin) vire cara

16 de junho de 2021
17:39
Financial,Charts,With,Words,Buy,&,Sell,And,Dice,Cubes
Imagem: Shutterstock

Tenho para mim que o processo do entendimento de uma nova tecnologia é lento e dificilmente a compreendemos totalmente quando ela é apresentada ao mundo.

O computador era apenas uma máquina que fazia cálculos mais rápidos e poderia ajudar a aumentar a eficiência na hora de fazer contas.

A internet era só um meio de trocar cartas de maneira eletrônica com o mundo todo sem o custo de envio.

O celular era só um meio de comunicação eficiente que poderia ser levado para qualquer lugar.

O bitcoin era só um dinheiro digital que permitia às pessoas transacionar valor sem a necessidade de um intermediário.

No entanto, todas essas premissas básicas foram mudando ao longo do tempo e evoluindo para novas descrições que de fato tiveram o poder de transformar o mundo.

Além disso, todas elas foram desacreditadas em algum momento por apresentar falhas ou até pela falta de entendimento dos seus detratores.

Para aqueles que falavam que o bitcoin nunca seria moeda oficial circulante em um país, El Salvador mostrou que eles estavam errados.

Agora podem até falar que essa jurisdição é insignificante na economia mundial e que nunca um país com relevância fará o mesmo, mas estarão errados em algum momento no futuro.

As tecnologias disruptivas carregam essas dúvidas consigo e até por isso o seu potencial de retorno é gigantesco.

Isso porque, sem as dúvidas, não existe espaço para a visão futura e no lugar dela está uma realidade.

Por exemplo, você acha possível que a internet deixe de ser usada algum dia por livre e espontânea vontade dos usuários?

Esse tipo de dúvida paira sobre os criptoativos, por mais que alguns deles, na minha visão, já tenham aberto a caixa de Pandora. Mesmo que não deem certo, alguns dos seus pares triunfarão.

Por isso recomendo sempre cuidado em cravar um cenário negativo como certeza, ou até o contrário.

Vivemos em um mudo probabilístico até que alguns dos fatos se concretizem, até que a moeda vire cara, até que o dado tenha a face virada para cima.

Antes de jogar a moeda e de lançar o dado, temos apenas as probabilidades em nossas mãos.

É com elas em mente que devemos fazer nossas escolhas.

Por isso o seu portfólio deve ter cripto em um percentual que julgue adequado para a probabilidade de esse universo não ter mais volta.

Entre 1% e 5% é o ideal, não é necessário mais do que isso. O universo cripto é bastante assimétrico e uma alocação simples como essa pode ajudar a montar uma carteira que bate o mercado.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Mesa Quadrada

Comentarista da ESPN Paulo Antunes fala da sua paixão por futebol americano e experiência no mercado financeiro

Ele conta sobre suas aventuras na cobertura de futebol americano e basquete e ainda revela seus investimentos na Bolsa em novo episódio do podcast Mesa Quadrada

Garantindo a oferta

Crescem ofertas de ações com reserva antecipada

As ancoragens normalmente conseguem atrair mais investidores, numa espécie de chancela prévia, com potencial impacto positivo no preço da ação.

alto escalão

Fleury: CFO Fernando Leão renuncia ao cargo e será substituído por José Filippo

O Fleury informou que os dois executivos trabalharão juntos em um processo de transição estruturado que se terminará em dia 31 de agosto.

brumadinho

Sindicato recorre e indenização da Vale pode chegar a R$ 3 mi a cada morto em MG

Em nota, a Vale reiterou que está comprometida em indenizar as famílias das vítimas da tragédia de Brumadinho de “forma rápida e responsável”

A bolsa como ela é

3 pegadinhas em balanços de empresas da bolsa que você deve ficar de olho

Não precisa ser um Sherlock Holmes para avaliar os resultados de empresas listadas – embora o trabalho de analista guarde muitas semelhanças com o de um detetive

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies