Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-10-01T10:30:57-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
olho nos números

Produção industrial sobe 0,8% em agosto, mas acumula baixa no ano

Indicador subiu 0,8% em agosto, na série com ajuste sazonal, segundo o IBGE; em relação ao mesmo período do ano passado, queda foi de 2,3%

1 de outubro de 2019
10:29 - atualizado às 10:30
indústria
Imagem: Shutterstock

A produção industrial subiu 0,8% em agosto ante julho, na série com ajuste sazonal, divulgou nesta terça-feira, dia 1º, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

  • O Melhor Curso de Análise Gráfica está com INSCRIÇÕES ABERTAS. Vagas exclusivas e promocionais para leitores Seu Dinheiro, apenas por este link

Em relação a agosto de 2018, a produção caiu 2,3%. Nessa comparação, sem ajuste, as estimativas variavam de uma queda de 4,0% a 1,3%, com mediana negativa de 3,15%.

No ano de 2019, a indústria teve queda de 1,7%. No acumulado em 12 meses, a produção da indústria acumulou recuo de 1,7%.

Baixa em relação a 2018

Na comparação com agosto de 2018, o setor industrial assinalou recuo de 2,3% em agosto de 2019.

Segundo o IBGE, entre as atividades, veículos automotores, reboques e carrocerias (-5,8%), outros produtos químicos (-6,1%) e celulose, papel e produtos de papel (-8,4%) exerceram as maiores influências negativas na formação da média da indústria.

Ainda na comparação com agosto de 2018, entre as três atividades que apontaram ampliação na produção, as principais influências no total da indústria foram registradas por coque, produtos derivados do petróleo e biocombustíveis (5,0%) e produtos alimentícios (1,0%).

Ainda no confronto com igual mês do ano anterior, bens de consumo duráveis (-5,6%) e bens de capital (-3,7%) assinalaram, em agosto de 2019, os recuos mais acentuados entre as grandes categorias econômicas.

Em 2019, indústria acumula queda

Ainda segundo dados divulgados pelo IBGE, no índice acumulado para janeiro-agosto de 2019, frente a igual período do ano anterior, o setor industrial mostrou redução de 1,7%, com resultados negativos em uma das quatro grandes categorias econômicas, 16 dos 26 ramos, 47 dos 79 grupos e 55,2% dos 805 produtos pesquisados.

Entre as atividades, indústrias extrativas (-10,7%) exerceu a maior influência negativa na formação da média da indústria, pressionada, em grande medida, pelos itens minérios de ferro.

Entre as grandes categorias econômicas, o perfil dos resultados para os oito meses de 2019 mostrou menor dinamismo para bens intermediários (-2,8%), pressionada, sobretudo, pela redução verificada em indústrias extrativas (-10,7%), explicada, principalmente, pelos efeitos do rompimento de uma barragem de rejeitos de mineração na região de Brumadinho (MG).

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

do campo para a bolsa

AgroGalaxy (AGXY3) estreia em queda de 24%, após precificar ações no piso em IPO

Empresa de agronegócio já havia reduzido substancialmente o tamanho da oferta; analistas apontam risco de a companhia ser espremida por fornecedores

Temores atrapalham recuperação

Setor da construção é como uma Ferrari com freio de mão puxado, diz presidente da CBIC

Segundo a Câmara Brasileira da Indústria da Construção, o recorde de alta nos custos de materiais é um dos principais problemas no setor

VIAGEM AO ESPAÇO

Jeff Bezos foi ao espaço e você pode ganhar dinheiro com isso; descubra como

O Bilionário e fundador da Amazon fez um passeio de 10 minutos no espaço e isso pode te render dinheiro

Mudanças nas operações

China ordena a empresas de tecnologia que corrijam práticas anticompetitivas

O movimento faz parte de uma campanha regulatória de Pequim para reformar a forma como as maiores empresas de tecnologia operam

Dinheiro pra lá

Nubank lança serviço de transferências internacionais em parceria com a Remessa Online

Em geral, a remessa de dinheiro pelos bancos tradicionais costuma ser cara com taxa de transferência, Imposto sobre Operação Financeira (IOF) etc

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies