Menu
Vinícius Pinheiro
O melhor do Seu Dinheiro
Vinícius Pinheiro
2020-07-24T19:50:50-03:00
seu dinheiro na sua noite

As cartas que vão definir o futuro da AES Tietê

24 de julho de 2020
19:50
O Melhor do Seu Dinheiro; investimentos
Imagem: Andrei Morais/Seu Dinheiro

Certa vez o executivo de um banco me disse que as negociações de fusões e aquisições funcionam como uma espécie de jogo de pôquer. Nem sempre o vencedor é aquele que tem as melhores cartas.

O caso da AES Tietê é um exemplo de como funcionam as mesas desse pôquer corporativo. A empresa virou alvo de uma disputa ferrenha desde que a Eneva lançou uma oferta para incorporar a geradora de energia.

No papel, o negócio parece ótimo para ambas as empresas, que juntas formam uma companhia que vale mais de R$ 20 bilhões. A possibilidade de uma união inclusive ajudou a valorizar as ações na bolsa.

Só faltou combinar com o grupo norte-americano AES Corp, que detém a maior parte das ações com direito a voto da Tietê e não tem o menor interesse de abrir mão do controle da companhia.

Mas os americanos e a Eneva não estão sozinhos na mesa. Um dos maiores acionistas da AES Tietê é o BNDES, que anunciou a intenção de sair do jogo, ou seja, vender a sua participação para quem oferecer a melhor proposta.

Desde então o mercado passou a especular sobre a rodada que deve selar o destino do negócio. Depois de muito mistério, a Eneva mostrou ontem à noite as suas cartas.

Mas a nova oferta feita pela companhia frustrou o mercado, que agora vê a parada praticamente ganha para os americanos.

O possível resultado da partida fez as ações da AES Tietê despencarem na bolsa hoje. Eu conto para você por que o jogo virou contra a Eneva.

MERCADOS

 A tensão entre Estados Unidos e China e dados econômicos abaixo do esperado pesaram na bolsa. Mas o pacote de estímulos na União Europeia e o início das articulações para a reforma tributária por aqui ajudaram a aliviar o clima nos mercados ao longo da semana.

 Warren Buffett voltou às compras. A Berkshire Hathaway, holding do bilionário, adquiriu mais de US$ 800 milhões em ações do Bank of America só nesta semana, elevando a fatia no banco para cerca de 11,3%.

ECONOMIA

 O BC está vendo um fenômeno novo no câmbio. Segundo o diretor de Política Monetária, Bruno Serra, há uma volatilidade de curto prazo com o dólar que incomoda a autoridade, que vai ver o que pode fazer.

 Os governadores, quem diria, foram além do governo federal e defenderam uma reforma tributária mais abrangente. A proposta é que haja unificação de todos os impostos sobre o consumo.

EMPRESAS

 O presidente do Banco do Brasil, Rubem Novaes, renunciou ao cargo nesta sexta-feira e deve deixar o cargo em agosto. Ele justificou a saída por entender que o banco “precisa de renovação”.

 Foi uma reestreia para se esquecer. Após captarem dinheiro em ofertas na bolsa, os papéis das companhias Dimed e Irani tombaram forte no pregão de hoje. Os investidores acabaram ajustando o preço das ações ao valor da oferta.

 Na disputa pelas operações de telefonia móvel da Oi, a Highline larga com mais uma vantagem em relação ao grupo formado por Tim, Vivo e Claro: a aprovação dos órgãos reguladores. Saiba por quê.

INVESTIMENTOS 

 Felipe Neto e Gabriela Pugliesi revelaram lados opostos (e errados) sobre o que as pessoas acham da bolsa. Este é um dos assuntos do nosso podcast, que também fala da semana dos mercados. Aperte o play e confira!

 Com a popularização da bolsa, cresce a ideia de fazer grana do dia pra noite com daytrade (alô, Pugliesi!). Mas as chances de sucesso de um trader ocasional são baixas e, além de tudo, o ofício pode abalar a sua vida, como diz o Felipe Miranda

Este artigo foi publicado primeiramente no "Seu Dinheiro na sua noite", a newsletter diária do Seu Dinheiro. Para receber esse conteúdo no seu e-mail, cadastre-se gratuitamente neste link.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

FALTA DE PATRIOTISMO?

O Brasil é mesmo o pior país emergente para se investir?

A Bolsa russa cai 15% no ano, a mexicana 29% e a brasileira cai impressionantes 39%, todos em dólares.

Em 2009

Carlos Bolsonaro comprou imóvel por preço 70% abaixo do fixado pela prefeitura

A prática não é ilegal, mas costuma despertar suspeitas – por possibilitar, em tese, pagamentos “por fora”, sem registros oficiais.

Em expansão

E-commerce, mercado financeiro e delivery puxam contratações de executivos

Segundo dados do LinkedIn, houve 1.269 movimentações para cargos executivos entre março e agosto, 80% delas foram para esses setores.

Judiciário

Celso de Mello antecipa saída e acelera sucessão no STF

Com saída, abre-se a primeira vaga para indicação do presidente Jair Bolsonaro.

Mais lidas

MAIS LIDAS: De bolso cheio para brigar contra todos

Na semana em que o Seu Dinheiro completou dois anos no ar, refleti sobre quanta água rolou em tão pouco tempo. Foram muitos acontecimentos relevantes para os mercados, como eleição presidencial, guerra comercial de China e Estados Unidos, aprovação da Reforma da Previdência e a chegada do coronavírus. A Julia Wiltgen levantou o ranking de […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu