Menu
Julia Wiltgen
O melhor do Seu Dinheiro
Julia Wiltgen
Dados da Bolsa por TradingView
2020-11-17T20:14:28-03:00
seu dinheiro na sua noite

Ibovespa aos 110 mil pontos de presente de Natal?

17 de novembro de 2020
19:46 - atualizado às 20:14
Selo O Melhor do Seu Dinheiro; investimentos
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

O ano de 2020 certamente ficará marcado na História, mas também na história pessoal de quem sobreviveu a ele. Contra todo o relativo conforto a que estávamos acostumados na nossa sociedade “moderna” e “civilizada”, tivemos que enfrentar uma pandemia global e uma crise econômica para as quais definitivamente não estávamos preparados (talvez devêssemos estar, mas essa é outra discussão).

Quando tudo começou, o prognóstico à frente era dos piores, tanto para o número de mortes por coronavírus quanto para os números da economia e dos mercados.

Muitos de nós torceram para que o ano acabasse logo, como se um vírus tivesse alguma noção de calendário e fosse dar uma trégua só porque virou o ano. Mas bem, nós humanos somos animais cíclicos, então as nossas celebrações das estações, dos fins e dos começos fazem sentido para organizarmos a vida.

Com o passar do tempo, as nuvens foram se dissipando, algumas esperanças (vacinas) foram surgindo no horizonte, fomos aprendendo a lidar com a ameaça microscópica à nossa saúde e agora as projeções já se revelam bem melhores do que teríamos sido capazes de imaginar lá no mês de março.

Pois aqui estamos, a um mês e meio do fim de 2020 (já montou sua árvore de Natal?), Ibovespa novamente acima de 100 mil pontos, e o mercado projetando que o principal índice da bolsa brasileira pode terminar esse ano na casa dos 110 mil pontos (ou além).

Pelo menos é isso que mostra um tradicional levantamento feito pelo Bank of America com gestores de fundos latino-americanos. A grande maioria deles está otimista para esta reta final, que não chegaria a recuperar totalmente as perdas do ano, mas reduziria todo o estresse de 2020 a uma desvalorização modesta. Quem diria, hein?

Confira as projeções dos grandes investidores consultados pelo BofA para bolsa, dólar e inflação nesta matéria do Ivan Ryngelblum.

MERCADOS

 O apetite dos gringos levou a bolsa brasileira a subir novamente hoje: o Ibovespa fechou acima dos 107 mil pontos, com Petrobras e Vale avançando de maneira consistente. O dólar terminou o dia em queda, como você confere na nossa cobertura de mercados

 Elon Musk, criador da Tesla e da SpaceX, está ficando ainda mais rico. As ações da montadora criada pelo bilionário dispararam após o anúncio de que a empresa fará parte do S&P 500. Saiba mais.

EMPRESAS

 Após uma intensa disputa e muita polêmica sobre governança corporativa, os acionistas da Linx aprovaram, há pouco, a venda da companhia para a Stone. Pouco antes da assembleia de acionistas que levou à decisão, a Stone já havia elevado o valor da sua proposta.

 A Rede D’Or São Luiz se prepara para realizar o que deve ser o maior IPO deste ano e o segundo maior da história do mercado de capitais brasileiro. O grupo hospitalar divulgou hoje o prospecto da operação indicando o preço por ação.

 O Santander avalia fazer uma cisão parcial da GetNet, seu negócio de maquininhas de cartão. A empresa também seria listada na B3, e os atuais acionistas do banco receberiam ações da nova companhia. Veja o que dizem os analistas do Credit Suisse sobre a ideia

 A superintendência do Cade aprovou sem restrições a aquisição da Reserva pela Arezzo. Anunciado em outubro, o negócio é avaliado em R$ 715 milhões.

ECONOMIA

 Depois da alta nos preços dos alimentos nos últimos meses, o Ministério da Economia aumentou sua projeção para a inflação medida pelo IPCA em 2020. A estimativa saiu de 1,83% para 3,13%. A projeção para 2021 também mudou.

 O governo federal extinguiu a estatal Companhia de Armazéns e Silos do Estado de Minas Gerais (Casemg). Confira os motivos para a medida nesta matéria e saiba qual a próxima estatal na lista de liquidações do governo.

 Fique ligado e ajuste seu relógio! Não, não se trata do retorno do horário de verão. O Banco Central mudou o horário da divulgação do resultado das reuniões do Copom de 18h para 18h30. Saiba o motivo da alteração.

OPINIÃO

 Felipe Miranda anda mostrando, nas suas últimas colunas, um misto de otimismo e alívio pela expectativa de um fim de ano melhor que o inicialmente esperado. Hoje, ele também nos convida a uma reflexão sobre o verdadeiro ESG, pelo exemplo de uma empresa brasileira vencedora e alinhada aos anseios do nosso tempo. Recomendo muito a leitura

Este artigo foi publicado primeiramente no "Seu Dinheiro na sua noite", a newsletter diária do Seu Dinheiro. Para receber esse conteúdo no seu e-mail, cadastre-se gratuitamente neste link.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

De carona no foguete

Bitcoin volta a tocar patamar dos US$ 40 mil; Confira o que está impulsionando o mercado hoje

De acordo com especialistas, o índice do medo do bitcoin se mantém neutro depois de passar dois meses na zona vermelha

Fartura nos resultados

Trimestre apetitoso! McDonald’s supera expectativas do mercado e registra lucro de US$ 2,22 bilhões

Com ajustes, o lucro por ação somou US$ 2,37 e ficou acima da previsão de analistas consultados pela FactSet, de US$ 2,11

O melhor do seu dinheiro

Entrevista exclusiva com a Ânima, o fim de uma era no Santander e mais destaques desta quarta-feira

A pandemia da covid-19 acertou em cheio as empresas de educação privada na bolsa. Em meio à crise, muitos alunos que trabalhavam para pagar as mensalidades acabaram perdendo o emprego. O resultado no balanço das companhias foi o aumento na inadimplência e a queda no número de estudantes nos cursos de graduação. Mas como costuma […]

Lucro forte

Na Olimpíada dos balanços, a WEG foi ao pódio mais uma vez no segundo trimestre

A WEG novamente mostrou forte crescimento na receita líquida, Ebitda e lucro, auxiliada pela demanda forte no exterior e no Brasil

Balanço trimestral

Lucro da Pfizer atinge R$ 5,563 bi turbinado por venda de vacinas

O resultado é 59% maior do que o ganho de US$ 3,489 bilhões registrado em igual período do ano passado

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies