IPCA + 8% e outros títulos ‘premium’: receba as melhores ofertas de renda fixa no seu WhatsApp

Cotações por TradingView
2021-03-18T10:07:45-03:00
Estadão Conteúdo
Encolhimento

Lucro líquido da Caixa vai a R$ 13,169 bilhões em 2020, queda de 37,5% em comparação com 2019

Último grande banco brasileiro a abrir seus números, que trouxe marcas da pandemia, entregou um resultado operacional bem mais fraco, menores margens financeiras e ainda o reforço no colchão para perdas com calotes por conta da covid-19

18 de março de 2021
10:07
caixa coronavírus fila
Paudalho, Pernambuco - 27 de abril de 2020: Fila de pessoas em frente ao Banco Caixa Econômica aguardando sacar o auxílio emergencial. - Imagem: Shutterstock

A Caixa Econômica Federal viu seu lucro líquido encolher 37,5% em 2020 na comparação com 2019, para R$ 13,169 bilhões, em um ano que foi peça chave para o governo Bolsonaro ao capitanear o pagamento do auxílio emergencial no País.

Último grande banco brasileiro a abrir seus números, que trouxe marcas da pandemia, entregou um resultado operacional bem mais fraco, menores margens financeiras e ainda o reforço no colchão para perdas com calotes por conta da covid-19.

O balanço do quarto trimestre de 2020, porém, já esboça uma reação. No período, a Caixa entregou lucro líquido de R$ 5,671 bilhões, elevação de 15,8% em relação ao mesmo intervalo de 2019. Ante os três meses imediatamente anteriores, o desempenho foi ainda melhor, com um salto de 200% nos resultados.

A carteira de crédito do banco, no conceito amplo, alcançou saldo de R$ 787,422 bilhões ao fim de dezembro último, alta de 4,1% ante setembro. Em um ano, o avanço chega a 13,5%. A expansão resulta do esforço do banco público para apoiar pessoas físicas e pequenas empresas durante a crise. Dentre outras ações, a Caixa foi um dos atores de programas de crédito do governo Bolsonaro criados para por conta das medidas de restrição de mobilidade para conter o vírus no Brasil.

Na habitação, da qual é líder isolada no Brasil, os empréstimos foram a R$ 510,636 bilhões no quarto trimestre de 2020, alta de 2,4% em relação ao terceiro. No acumulado do ano passado, o avanço foi de 9,8%.

A Caixa encerrou 2020 com R$ 1,450 trilhão em ativos totais, elevação de 12,1% em relação a 2019. Seu patrimônio líquido foi a R$ 92,821 bilhões, aumento de 15,1%, na mesma base de comparação.

Em linha com bancos privados, a rentabilidade da Caixa encolheu. O retorno sobre o patrimônio líquido médio do banco (ROE, na sigla em inglês) foi de 15,18% no quarto trimestre, um declínio de 10,94 pontos porcentuais na comparação anual. Em relação aos três meses anteriores, entretanto, teve alta de 0,98 p.p.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Cortou demais?

Após demitir mais da metade dos funcionários do Twitter, Elon Musk avisa: “Estamos contratando”

27 de novembro de 2022 - 15:40

Em postagem na rede social, Musk também revelou alguns pontos-chave de como funcionará o chamado Twitter 2.0

Varejo online

Black Friday teve vendas mais fracas no e-commerce neste ano, apontam consultorias

27 de novembro de 2022 - 13:01

Especialista diz que é preciso considerar que, neste ano, o cenário pandêmico possibilitou abertura de lojas físicas, o que pode ter afetado as vendas online

Alívio para o bolso

Preço da gasolina para de subir após 6 semanas de alta

27 de novembro de 2022 - 10:22

De acordo com a ANP, preço médio do litro de gasolina nas bombas foi de R$ 5,04 na semana entre os dias 20 e 26 de novembro

Acumulou!

Ninguém acerta apostas e Mega-Sena, Lotofácil e Quina acumulam; confira como aumentar suas chances de ganhar

27 de novembro de 2022 - 8:22

Embora ninguém tenha acertado as apostas principais, alguns sortudos quase chegaram lá — confira os números sorteados

IVAN SANT'ANNA

Lula x Mercado: quem vence essa batalha?

27 de novembro de 2022 - 8:11

Recém eleito para um terceiro mandato como presidente, Lula tem dado declarações que desagradaram o mercado. É possível um consenso?

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies