Menu
2019-06-07T18:42:46-03:00
Estadão Conteúdo
Passou sem restrições

Superintendência do Cade aprova operação entre Petrobras e ONGC

Operação consiste na cessão gratuita à Petrobras da participação de 25% detida pela ONGC na Concessão BM-BAR-1

30 de abril de 2019
14:46 - atualizado às 18:42
Petrobras
Operação ainda está sujeita à aprovação da ANP - Imagem: Shutterstock

A Superintendência Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou sem restrições a operação entre a Petrobras e a ONGC, que é a subsidiária brasileira do Grupo ONGC, da Índia, conforme despacho publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira, 30.

A operação consiste na cessão gratuita à Petrobras da participação de 25% detida pela ONGC na Concessão BM-BAR-1.

Segundo informações do parecer da superintendência, atualmente, a Petrobras já detém 75% da concessão. Assim, ao final da operação, a empresa passará a deter a integralidade dos direitos de exploração do Bloco BM-BAR-1.

A cessão dos direitos à exploração, desenvolvimento e produção de petróleo será formalizada por meio do Joint Operating Agreement ("JOA"), a ser celebrado entre a Petrobras e a ONGC.

Na justificativa estratégica do negócios, as empresas argumentam que a "operação representa uma oportunidade para a ONGC mitigar riscos exploratórios e a exposição do capital. Já a Petrobras vislumbra méritos geológicos que justificam o investimento na busca por hidrocarbonetos na área do bloco mencionado".

A operação, que está sendo notificada apenas no Brasil, ainda está sujeita à aprovação da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Triste marca

Brasil registra mais de 500 mil mortos por covid-19

Em 24 horas foram 2.301 óbitos e 82.288 novos casos. Em nota, Conass ressalta que o Brasil tem 2,7% da população mundial, e é responsável por 12,8% das mortes

Here comes the sun

Energia solar ruma para liderança no País até 2050

O sol será responsável por 32% da geração, ao mesmo tempo em que a participação das hidrelétricas deve cair para cerca de 30%

ESTRADA DO FUTURO

Os três setores mais lucrativos em tecnologia, e por que você deve investir neles

Integração entre softwares e Inteligência Artificial são dois dos segmentos que devem fazer parte de qualquer portfólio de investimentos vencedor

Ano de eleição

Promessas de Bolsonaro estouram “folga” do Orçamento em 2022

A ampliação do Bolsa Família e um eventual aumento de 5% nos salários do funcionalismo público já superam o espaço adicional de R$ 25 bilhões para o próximo ano

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies