Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-08-22T17:02:58-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Se deu bem

Conselho da Anatel aprova termo que troca multas contra a TIM por iniciativas de melhora de atendimento

Acordo prevê a troca de R$ 627 milhões em sanções por uma série de iniciativas que a companhia deverá assumir e colocar em prática

22 de agosto de 2019
17:02
Fachada de loja da empresa de telefonia Tim
Imagem: Shutterstock

A TIM Brasil anunciou que o conselho diretor da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) aprovou nesta quinta, por unanimidade, o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) que prevê a troca de R$ 627 milhões em sanções aplicadas pelo órgão regulador por uma série de iniciativas da companhia voltadas para a melhoria do atendimento aos clientes, qualidade dos serviços e desenvolvimento da infraestrutura das redes.

Segundo comunicado divulgado pela tele, a principal contrapartida assumida pela TIM será o de levar banda larga móvel, por meio da rede 4G, a 366 municípios com menos de 30 mil habitantes, assim alcançando mais de 3,4 milhões de pessoas. Segundo a TIM, a nova infraestrutura será implementada em três anos - sendo mais de 80% nos primeiros dois anos - estando garantido pela companhia o regime de compartilhamento dessas redes com as demais prestadoras.

Além disso, o TAC também envolve o compromisso de aprimoramentos no processo de licenciamento das estações, uso eficiente de recursos de numeração, evolução dos canais digitais de atendimento, redução dos índices de reclamação, reparação de usuários e reforço de redes de transporte e de acesso.

Este é o primeiro grande TAC firmado pela Anatel com as operadoras após as tentativas fracassadas de Oi e Telefônica. No entanto, as multas discutidas pela TIM são bem menores do que das tentativas de TACs da Oi (R$ 5 bilhões) e da Telefônica (R$ 3,2 bilhões), que tiveram os pedidos negados em outubro de 2017 e abril de 2018, respectivamente.

No caso da Oi, a tentativa de acordo minguou depois que a operadora entrou em recuperação judicial e perdeu condições de apresentar as garantias financeiras exigidas pelo governo. Já a Telefônica propôs a troca das multas por investimentos em cidades com potencial de dar lucro e/ou que já eram atendidas parcialmente por outras operadoras. Isso feriu o propósito do ajustamento de conduta, na visão do governo, e gerou resistência das empresas locais.

Por sua vez, a TIM informou que o seu acordo seguiu o Decreto nº 9.612/2018, que dispõe sobre políticas públicas de telecomunicações, com priorização de atendimento de localidades que não possuam esta estrutura.

O TAC da TIM ainda precisa passar por análise do Tribunal de Contas da União (TCU) e o valor de referência poderá ser corrigido, de acordo com a regulamentação aplicável.

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

DE OLHO NA BOLSA

Esquenta dos mercados: Bolsas no exterior operam sem direção definida de olho na inflação dos EUA e Ibovespa mira em coletiva de Paulo Guedes hoje

Depois de recuperar força e encerrar aos 112 mil pontos ontem (27), a bolsa brasileira deve ter dia positivo com a divulgação do resultado primário do governo e a coletiva do ministro da Economia

Sextou com o Ruy

Investindo em startups: empresas iniciantes podem trazer ganhos absurdos com uma grande tacada, mas ela precisa ser certeira

Antes destinado para milionários, hoje em dia já existe plataforma aberta para você investir em startups com grande potencial de valorização. E com aportes tão pequenos quanto R$ 1 mil.

Mais de 200 empresas

A temporada de resultados vem aí: confira o calendário de balanços do quarto trimestre de 2021

A temporada de resultados do quarto trimestre começa nesta terça (1º). Confira o calendário de balanços feito pelo Seu Dinheiro

OFERTA ADIADA

Por que Petrobras (PETR4) e Novonor decidiram suspender a venda bilionária de participação na Braskem (BRKM5)

As duas empresas adiaram a oferta que poderia movimentar mais de R$ 8 bilhões com a venda de até 154,9 milhões de ações da petroquímica

FIM DA SUSPENSÃO

Volta do sistema do Banco Central para consulta de dinheiro ‘esquecido’ em bancos já tem data marcada; veja quando o SVR estará novamente no ar

Quem tiver valores a receber também será informado sobre a data em que poderá solicitar a transferência dos recursos para sua conta

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies