Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-10-14T14:11:22-03:00
Estadão Conteúdo
Olha eles aí outra vez

Deputados favoráveis à reforma da Previdência defendem volta da capitalização e de Estados

Sessão para debates sobre o relatório na comissão especial da reforma da Previdência na Câmara contou com várias defesas dos pontos retirados

18 de junho de 2019
15:54 - atualizado às 14:11
Comissão especial sobre a reforma da Previdência na Câmara
Comissão especial sobre a reforma da Previdência na Câmara - Imagem: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

Em mais de cinco horas de sessão da Comissão Especial da reforma da Previdência, deputados favoráveis à reforma continuam defendendo o retorno da capitalização ao texto, além do enquadramento dos servidores de Estados e municípios nas novas regras para as aposentadorias.

O deputado Kim Kataguiri (DEM-SP) mais uma vez discursou a favor da inclusão dos entes federativos na reforma da Previdência. "Faço um apelo aos colegas para que a gente inclua os Estados e municípios na reforma", repetiu.

Para o deputado Alexis Fonteyne (Novo-SP), não adianta fazer reformas periódicas em um regime que, segundo ele, não funciona mais. Ele defendeu o retorno da proposta de criação do regime de capitalização ao texto da reforma. "O atual sistema é uma máquina de desigualdade social. No Brasil, a madame se aposenta muito antes que a doméstica e o engenheiro se aposenta muito antes que o pedreiro", completou.

O deputado Darcísio Perondi (MDB-RS) fez mais uma defesa enfática da reforma e elogiou a decisão do relator, Samuel Moreira (PSDB-SP), em recompor de 15% para 20% a alíquota da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) cobrada dos bancos. "Os banqueiros não colaboram com nada. Mantêm os juros nas alturas", criticou.

Em rápida fala, o deputado Alex Manente (Cidadania-SP) também elogiou o relatório de Moreira e considerou a reforma fundamental para a correção das contas públicas.

Já deputado João Daniel (PT-SE) apontou que haveria contradição entre as posturas de Jair Bolsonaro como deputado e como presidente em relação à reforma da Previdência. "Bolsonaro sempre foi contra a reforma e chamou de perversa uma proposta muito mais leve do que essa que ele agora enviou", afirmou. "Se essa reforma quisesse apoio da oposição, ela não poderia mexer na aposentadoria da classe trabalhadora", completou.

Defensor da taxação de lucros e dividendos, o deputado Ivan Valente (PSOL-SP), avaliou que o debate deve se concentrar em como arrecadar mais, antes de se discutir os sacrifícios que a população terá que fazer. "A reforma tributária tem que vir antes da reforma da Previdência. Só assim poderemos saber quem pode pagar muito e quem deve pagar pouco", argumentou.

Em cinco horas de sessão, 28 parlamentares fizeram o uso da palavra. A lista de inscritos conta com 155 deputados, sendo 64 para falar a favor da reforma e 91 contra a medida. Além disso, os cerca de 30 líderes partidários também têm direito à fala. A expectativa é de que o debate dure por diversas sessões.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

dinheiro no caixa

Petrobras vende participação em companhias de energia por R$ 160 milhões

Estatal assinou contratos para a venda de suas participações de 20% na Termelétrica Potiguar (TEP) e de 40% na Companhia Energética Manauara (CEM) para a Global Participações Energia S.A. (GPE)

seu dinheiro na sua noite

Mais micro, menos macro: quando os balanços são o destaque na bolsa

Como investidores, sabemos que os mercados estão sujeitos às mudanças no cenário macroeconômico – e, no caso do Brasil e outros países emergentes, os pregões são particularmente suscetíveis também ao noticiário político. Mas, no fim do dia, a bolsa reflete o desempenho das companhias que ali são negociadas. Nas temporadas de balanços trimestrais, analistas e […]

cardápio do dia

Fleury, EcoRodovias e Localiza: os balanços que mexem com o mercado nesta sexta

Companhias registram forte aumento no lucro, confirmando tendência entre empresas do Ibovespa

Fechamento do dia

Bolsa, dólar e juros fecham o dia no vermelho, com balanços no radar e Wall Street em alta

Em movimento raro, bolsa, dólar e juros fecharam o dia no vermelho. É que enquanto o apetite por risco reinava no exterior, os balanços levaram o Ibovespa a um movimento de correção

Vídeos

Elon Musk volta a falar sobre Bitcoin – Confira as últimas notícias sobre o mercado de criptoativos com André Franco, analista da Empiricus

André Franco comenta sobre as principais notícias que estão movimentando esse mercado. Fique por dentro agora

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies