2020-03-04T07:09:05-03:00
ficou para hoje

Congresso conclui análise de vetos a orçamento impositivo nesta quarta-feira

Para a próxima semana, os congressistas devem votar os três projetos encaminhados pelo governo nesta terça regulamentando o orçamento impositivo

4 de março de 2020
7:04 - atualizado às 7:09
À mesa, presidente do Senado Federal, senador Davi Alcolumbre (DEM-AP). - Imagem: Roque de Sá/Agência Senado

O Congresso Nacional adiou para esta quarta-feira, 4, a conclusão da análise dos vetos presidenciais ao projeto que obriga o governo do presidente Jair Bolsonaro a pagar todas as emendas parlamentares indicadas neste ano. Há acordo entre líderes para manutenção dos vetos.

Para a próxima semana, os congressistas devem votar os três projetos encaminhados pelo governo nesta terça regulamentando o orçamento impositivo e definindo as regras para liberação e bloqueio do pagamento das emendas.

Inicialmente, tanto os vetos quanto os projetos seriam votados nesta terça. O presidente do Senado e do Congresso, Davi Alcolumbre (DEM-AP), cedeu a apelo de senadores que pediram mais tempo para análise das propostas. Os textos do Planalto, disse Alcolumbre, estavam previstos para serem encaminhados às 9 horas e chegaram ao Congresso às 17h05.

"Em uma hora não dá para analisar um texto encaminhado pelo Executivo sobre a regulamentação do orçamento impositivo", disse Alcolumbre durante a sessão. O presidente do Senado se reuniu inicialmente com senadores e depois levou o apelo de adiamento para o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

Há oito vetos na pauta do Congresso na sessão desta terça. Os parlamentares se posicionam sobre todos eles por cédula eletrônica e deverão registrar os votos ainda hoje.

Os dispositivos relacionados ao orçamento impositivo, porém, irão passar por uma nova votação no painel do plenário, com registro nominal dos parlamentar a favor e contra.

*Com Estadão Conteúdo

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente
Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

Pílulas do Mercado

Bitcoin levou ‘rasteira’: com até 200.000% no ano, criptos DeFi estão mudando o sistema financeiro – e podem te ajudar a enriquecer em 2022

Quem deixou de investir nas tecnologias que revolucionaram o planeta até hoje, ficou ‘chupando o dedo’ enquanto os espertos enriqueciam; agora, existe uma lista de criptoativos DeFi que está transformando as transações financeiras e que pode transformar R$ 500 em R$ 100 mil, R$ 5 mil em 1 milhão – conheça

MUDANDO A RECOMENDAÇÃO

Itaú BBA vê Gerdau (GGBR4) como ação defensiva, mas a siderúrgica que pode subir mais de 50% é outra; confira as apostas do banco

A queda de mais de 39% das ações da Usiminas abriram um bom ponto de entrada, segundo os analistas do Itaú BBA

Análise SD

Jogou a toalha? Azul (AZUL4) critica plano de recuperação da LATAM e dá a entender que não vai aumentar a proposta

A Latam pretende injetar mais de US$ 8 bi com as medidas de seu plano de recuperação judicial, cifra superior à proposta pela Azul (AZUL4)

bitcoin (BTC) hoje

Alívio com variante da covid-19 chega primeiro ao mercado de criptomoedas e bitcoin (BTC) volta aos US$ 57 mil

O mercado de criptomoedas, que não para nunca, sentiu o alívio ainda no final do sábado (27) e segue em alta hoje

Radiocash

“Esses 4 milhões de pessoas na Bolsa vieram para ficar”, diz Gustavo Cerbasi

Com 16 livros publicados e 1,5 milhão de seguidores no Instagram, o ex-professor universitário encara com cautela a fama, e rejeita alguns rótulos