Menu
Vinícius Pinheiro
O melhor do Seu Dinheiro
Vinícius Pinheiro
2019-06-14T19:27:05-03:00
Seu Dinheiro na sua noite

Em busca da reforma perfeita

14 de junho de 2019
19:23 - atualizado às 19:27
Selo O Melhor do Seu Dinheiro; investimentos
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

Não há uma combinação de palavras mais nociva do que “bom trabalho”. A frase é de Terence Fletcher, o professor carrasco do conservatório de música do extraordinário filme “Whiplash – Em busca da perfeição”.

Com uma atuação assombrosa que rendeu um Oscar ao ator J.K. Simmons, o filme conta a história de um jovem baterista que cai nas (des)graças do tal professor quando entra para a banda do conservatório.

Eu me lembrei do filme hoje à tarde, após uma semana que caminhava para terminar com saldo positivo para o governo, apesar da avalanche de notícias e polêmicas no campo político.

Depois da apresentação do relatório da reforma da Previdência ontem, os investidores no mercado financeiro foram dormir ontem relativamente satisfeitos.

Afinal, o número de quase R$ 915 bilhões que deve ser a economia prevista nos próximos dez anos com o projeto pareceu de bom tamanho.

Só faltou combinar com os russos, quer dizer, com o Guedes. Assim como o professor de música em Whiplash, o ministro parece sempre em busca da perfeição. Além disso, é pouco dado aos meandros da negociação política.

Ao ser questionado sobre o que achou das mudanças feitas em relação à proposta original do governo para a Previdência, o Posto Ipiranga soltou o verbo.

Como em Brasília a banda toca em um tempo diferente, as declarações não pegaram nada bem e acabaram tumultuando o ambiente político até mais do que a greve de hoje contra a reforma. Confira o que o ministro disse e veja se você concorda com ele.

Gosto amargo na reta final

A semana parecia que ia terminar bastante positiva para o mercado de renda variável, mas bastou uma sequência de notícias negativas para abalar o otimismo na bolsa. No exterior, a política internacional voltou a azedar com o aumento das tensões políticas entre Estados Unidos e Irã. Mas veio de Brasília a dose extra de problemas, com o clima pesando após as declarações de Guedes sobre a reforma. O Victor Aguiar esteve atento a todos os impactos nas ações e conta para você o saldo final.

Habemus vencedor

Dinheiro não é tudo, nem mesmo no mercado financeiro. A corrida pela compra da Netshoes finalmente teve sua bandeirada, e na primeira posição estava o Magazine Luiza. Por US$ 115 milhões, os acionistas da empresa de artigos esportivos aceitaram bater o martelo. E olha que nem mesmo a oferta da Centauro, de US$ 127,3 milhões, foi capaz de mudar essa decisão. E nessa história toda, devo te dizer: prevaleceu o certo sobre o duvidoso. Entenda nesta matéria por que a empresa preferiu aceitar a oferta de menor valor.

A carta mágica

Quem diria que uma das mais longas negociações do mercado iria terminar por causa de uma carta. A correspondência enviada por Michael Klein (filho do fundador das Casas Bahia) selou o destino da Via Varejo. Depois de quase dois anos em busca de um comprador, o Pão de Açúcar acabou vendendo sua participação na empresa que é dona do Ponto Frio e das Casas Bahia para seu sócio minoritário no negócio. Os detalhes dessa história, claro, você confere no Seu Dinheiro.

A conta para os bancos

Você leu aqui na newsletter ontem que as ações dos bancos caíram com a notícia de que eles vão arcar com parte da conta das concessões feitas na reforma da Previdência. O relatório do deputado Samuel Moreira prevê o aumento de 15% para 20% na alíquota da CSLL para as instituições financeiras. Mas qual o impacto desse provável aumento de imposto nos lucros bilionários dos bancões? Os analistas do Goldman Sachs fizeram esse cálculo, e o resultado você confere nesta matéria que eu escrevi.

Se a reforma passar…

Já faz um tempo que o mercado vem pedindo que o Copom corte os juros para estimular a economia, mas até agora os diretores do Banco Central têm sido irredutíveis. A não ser que a reforma da Previdência passe no Congresso. Aí, meu amigo, as chances de um novo ciclo de queda na Selic vão passar de uma mera torcida. Tanto é que os analistas do Itaú já esperam uma redução expressiva na taxa caso o projeto passe pelo Congresso. Confira as projeções dos analistas do banco.

O sonho da criptomoeda própria

O que Facebook, Visa, Mastercard, PayPal e Uber têm em comum? O sonho de uma criptomoeda própria. Isso mesmo, você não leu errado. Essas empresas (e outras dezenas mais) se juntaram em um megaprojeto para lançar um novo irmãozinho para o bitcoin, e os investimentos prometem somar US$ 10 bilhões de dólares. A ideia por trás disso é impulsionar transações online e deve ser oficialmente lançada ainda neste mês. A Jasmine Olga foi investigar essa história e conta os detalhes para você.

Sobre reformas, vazamentos e corridas

Semana chegando ao fim, é hora de embarcar em mais um bate-papo no Podcast Touros e Ursos. E no cardápio da semana estão os assuntos que mais movimentaram os seus investimentos. Conversas de Sergio Moro vazadas, compra da Netshoes pelo Magalu e os embates em torno da reforma da Previdência, tudo isso você vai encontrar no happy hour do Seu Dinheiro. Prepara o fone de ouvido porque o Edu Campos, o Victor Aguiar e eu estamos te esperando!

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

FECHAMENTO

Ibovespa ignora tensão em Brasília e NY no vermelho e avança 1%; dólar também sobe

Enquanto as blue chips garantiram o bom desempenho do Ibovespa, o dólar avançou 0,84%, pressionado pelo noticiário em Brasília

Exaltou integração

Presidente do Banco Central não enxerga competição entre bancos e fintechs

Segundo Campos Neto, a integração entre as mídias sociais e o sistema financeiro é maior inovação que existe no momento

Menos pontos e milhas

Setor de empresas de fidelidade encolhe quase 30% em 2020

O segmento de fidelidade movimentou R$ 5,3 bilhões em 2020, segundo a Associação Brasileira das Empresas do Mercado de Fidelização (ABEMF)

Estamos em um novo ciclo de alta de commodities?

Por que está se falando tanto em commodities? Isso é o que Matheus Spiess te explica no vídeo de hoje. Observando o histórico de ciclos de alta de commodities, presenciamos ciclos de altas de preços nas matérias primas. E estudos dizem que estamos na beira de um SUPERCICLO. Vamos ao passado: Início de 1900: 2º […]

Controle total

Petrobras: Cade aprova venda da participação da estatal em eólica para FIP Pirineus

Após a assinatura do acordo de R$ 32,97 milhões, o FIP Pirineus passa a deter o controle unitário do empreendimento

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies