Menu
Vinícius Pinheiro
O melhor do Seu Dinheiro
Vinícius Pinheiro
2019-06-14T19:27:05-03:00
Seu Dinheiro na sua noite

Em busca da reforma perfeita

14 de junho de 2019
19:23 - atualizado às 19:27
O Melhor do Seu Dinheiro; investimentos
Imagem: Andrei Morais/Seu Dinheiro

Não há uma combinação de palavras mais nociva do que “bom trabalho”. A frase é de Terence Fletcher, o professor carrasco do conservatório de música do extraordinário filme “Whiplash – Em busca da perfeição”.

Com uma atuação assombrosa que rendeu um Oscar ao ator J.K. Simmons, o filme conta a história de um jovem baterista que cai nas (des)graças do tal professor quando entra para a banda do conservatório.

Eu me lembrei do filme hoje à tarde, após uma semana que caminhava para terminar com saldo positivo para o governo, apesar da avalanche de notícias e polêmicas no campo político.

Depois da apresentação do relatório da reforma da Previdência ontem, os investidores no mercado financeiro foram dormir ontem relativamente satisfeitos.

Afinal, o número de quase R$ 915 bilhões que deve ser a economia prevista nos próximos dez anos com o projeto pareceu de bom tamanho.

Só faltou combinar com os russos, quer dizer, com o Guedes. Assim como o professor de música em Whiplash, o ministro parece sempre em busca da perfeição. Além disso, é pouco dado aos meandros da negociação política.

Ao ser questionado sobre o que achou das mudanças feitas em relação à proposta original do governo para a Previdência, o Posto Ipiranga soltou o verbo.

Como em Brasília a banda toca em um tempo diferente, as declarações não pegaram nada bem e acabaram tumultuando o ambiente político até mais do que a greve de hoje contra a reforma. Confira o que o ministro disse e veja se você concorda com ele.

Gosto amargo na reta final

A semana parecia que ia terminar bastante positiva para o mercado de renda variável, mas bastou uma sequência de notícias negativas para abalar o otimismo na bolsa. No exterior, a política internacional voltou a azedar com o aumento das tensões políticas entre Estados Unidos e Irã. Mas veio de Brasília a dose extra de problemas, com o clima pesando após as declarações de Guedes sobre a reforma. O Victor Aguiar esteve atento a todos os impactos nas ações e conta para você o saldo final.

Habemus vencedor

Dinheiro não é tudo, nem mesmo no mercado financeiro. A corrida pela compra da Netshoes finalmente teve sua bandeirada, e na primeira posição estava o Magazine Luiza. Por US$ 115 milhões, os acionistas da empresa de artigos esportivos aceitaram bater o martelo. E olha que nem mesmo a oferta da Centauro, de US$ 127,3 milhões, foi capaz de mudar essa decisão. E nessa história toda, devo te dizer: prevaleceu o certo sobre o duvidoso. Entenda nesta matéria por que a empresa preferiu aceitar a oferta de menor valor.

A carta mágica

Quem diria que uma das mais longas negociações do mercado iria terminar por causa de uma carta. A correspondência enviada por Michael Klein (filho do fundador das Casas Bahia) selou o destino da Via Varejo. Depois de quase dois anos em busca de um comprador, o Pão de Açúcar acabou vendendo sua participação na empresa que é dona do Ponto Frio e das Casas Bahia para seu sócio minoritário no negócio. Os detalhes dessa história, claro, você confere no Seu Dinheiro.

A conta para os bancos

Você leu aqui na newsletter ontem que as ações dos bancos caíram com a notícia de que eles vão arcar com parte da conta das concessões feitas na reforma da Previdência. O relatório do deputado Samuel Moreira prevê o aumento de 15% para 20% na alíquota da CSLL para as instituições financeiras. Mas qual o impacto desse provável aumento de imposto nos lucros bilionários dos bancões? Os analistas do Goldman Sachs fizeram esse cálculo, e o resultado você confere nesta matéria que eu escrevi.

Se a reforma passar…

Já faz um tempo que o mercado vem pedindo que o Copom corte os juros para estimular a economia, mas até agora os diretores do Banco Central têm sido irredutíveis. A não ser que a reforma da Previdência passe no Congresso. Aí, meu amigo, as chances de um novo ciclo de queda na Selic vão passar de uma mera torcida. Tanto é que os analistas do Itaú já esperam uma redução expressiva na taxa caso o projeto passe pelo Congresso. Confira as projeções dos analistas do banco.

O sonho da criptomoeda própria

O que Facebook, Visa, Mastercard, PayPal e Uber têm em comum? O sonho de uma criptomoeda própria. Isso mesmo, você não leu errado. Essas empresas (e outras dezenas mais) se juntaram em um megaprojeto para lançar um novo irmãozinho para o bitcoin, e os investimentos prometem somar US$ 10 bilhões de dólares. A ideia por trás disso é impulsionar transações online e deve ser oficialmente lançada ainda neste mês. A Jasmine Olga foi investigar essa história e conta os detalhes para você.

Sobre reformas, vazamentos e corridas

Semana chegando ao fim, é hora de embarcar em mais um bate-papo no Podcast Touros e Ursos. E no cardápio da semana estão os assuntos que mais movimentaram os seus investimentos. Conversas de Sergio Moro vazadas, compra da Netshoes pelo Magalu e os embates em torno da reforma da Previdência, tudo isso você vai encontrar no happy hour do Seu Dinheiro. Prepara o fone de ouvido porque o Edu Campos, o Victor Aguiar e eu estamos te esperando!

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

estagnação

Ideia de que investimento público pode ser substituído é engano, diz ex-ministro da Fazenda

Bresser-Pereira disse que o Brasil vive há 40 anos uma situação de semiestagnação econômica por causa de uma redução do investimento público,

Crypto News

“O bitcoin está vencendo a revolução monetária da Covid-19”

Apesar de ter estudado a História de várias nações no ensino médio, não entendia nada de como as economias se comportavam com o passar do tempo.

em queda

Juros fecham em forte queda com notícia de que Bolsonaro desistiu de criar programa social em 2020

Alívio foi maior nas taxas futuras de longo prazo, que acompanham mais o risco fiscal. Agentes repercutem perspectivas de que governo deverá retomar o Bolsa Família em 2021. Produção industrial abaixo da esperada e perspectiva de privatizações ano que vem também embalam recuo

OTIMISMO

BofA projeta Ibovespa em 130 mil pontos em 2021 e diz que está sendo conservador

Banco acredita em pontuação maior, mas isso dependerá da situação fiscal estar ajustada, diz chefe de economia para Brasil

PODCAST TELA AZUL

Você controla seus investimentos numa planilha? Então veja isto

Essa semana, nós recebemos o Eduardo e o Gabriel, fundadores do Real Valor, o melhor aplicativo disponível para fazer a gestão dos seus investimentos pessoais.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies