Menu
2020-01-31T08:57:08-03:00
Estadão Conteúdo
sob suspeita

Cade investiga possível cartel de BRF e JBS

Suspeita é que as duas empresas possam ter feito um conluio no mercado de aves para repassar, de forma coordenada, o aumento do preço do milho no mercado doméstico

31 de janeiro de 2020
8:57
Frango fábrica
Imagem: Alf Ribeiro / Shutterstock.com

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) abriu ontem investigação contra a JBS e a BRF para investigar conduta anticoncorrencial. A suspeita é que as duas empresas possam ter feito um conluio no mercado de aves para repassar, de forma coordenada, o aumento do preço do milho no mercado doméstico.

A investigação, em fase inicial, tem como base notícias da imprensa relativas a declarações dadas pelo presidente da BRF, Lorival Luz, e pelo CEO da JBS, Gilberto Tomazoni, em um seminário nessa quinta-feira, 30, em São Paulo. Em suas falas, ambos executivos sinalizaram que aumentariam os preços de seus produtos para compensar o aumento no valor do milho.

Procuradas, a BRF e JBS informaram que não foram notificadas pelo Cade. A JBS rechaça qualquer alegação de prática de cartel. A BRF diz que está à disposição para esclarecimentos.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

Insights Assimétricos

Preparado para a Super Quarta? O que você precisa saber antes das decisões do Fed e do Copom sobre juros

Um ajuste dos juros, mantendo-os ainda abaixo do neutro (entre 5,5% e 6,5%), seria salutar. Uma alta para além disso, contudo, poderá comprometer a retomada brasileira

Caçadores de tendências

Itaú Asset lança mais 3 ETFs com foco em inovação nas áreas de saúde, tecnologia e consumo dos millennials

Gestora do Itaú agora aposta em índices de empresas globais ligadas a tendências de consumo que estão mudando a sociedade

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

As ações das novas petroleiras valem a pena?

Nos recentes movimentos de rotação de carteiras nos mercados, temos nos deparado com a dicotomia Velha Economia (empresas de segmentos tradicionais) e Nova Economia (empresas ligadas à tecnologia e novas formas de consumo). Dentro do que se convencionou chamar de Velha Economia, temos visto o destaque das empresas de commodities, justamente o forte do Brasil. […]

Problemas no paraíso

Cesp, Engie, AES Brasil e mais: seca reduz brilho de ações do setor de geração hídrica

Com menos água, as empresas geram menos em hidrelétricas, mas não ficam livres de cumprir os contratos de fornecimento de energia

Jabuti do bem?

MP da Eletrobras: contratação de térmicas a gás pode diminuir conta de luz, diz estudo da Abegás

A medida vem sendo criticada pela maioria das elétricas, que alegam que ela vai na contramão da modernização e competitividade do setor

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies