Menu
Marina Gazzoni
O melhor do Seu Dinheiro
Marina Gazzoni
É CEO do Seu Dinheiro
2020-02-28T09:17:33-03:00
Tudo que vai mexer com seu dinheiro hoje

12 notícias para começar o dia bem informado

28 de fevereiro de 2020
9:16 - atualizado às 9:17
O Melhor do Seu Dinheiro; investimentos
Imagem: Andrei Morais/Seu Dinheiro

O coronavírus continua a estragar o clima. Não tem jeito: lave bem as mãos, use álcool gel e tenha sangue frio na hora de mexer com seus investimentos. Os próximos dias devem ser bem turbulentos nos mercados.

O coronavírus segue no topo do noticiário. Também não ajuda o investidor essa briga de Jair Bolsonaro com a imprensa e com o Congresso.

Há tempos não caía tão bem a frase do colega Chico Pinheiro: “Graças a Deus, hoje é sexta-feira!”

O que você precisa saber hoje:

MERCADOS

A bolsa teve mais um dia de queda firme: o Ibovespa recuou 2,59% ontem, aos 112.983,54 pontos. O dólar à vista registrou mais um recorde nominal: R$ 4,4759, numa alta de 0,78%.
O que mexe com os mercados hoje? O avanço do coronavírus continua assustando os investidores. Aqui no Brasil há 132 casos suspeitos, segundo o Ministério da Saúde. Na Ásia, as bolsas fecharam em queda firme. Os índices futuros em Wall Street amanhecem no negativo e o índice pan-europeu Stoxx-600 caminha para sua pior semana em mais de uma década. 

 Com a moeda americana flertando os R$ 4,50, o Banco Central fará uma sequência de leilões para segurar o câmbio. Essas operações são feitas para dar liquidez em momentos de alta volatilidade e segurar o câmbio. Até dia 21 de fevereiro, o BC perdeu R$ 4,5 bilhões com essas transações.

INVESTIMENTOS

 Fundos imobiliários ou ações de properties: qual a melhor forma de investir no mercado imobiliário? A gestora RBR fez um estudo comparando apenas as estruturas de cada veículo para entender qual pode entregar um retorno melhor para o investidor.

 Que a poupança não é lá essas coisas todo mundo já sabe. Mas o fato é que nos tempos não tão distantes em que ela entregava juros de dois dígitos estava bom para muita gente. No “Sextou com o Ruy” de hoje, o nosso colunista Ruy Hungria discute as mudanças que a queda da taxa de juros provocaram na vida do investidor. 

CONTEÚDO PATROCINADO
• Aqui está um jeito de lucrar ao mesmo tempo em que você protege seus investimentos. Saiba mais

EMPRESAS

A Petrobras iniciou o processo de venda toda a sua participação na holding Gaspetro e nos campos de Merluza e Lagosta.
 A administradora de shoppings centers Iguatemi vai emitir R$ 264 milhões em debêntures. ​​​​​​​

 A empresa de geração de energia AES Tietê registrou um lucro líquido de R$ 300 milhões em 2019 - uma alta de 4,2% em relação ao ano anterior. 

A Santher, dona do papel higiênico Personal, foi vendida aos grupos japoneses Daio Paper e Marubeni por R$ 2,3 bilhões.

O presidente Jair Bolsonaro voltou a criticar o Congresso e a imprensa em transmissão via Facebook ontem. Ele também afirmou que “não vai renunciar”. 

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

ARMADILHAS FINANCEIRAS

Dois investimentos que parecem uma boa, mas são ‘cilada’

As armadilhas costumam travestir-se de “grandes retornos, com baixo risco”.

Coronavírus

Brasil atinge 100 mil mortos por covid-19; STF decreta luto de 3 dias

Enquanto isso, Bolsonaro destaca 2 milhões de recuperados

Balanço

Lucro da Berkshire Hathaway, de Warren Buffett, sobe 87% no 2º trimestre

Recuperação do mercado de ações teve bons reflexos no balanço da companhia do megainvestidor Warren Buffett, mas no ano a empresa ainda amarga prejuízo

Às vésperas do orçamento

Ministros pedem mais recursos a Guedes

Sob pressão interna para ampliar os gastos como forma de combater os efeitos econômicos da covid-19, o ministro da Economia, Paulo Guedes, precisa entregar o Orçamento do ano que vem até o dia 31 deste mês

Entrevista

Meirelles: ‘A raiz da pressão por aumento de gastos é sempre a mesma, eleição’

Em entrevista ao Estadão, Henrique Meirelles lembra que o País tem pouca memória e que quebrar o teto levaria a uma crise muito maior do que a de 2015

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu