Menu
O melhor do Seu Dinheiro
Victor Aguiar
2020-07-11T11:44:33-03:00
O melhor do Seu Dinheiro

MAIS LIDAS: O canto da sereia

Uma matéria alertando para os riscos do day trade foi a mais lida desta semana no Seu Dinheiro

11 de julho de 2020
11:44
O Melhor do Seu Dinheiro; investimentos
Imagem: Andrei Morais/Seu Dinheiro

Uma entidade mágica, tão bela quanto perigosa, tenta seduzir os marujos de primeira viagem. Estou falando do bull market, cujo canto é irresistível para os novatos do mercado financeiro: "atire-se às águas da bolsa; os lucros são fáceis e o enriquecimento é rápido".

E, realmente, o chamado é atrativo: em tempos de pandemia e dificuldade econômica, a pujança do Ibovespa é fascinante — o índice já acumula ganhos de mais de 50% desde março, recuperando o marco simbólico dos 100 mil pontos na última sexta-feira (10).

Em tese, tudo é lindo: se as cotações não param de subir, qualquer um consegue fazer dinheiro — inclusive no chamado day trade, quando um investidor compra e vende ações no mesmo dia, buscando ganhos rápidos.

O detalhe é que o canto da sereia — ou do touro, como preferir — é ardiloso: os mares do mercado financeiro são cheios de armadilhas, e quem não trata as ondas com o devido respeito pode facilmente ser sufocado.

Eu não estou dizendo que você deva fazer como Odisseu, que se amarrou ao mastro do navio para não se deixar seduzir. O que eu defendo é que, antes de levantar a âncora do seu barco, você deve buscar conhecimento e informação — e, assim, não se deixar envolver por vozes belas e traiçoeiras.

A história trágica de um investidor iniciante foi a mais lida da semana no Seu Dinheiro: o Ricardo Mioto explicou o que aconteceu, chamando a atenção para os perigos do day trade. Para ler esse texto, é só clicar aqui.

Mas, antes de passarmos ao ranking das matérias mais lidas dos últimos dias, eu quero fazer um convite a todos vocês: já está no ar a nova coluna do Robert Kiyosaki, autor do best seller "Pai Rico, Pai Pobre". Neste sábado, ele fala sobre a educação financeira para crianças — uma ferramenta eficiente para diminuir a atratividade do canto da sereia.

Veja as 5 notícias mais lidas da semana:

  1. A saúde mental do investidor e o jogo perigoso do day trade para iniciantes
  2. Bradesco está na reta final para comprar participação no C6 Bank, diz jornal
  3. No ônibus e no hotel, a Marcopolo quer garantir as suas férias sem coronavírus
  4. Os melhores fundos imobiliários para investir em julho segundo 7 corretoras
  5. Berkshire Hathaway, de Warren Buffett, faz primeira aquisição desde a explosão do coronavírus
Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

de olho nos balanços

Cosan, Itaúsa e BTG: os balanços que mexem com o mercado nesta terça-feira

Empresas do Ibovespa revelaram os resultados do segundo trimestre, período totalmente impactado pela pandemia

Insights Assimétricos

Como navegar e obter retorno no mundo de juros baixos e bolsa cara

Todo mundo quer múltiplo barato, mas ninguém quer esperar anos para que o crescimento, hoje já no preço, seja entregue ou sentir na pele uma grande correção nos preços como a vista em março. Qual a saída?

dados do coronavírus

Covid-19: Brasil tem 3,05 milhões de casos e 101,7 mil mortes

Desde o início da pandemia, o Brasil acumula 3.057.470 casos de covid-19, conforme balanço diário divulgado hoje (10) pelo Ministério da Saúde

reforma tributária

Alíquota de CBS pode ser revista se for exagerada, diz Guedes

O ministro da Economia, Paulo Guedes, voltou a dizer que a alíquota de 12% prevista para a Contribuição sobre Bens e Serviços (CBS) poderá ser revista caso se mostre “exagerada”

fatia de 6%

Azul vende participação de 6% na TAP para governo português por ao menos 10,5 milhões de euros

A venda da participação indireta de 6% teve valor total de, ao menos, 10,5 milhões de euros, com eliminação do direito de conversão dos bônus seniores detidos pela Azul de 90 milhões de euros com vencimento em 2026

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu